O Combate (Macau)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros jornais com este nome, veja O Combate (jornal).
O Combate
O Combate”, de 23 de Abril de 1927.
Sede Macau, Portugal
Fundador(es) Domingos Gregório da Rosa Duque
Idioma Português

O Combate foi um jornal de língua portuguesa publicado em Macau, na época uma colónia portuguesa, fundado pelo jornalista Domingos Gregório da Rosa Duque no começo do século XX. Actualmente, está inactivo e fora de circulação.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Rosa Duque era maçon e um ano depois do golpe militar ocorrido em Lisboa expunha sua condição para, assim, confrontar o jornal rival A Pátria; em seu lema o jornal expunha sua linha editorial "pela pátria e pela república".[2]

Herman Machado Monteiro sucedeu a Rosa Duque na direção do periódico, nele imprimindo uma redação mais comedida; antes eram acerbas as disputas contra o Monsenhor Manuel Teixeira.[2]

Referências

  1. «O Combate : pela Patria e pela Republica / ed. e dir. Domingos Gregório da Rosa Duque». Biblioteca Pública Municipal do Porto. Consultado em 16 de outubro de 2016 
  2. a b Guedes, João (6 de março de 2010). «Quatro nomes que marcaram a história do jornalismo em Macau». Tempos do Oriente. Consultado em 16 de outubro de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.