José Olímpio Silveira Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Missionário José Olímpio)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Missionário José Olímpio
José Olímpio Silveira Moraes
Missionário José Olímpio
Deputado federal por São Paulo
Período - 1 de fevereiro de 2011 até 31 de janeiro de 2015
- 1 de fevereiro de 2015 até atualidade
Vereador de São Paulo
Período - 1999 até 2000
- 2001 até 2004
- 1 de janeiro de 2009
até 31 de janeiro de 2011
Vereador de Itu
Período - 1982 até 1988
- 1989 até 1992
- 1993 até 1996[1]
Dados pessoais
Nascimento 11 de dezembro de 1956 (61 anos)[1]
Itu, SP[1]
Nacionalidade  Brasileiro
Progenitores Mãe: Ignacia Silveira Arruda[1]
Pai: Vicente Silveira Moraes[1]
Alma mater Faculdade de Direito de Itapetininga
Partido DEM

José Olímpio Silveira Moraes (Itu, 11 de dezembro de 1956)[1], mais conhecido como José Olímpio é um político brasileiro, ligado à Igreja Mundial do Poder de Deus[2] e filiado ao Democratas (DEM),[1] sendo deputado federal por São Paulo em seu segundo mandato.[3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

José Olímpio, 61 anos de idade, empresário e bacharel em Direito, tem uma carreira política bem sucedida e reconhecida por sua atuação em prol do social e da classe menos favorecida, de onde também veio. Outro destaque se refere ao fato de nunca ter se envolvido em corrupção ou escândalos políticos.

Nascido na cidade de Itu. Passou a maior parte da infância e da adolescência num bairro humilde conhecido, à época, por Pirapitingui, que depois de um processo de urbanização iniciado pelo próprio José Olímpio, passou a se chamar Cidade Nova, nome este, dado pelo projeto apresentado por ele enquanto vereador daquela cidade.

Conforme foi crescendo junto aos quatro irmãos, foi se aperfeiçoando profissionalmente. Dividia seu tempo entre os estudos e o trabalho. Inicialmente, vendendo doces para ajudar o sustento da família, tempos depois, já moço, tornou-se taxista. Em seguida, ingressou ao ramo comercial, quando montou um armazém, com seus irmãos.

Nessa mesma época, as inúmeras histórias de vida e necessidade que eram contadas no balcão do armazém da família Moraes, chamavam a atenção do jovem comerciante José Olímpio, que passava dias pensando em uma forma de aliviar o sofrimento daquelas pessoas. Foi então que começou o sonho de entrar para a política e escrever uma história pública íntegra e dedicada aos mais humildes.

Depois de três mandatos de muito trabalho e sucesso na cidade de Itu, o nome José Olímpio, seus projetos e sua atuação começam a se espalhar pelo Estado até chegar à Capital paulistana.                     

Foi então que o vendedor de doces que se tornou vereador teve a feliz surpresa de ser convidado pelo prefeito de São Paulo para assumir o cargo de Subprefeito da Região Guaianazes, Zona Leste da Capital.     

Frente à nova função, José Olímpio provou mais uma vez ser um político diferente, que investe em benfeitorias sociais visando melhorar as vidas das pessoas indistintamente. Assim, até hoje, moradores daquela região demonstram gratidão sempre que recebem sua visita.

O período de 1997 a 1998 marcou mais uma vez a experiência e o reconhecimento da gestão José Olímpio na Subprefeitura de São Paulo. Em 1999, em resposta a sua atuação, a população paulistana o conduziu ao primeiro mandato como vereador da capital e, em 2000, com mais de 30 mil votos, seu trabalho é destacado mais uma vez e seu nome é aprovado para dar continuidade à vereança perante a maior Câmara de Leis da América Latina.

Depois de uma pausa para dedicação à família, o desejo de voltar a realizar ainda mais para o povo de São Paulo, volta a acender em José Olímpio a chama da política. E em 2008, a população o abraça mais uma vez, o elegendo com milhares de votos para vereador da Câmara Municipal de São Paulo.

Em 2010, foi eleito deputado federal por São Paulo, pelo Partido Progressista (PP), com 160. 813 votos, oriundos de 626 municípios. O que o fez um dos deputados mais votados em todo o Brasil.

Em 2011, José Olímpio dá início a mais um mandato, agora como deputado federal por São Paulo, ampliando seus compromissos sociais em prol dos mais necessitados com ações como: casamento comunitário; parcelamento de multas de trânsito; instalação de câmeras em maternidades públicas para evitar troca e sequestro de bebês, entre outros de sua iniciativa, quando ainda exercia os mandatos de vereador. 

O deputado desde 2011 vem realizando um trabalho forte na área da saúde, educação e habitação.

Desempenho em eleições[editar | editar código-fonte]

Ano Eleição Coligação Partido Candidato a Votos Votos em Itu Resultado
1982 Municipal de Itu PMDB PMDB Vereador 488 (12º) Eleito[4]
1988 Municipal de Itu PMDB PMDB Vereador 847 (2º) Eleito[4]
1992 Municipal de Itu PMDB PMDB Vereador 775 (6º) Eleito[4]
1996 Municipal de São Paulo PMDB PMDB Vereador Suplente[4]
2000 Municipal de São Paulo PMDB, PFL PMDB Vereador 30.095 (19º)
(São Paulo)
Eleito[5]
2004 Municipal de São Paulo PSB, PMDB PMDB Vereador 6.445 (153º)
(São Paulo)
Suplente[5]
2006 Estadual de São Paulo PMDB PMDB Deputado Estadual 35.549 (144º) 2.329 (5º) Suplente[5]
2008 Municipal de São Paulo PP PP Vereador 28.921 (40º)
(São Paulo)
Eleito[5]
2010 Estadual de São Paulo PP PP Deputado Federal 160.813 (26º) 1.499 (8º) Eleito[5]
2014 Estadual de São Paulo PMDB, PROS, PP, PSD PP Deputado Federal 154.597 (29º) 6.540 (4º) Eleito[5]

Referências

  1. a b c d e f g «MISSIONÁRIO JOSÉ OLIMPIO - PP/SP». Câmara dos Deputados do Brasil. Consultado em 27 de junho de 2013 
  2. «A Confiança em Deus / Missionário José Olimpio». Igreja Mundial do Poder de Deus. Consultado em 27 de junho de 2013 
  3. Fernando Rodrigues. «Missionário José Olimpio (2010)». UOL. Consultado em 27 de junho de 2013 
  4. a b c d Seade (26 de abril de 1996). «Eleição em família vira marca de Itu-SP». Consultado em 2 de junho de 2017 
  5. a b c d e f Seade (2 outubro de 2016). «Maria do Carmo Thomaz Piunti». Consultado em 2 de junho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.