José Omar Pastoriza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
José Omar Pastoriza
Treinador de futebol
Informações pessoais
Data de nasc. 23 de maio de 1942
Local de nasc. Rosário,  Argentina
Falecido em 2 de agosto de 2004 (62 anos)
Local da morte Buenos Aires,  Argentina
Altura 1,85 m
Apelido El Pato
Informações profissionais
Posição ex-Treinador
(ex-Meia)
Clubes de juventude
Clubes profissionais
Seleção nacional
Times/Equipas que treinou

José Omar Pastoriza (Rosário, 23 de maio de 1942Buenos Aires, 2 de agosto de 2004) foi um futebolista e treinador argentino que competiu na Copa do Mundo FIFA de 1966.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Atuou em sua carreira por apenas três clubes: Racing, Independiente e Monaco, onde encerrou sua carreira de jogador em 1975, com 33 anos. Passou ainda por Rosário Central e Colón, porém nunca atuou profissionalmente por ambos.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Como treinador, além de ter comandado quatro clubes argentinos (Boca Juniors, Racing, Independiente e Talleres), teve passagens por Grêmio, Fluminense, além das seleções de El Salvador e Venezuela — esta última comandada por ele na Copa América de 1999.

Morte[editar | editar código-fonte]

"El Pato" morreu em 2 de agosto de 2004, durante sua quinta passagem como técnico do Independiente (já havia comandado o clube entre 1976–79, 1983–84, 1985–87 e 1990–91). Ele sofreu um ataque cardíaco em seu apartamento, e os médicos não conseguiram restabelecer seu estado de saúde, já debilitado em virtude de problemas pulmonares (consequência direta do tabagismo).

Para homenageá-lo, o Independiente batizou o vestiário do Estádio Libertadores de América com seu nome.

Referências

  1. «Seleção Argentina na Copa do Mundo FIFA de 1966». Fifa.com. Consultado em 18 de agosto de 2010.