Partido Popular para a Liberdade e Democracia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Popular para a Liberdade e Democracia
Volkspartij voor Vrijheid en Democratie
Líder Mark Rutte
Presidente Jan van Zanen
Fundação 1948
Sede Thorbeckehuis
Laan Copes van Cattenburch 52 Haia
Ideologia Liberalismo
Conservadorismo liberal
Liberalismo económico
Espectro político Centro-direita
Think tank Telders Stichting
Ala Jovem Jongeren Organisatie Vrijheid en Democratie
Fusão PvdV e Comité-Oud
Afiliação internacional Internacional Liberal
Afiliação europeia Partido Europeu dos Liberais, Democratas e Reformistas
Grupo no Parlamento Europeu Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa
Cores Azul e Laranja
Site
http://www.vvd.nl

O Volkspartij voor Vrijheid en Democratie (VVD), literalmente o Partido Popular para a Liberdade e Democracia, é um partido liberal neerlandês, sendo um dos três maiores partidos dos Países Baixos.

O partido foi o único membro dos "gabinetes púrpura" liderados por Wim Kok a permanecer no poder com o governo de Balkenende I em 2002, apesar de uma grande queda na sua representação na Tweede Kamer (câmara baixa do parlamento). O partido foi fundado em 24 de Janeiro de 1948, no seguimento da tradição dos partidos liberais Liberale Staatspartij (LSP) e Partij van de Vrijheid (PvdV).

Em 2 de Setembro de 2004, o deputado do VVD Geert Wilders deixou o partido após disputa com o presidente do partido Van Aartsen. Ele optou por se tornar um partido de uma só pessoa (em neerlandês: eenmansfractie) na Tweede Kamer. O VVD participou do Governo liderado por Jan Peter Balkenende da CDA, que contava ainda com o D66.

Governo[editar | editar código-fonte]

Nas eleições Gerais de 2010, o VVD saiu-se como o principal partido dos Países Baixos, conquistando 31 cadeiras, uma a mais que os Partido Trabalhista (PvdA). Em Outubro, Mark Rutte anunciou a formação do governo [1] em parceria com a Aliança Democrata Cristã (CDA) e com o PVV de Geert Wilders, sendo que este último optou por não ocupar cargos no governo.

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas

Data Votos % Deputados +/- Status
1948 391 908 7,9 (#5) 8 de 100 Governo
1952 470 820 8,8 (#5) 9 de 100 +1 Oposição
1956 502 325 8,7 (#4) 9 de 100 = Oposição
1959 732 658 12,2 (#3) 19 de 150 +10 Governo
1963 643 839 10,2 (#3) 16 de 150 -3 Governo
1967 738 202 10,7 (#3) 17 de 150 +1 Governo
1971 653 092 10,3 (#3) 16 de 150 -1 Governo
1972 1 068 375 14,4 (#3) 22 de 150 +6 Oposição
1977 1 492 689 17,0 (#3) 28 de 150 +6 Governo
1981 1 504 293 17,3 (#3) 26 de 150 -2 Oposição
1982 1 897 986 23,1 (#3) 36 de 150 +10 Governo
1986 1 595 377 17,4 (#3) 27 de 150 -9 Governo
1989 1 295 402 14,6 (#3) 22 de 150 -5 Oposição
1994 1 792 401 20,0 (#3) 31 de 150 +9 Governo
1998 2 124 971 24,7 (#2) 38 de 150 +7 Governo
2002 1 466 722 15,4 (#3) 24 de 150 -14 Governo
2003 1 728 707 17,9 (#3) 28 de 150 +4 Governo
2006 1 443 312 14,7 (#4) 22 de 150 -6 Oposição
2010 1 929 575 20,5 (#1) 31 de 150 +9 Governo
2012 2 504 948 26,6 (#1) 41 de 150 +10 Governo

Eleições europeias

Data Votos % Deputados +/-
1979 914 787 16,1 (#3) 4 de 25
1984 1 002 685 18,9 (#3) 5 de 25 +1
1989 714 721 13,6 (#3) 3 de 25 -2
1994 740 451 17,9 (#3) 6 de 31 +3
1999 698 050 19,7 (#3) 6 de 31 =
2004 629 198 13,2 (#3) 4 de 27 -2
2009 518 643 11,4 (#4) 3 de 25 -1
2014 567 903 12,0 (#4) 3 de 25 =

Referências

Portal A Wikipédia possui os portais:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]