Nilo Murtinho Braga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nilo, em 1928.

Nilo Murtinho Braga (Rio de Janeiro, 3 de Abril de 1903 - Rio de Janeiro, 5 de Fevereiro de 1975) foi um futebolista brasileiro que se notabilizou no Botafogo Football Club, atual Botafogo de Futebol e Regatas, no Fluminense e na Seleção Brasileira. Atacante de baixa estatura, tinha como características a velocidade, a habilidade e a facilidade de marcar gols.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no infantil do Fluminense Football Club, em 1916, e foi vencedor do certame.

Em 1918 foi para seu clube de coração, o Botafogo de Futebol e Regatas, estreando pelo time principal no dia 7 de dezembro de 1919 (Botafogo 2 x 0 Bangu). Em 1922, por causa de desentendimentos, resolveu tomar uma atitude inusitada: transferiu-se para o Sport Club Brasil da Série A da 2ª Divisão do Campeonato Carioca, porque não gostaria de enfrentar seu clube do coração. Contudo, voltou ao "Glorioso" em 1923, permanecendo até agosto do mesmo ano. Foi o jogador que mais fez gols pelo Botafogo na competição estadual de 1923. No período de 14 de agosto a dezembro de 1923 atuou pelo S. C. Brasil novamente.

Em 1924, com a saída de seu tio (Oldemar Amaral Murtinho) do Botafogo, ingressou no Fluminense por três anos. Nesse período foi campeão e artilheiro do Carioca de 1924, marcando 28 gols neste campeonato. No total Nilo marcou 42 gols em 60 jogos pelo time principal do Fluminense.

Retornou ao Botafogo em 1927. Nesse mesmo ano marcou trinta dos sessenta e sete gols da equipe no Campeonato Carioca, sagrando-se assim artilheiro do torneio pela segunda vez. Nesse mesmo torneio fez quatro dos nove gols do Botafogo na goleada de 9 a 2 sobre o Flamengo (a maior goleada em clássicos entre os dois times).

Nilo fez parte de uma das melhores equipes que já vestiram a camisa do Botafogo, a equipe do início da década de 1930. Esta equipe foi campeã carioca em 1930 e quatro vezes seguidas, de 1932 a 1935. Na campanha do tetra fez sessenta e nove gols nos quatro torneios, sendo o artilheiro do clube em 1933 e 1934 e também o absoluto da competição de 1933, fazendo dezenove gols.

Disputou a primeira Copa do Mundo de Futebol no Uruguai em 1930. A Seleção Brasileira naquela ocasião disputou apenas duas partidas, e Nilo jogou uma, contra a Iugoslávia. No total pelo Brasil atuou em 19 partidas, marcando 11 vezes (de acordo com o diário brasileiro Lance!).

Além disso, defendeu também Seleção Carioca, sendo campeão brasileiro por cinco vezes.

Encerrou sua carreira em 16 de Maio de 1938 num empate em 2 a 2 contra o Olaria. Pode-se contabilizar em sua carreira pelo Botafogo 190 gols em 201 jogos, o que o torna, hoje, o quinto maior artilheiro da história do clube.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Por equipe

5 Campeonato Brasileiro de Seleções estaduais

Pessoais

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]