Mabel Collins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Mabel Collins
Nascimento 9 de setembro de 1851
Saint Peter Port
Morte 31 de março de 1927 (75 anos)
Gloucester
Cidadania Reino Unido
Ocupação escritora

Mabel Collins, heterônimo de Mrs. Kenningdale-Cook (Saint Peter Port, Guernsey, 9 de setembro de 1851Gloucester, 31 de março de 1927) foi uma mística britânica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

É conhecida pelos seus livros sobre misticismo, mas também escreveu dezenas de romances. Foi teosofista e amiga de Helena Petrovna Blavatsky. A obra de Mabel Collins expressa o conteúdo mais real da substancia da Sociedade Teosófica inglesa inspirada por Madame Blavatsky .

Mabel Collins afirmava que estes livros, exceto "O Caibalion" , não eram escritos por ela, mas por um adepto grego (Mestre Hillarion) que tomava o controle de sua escrita, deixando-a inconsciente durante o processo. Outras fontes dizem que os livros lhe eram apenas ditados e que ela não chegava a ficar inconsciente.

Obras esotéricas[editar | editar código-fonte]

  • Luz no Caminho (tr.:Sao Paulo, 1925; ed. introducida por Ramacharaka yogi)
  • O Idílio do Lótus Branco
  • Pelas Portas de Ouro
  • O Despertar
  • O Caibalion [co-autor]. Tr.: Sao Paulo, Ed. Pensamento.

Frases[editar | editar código-fonte]

"Quando o discípulo está preparado para aprender, então é aceite e reconhecido. Assim deve ser, porque ele acendeu a sua lâmpada, e esta não pode estar oculta".
"Cada homem é absolutamente para si mesmo o caminho, a verdade e a vida".