Pandemia de COVID-19 em Gibraltar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na Europa
Pandemia de COVID-19 em 2020 em Gibraltar
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Origem Itália
Local Gibraltar
Período 4 de março de 2020
(6 meses e 22 dias)
Estatísticas globais
Casos confirmados 132
Mortes 0
Casos que recuperaram 120

Este artigo documenta os impactos da pandemia de COVID-19 em Gibraltar e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Em 4 de março, o primeiro caso de infecção pela doença foi confirmado, tratando-se de uma pessoa que havia viajado para o norte da Itália pelo Aeroporto de Málaga.[1] Como medida de prevenção, o paciente ficou em isolamento. Em 7 de março, após a realização de novos testes, os resultados deram negativo e o paciente foi permitido a terminar o isolamento. Dos 63 indivíduos em isolamento, 38 foram testados e 13 aguardam resultado.[2][3]

Até 20 de abril, foram registrados 132 casos com 120 deles tendo se recuperado.[4]

Referências

  1. Thomas, Diexter (4 de março de 2020). «COVID-19: Politicians respond to Coronavirus case in Gibraltar». Olive Press News Spain (em inglês). Consultado em 5 de março de 2020 
  2. «First Covid-19 patient in Gibraltar is given the all clear». gbc.gi. Gibraltar Broadcasting Corporation. 7 de março de 2020. Consultado em 8 de março de 2020 
  3. «Gibraltar steps up action after first coronavirus case confirmed». Surinenglish.com. 6 de março de 2020. Consultado em 16 de março de 2020 
  4. «Press Conference 20th April 2020» (em inglês) 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre epidemias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.