Roberto Perfumo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Perfumo)
Ir para: navegação, pesquisa
Roberto Perfumo
Roberto Perfumo.jpg

Perfumo no Racing
Informações pessoais
Nome completo Roberto Alfredo Perfumo
Data de nasc. 3 de outubro de 1942
Local de nasc. Sarandí, Argentina
Nacionalidade Argentina argentino
Falecido em 10 de março de 2016 (73 anos)[1]
Local da morte Buenos Aires, Argentina
Altura 1,79 m
Apelido Marechal
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
1960-1961 Argentina River Plate
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1962-1970
1971-1974
1975-1977
Argentina Racing
Brasil Cruzeiro
Argentina River Plate
207 (14)
138 (6)
110 (4)
Seleção nacional
1964-1974 Flag of Argentina.svg Argentina 37 (0)

Roberto Alfredo Perfumo (Sarandí, 3 de outubro de 1942Buenos Aires, 10 de março de 2016), conhecido nos campos como Marechal, foi um zagueiro do futebol argentino. Defendeu clubes de renome no futebol argentino como o Racing Club e o River Plate, e o Cruzeiro, no Brasil.

Mesclava talento, temperamento forte e muita raça, o que fizeram dele titular indiscutível da seleção nacional por mais de dez anos, além de ser considerado por muitos veículos esportivos como uns dos melhores do mundo em sua posição. Perfumo estava no time da Argentina quando esta disputou os Jogos Olímpicos de Tóquio-1964, no Japão, além de disputar as Copas do Mundo de 1966 e 1974.

Entre os títulos conquistados como jogador tem quatro Campeonatos Argentinos (três pelo River Plate e um pelo Racing) , três campeonatos mineiros pelo Cruzeiro, e a Copas Libertadores e torneio intercontinental também pelo Racing. Em 2003 Roberto Perfumo foi indicado ao cargo de secretário de Esportes da Argentina.

Está no "time dos sonhos" do Cruzeiro eleito pela Revista Placar (através de famosos torcedores cruzeirenses), em edição especial de 2006.[carece de fontes?]

Perfumo morreu em 10 de março de 2016 de traumatismo craniano após cair de uma escada em um restaurante no dia anterior. Acredita-se que Perfumo tenha tido um AVC antes de cair, fato que motivou a queda.[2]

Títulos[editar | editar código-fonte]

O Racing antes da decisão intercontinental contra o Celtic, em 1967. Perfumo é o terceiro em pé, da esquerda para a direita.

Racing Club[editar | editar código-fonte]

Cruzeiro[editar | editar código-fonte]

River Plate[editar | editar código-fonte]

Prêmios e Honrarias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Murió Roberto Perfumo, el mariscal del fútbol argentino» (em espanhol). La Nación. 10 de março de 2016. Consultado em 10 de março de 2016 
  2. «Roberto Perfumo, ex-Racing, River e Cruzeiro, morre após cair de escada». Globo Esporte. Consultado em 10 de março de 2016 
  3. globoesporte.globo.com/ Com Messi e Maradona, AFA divulga seleção de todos os tempos