Roberto Rosato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Roberto Rosato
Roberto Rosato
Roberto Rosato circa 1969
Informações pessoais
Nome completo Roberto Rosato
Data de nasc. 18 de agosto de 1943
Local de nasc. Chieri, Itália
Falecido em 20 de junho de 2010 (66 anos)
Local da morte Chieri, Itália
Altura 1,76 m
Apelido Faccia d'Angelo, Cara de anjo
Informações profissionais
Posição Zagueiro central
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1960–1966
1966–1973
1973–1977
1977–1979
Torino
Milan
Genoa
Aosta
0161 0000(6)
0269 0000(8)
0097 0000(1)
0048 0000(1)
Seleção nacional
1965–1972 Itália 0037 0000(0)

Roberto Rosato (Chieri, 18 de agosto de 1943 – Chieri, 20 de junho de 2010) foi um futebolista italiano que atuava como zagueiro central.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Rosato jogou por quinze temporadas na Serie A defendendo Torino, MilanGenoa, antes se transferir ao Aosta da Serie D onde atuou por duas temporadas antes de se aposentar oficialmente em 1979.

Apelidado de Faccia d'Angelo - Cara de anjo, destacou-se no Milan, clube onde ganhou vários troféus domésticos e internacionais. Ele formou uma formidável linha de defesa ao lado de CudiciniSchnellingerAnquilletti e Trapattoni.[1]

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Rosato integrou o elenco de aspirantes da Seleção Italiana que obteve a medalha de ouro nos Jogos do Mediterrâneo de 1963. Pela equipe principal, atuou em 37 oportunidades entre 1965 a 1972, sagrando-se campeão do Campeonato Europeu de 1968. Em Copas do Mundo, participou das edições de 1966 e 1970.

Na partida final de 1970, em meio a multidão que invadia o campo ao fim do jogo, trocou de camisa Pelé. Em 27 de março de 2002 a mesma foi leiloada pela Christie's, sendo arrematada por 157 mil libras. Segundo o próprio Rosato, ela foi leiloada para evitar disputas futuras entre seus filhos.[2]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Rosato nasceu no mesmo dia, mês e ano de Gianni Rivera, seu companheiro de Milan e Seleção Italiana. Faleceu em 20 de junho de 2010 aos 66 anos de idade depois de lutar por dez anos contra um câncer. No mesmo dia, a Seleção Italiana enfrentou a Nova Zelândia pelo Grupo F da Copa do Mundo de 2010 usando braçadeiras pretas em sua memória. Deixou a esposa Anna e três filhos: Carola, Davide e Alessandro.[3]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Milan  
Genoa
  • Serie B: 1975–76[4]
Seleção Italiana

Prêmio individual[editar | editar código-fonte]

  • Hall da Fama do AC Milan[5]

Referências

  1. «Roberto ROSATO (I) "Faccia d'Angelo"» (em italiano). Magliarossonera 
  2. «Camisa de Pelé é arrematada em leilão por R$ 528 mil». BBC. 27 de março de 2002 
  3. «Addio al grande Rosato Fece volare Milan e Italia» (em italiano). Gazzetta dello Sport. 20 de junho de 2010 
  4. «Pendolari fra la A e la B:Gli anni '70: prima la Serie C poi il Genoa pendolare fra A e B» (em italiano). Freefootball. Consultado em 1 de maio de 2020 
  5. «Roberto Rosato | AC Milan» (em inglês). AC Milan. Consultado em 23 de dezembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]