Pandemia de COVID-19 no Butão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na Ásia
Pandemia de COVID-19 em 2020 no Butão
Doença COVID-19
Vírus SARS-CoV-2
Local Butão
Período 06 de março de 2020
(28 dias)
Início Paro
Estatísticas globais
Casos confirmados 2
Mortes 0
Casos que recuperaram 0

Este artigo documenta os impactos da pandemia de coronavírus 2019-2020 em Butão e pode não incluir todas as principais respostas e medidas contemporâneas.

Linha do tempo[editar | editar código-fonte]

Em 6 de março de 2020, o Butão confirmou seu primeiro caso COVID-19, um homem estadunidense de 76 anos que foi ao país numa viagem pela Índia. Cerca de 90 pessoas que entraram em contato diretamente com ele, juntamente com sua esposa e motorista foram colocadas em quarentena.

O Butão imediatamente restringiu a entrada de turistas estrangeiros por duas semanas. Escolas em três áreas, incluindo a capital Thimphu, foram fechadas.[1]

O estadunidense de 76 anos foi evacuado para os Estados Unidos em 13 de março.

Em 20 de março, o parceiro de 59 anos do turista americano foi testado positivo para COVID-19. Embora o motorista e o guia turístico tenham sido negativos, ambos foram mantidos em quarentena prolongada, mesmo que o período de quarentena tenha terminado.[2]

Referências

  1. «Bhutan confirms first coronavirus case». The Economic Times. 6 de março de 2020 
  2. «Bhutan detects 2nd confirmed COVID-19 case» (em inglês). 20 de março de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre epidemias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.