Relações entre Brasil e Bulgária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Relações entre Brasil e Bulgária
Bandeira do Brasil   Bandeira de Bulgária
Mapa indicando localização do Brasil e de Bulgária.
  Brasil
Brasília - A presidenta Dilma Rousseff, recebe o presidente da Bulgária, Rosen Plevneliev no Palácio do Planalto(Antônio Cruz/Agência Brasil)

As relações entre Brasil e Bulgária são as relações diplomáticas entre a República Federativa do Brasil e a República da Bulgária.

A presidenta Dilma Rousseff, descendente de búlgaros, foi a primeira chefe de Estado brasileira a visitar a Bulgária, em 2011. A visita promoveu o I Fórum Empresarial Brasil-Bulgária e na ocasião os dois países assinaram um Acordo de Cooperação Econômica[1], ratificado pelo Congresso em 2015[2].

O presidente búlgaro Rosen Plevneliev esteve no Brasil em duas ocasiões: em 2012, para participar da Rio+20[3], e em 2016[4].

Comércio[editar | editar código-fonte]

O comércio entre os dois países era limitado, sendo o Brasil apenas o terceiro parceiro comercial da Bulgária na América Latina até 2011. Em 2012, houve um aumento de 55%, levando a um volume de US$ 438,9 milhões, principalmente devido à compra de jatos da Embraer por companhia aérea búlgara[5].

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.