Manuel Cotta Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Manuel Artur Cotta Agostinho Dias (Évora, Santo Antão, 22 de Fevereiro de 1929).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Licenciado em Direito, foi advogado, jurista, economista, gestor de empresas e político português, tendo, entre outros importantes cargos, sido Deputado da Assembleia Nacional, o último Ministro das Finanças do Estado Novo, no 2º governo de Marcello Caetano entre 1972 e 1974. Neste cargo continuou o trabalho do seu antecessor, João Augusto Dias Rosas na liberalização e internacionalização da economia portuguesa.[1]

Casado com Maria Teresa Deslandes Botelho Moniz (Lisboa, São Sebastião da Pedreira, 23 de Março de 1930 - 14 de Março de 2016), era genro do General Botelho Moniz que em 1961 foi o mentor do chamado golpe Botelho Moniz para derrubar o Estado Novo.

Referências e Notas