Tiago da Costa Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tiago Costa
Informações pessoais
Nome completo Tiago da Costa Silva
Data de nasc. 13 de abril de 1987 (31 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 75 m
Canhoto
Apelido Tartaruga Ninja
Informações profissionais
Período em atividade 2007presente (11 anos)
Clube atual Sem clube
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
2006 Artsul
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2007
2008
2009
2010
20102012
20122017
2015
2015
2018
2018
Artsul
Condor
Castelo Branco
Artsul
Volta Redonda
Santa Cruz
Ceará (emp.)
Chapecoense (emp.)
Grêmio Novorizontino
Náutico
00003 0000(0)
00010 0000(1)
00020 0000(0)
00015 0000(2)
00039 0000(1)
00143 0000(6)
00007 0000(0)
00004 0000(0)
00001 0000(0)
00008 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 2 de junho de 2018.

Tiago da Costa Silva, mais conhecido como Tiago Costa (Rio de Janeiro, 13 de abril de 1987), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo. Atualmente está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Tiago Costa começou no Artsul, onde passou uma temporada e logo depois de transferiu ao Condor, para a disputa das divisões inferiores do Campeonato Carioca de Futebol. Teve uma passagem apagada pelo clube e logo se transferiu para o Castelo Branco, onde teve uma passagem melhor, voltando depois para o time que o projetou, o Artsul. Com uma boa segunda passagem, chamou a atenção do Volta Redonda para disputar o Campeonato Carioca e se transferiu para o clube do Rio de Janeiro.

Volta Redonda[editar | editar código-fonte]

No Volta Redonda, Tiago Costa teve um momento muito bom, fez bons Campeonato e foi elogiado pelo técnico Abel Braga, técnico do Fluminense em 2012, que logo depois o indicou para o Santa Cruz e ele acabou se transferindo para o clube.

Santa Cruz[editar | editar código-fonte]

Contratado pelo ?Santa Cruz,[1] Tiago Costa teve seu melhor momento na carreira, viveu altos e baixos, foi criticado, mas deu a volta por cima, o jogador ganhou a confiança de todos os treinadores que já passaram pelo clube até sua chegada e mesmo passando por desconfiança, conquistou a torcida por ser um jogador aguerrido e com muito disposição, além de ter sido o maior clube da carreira do jogador, é também o melhor momento de sua carreira. No dia 27 de Outubro de 2013 completou 50 jogos com a camisa do Santa Cruz e fez seu primeiro gol. [2] No começo do ano de 2014 na Copa do Nordeste em um jogo contra o Guarany de Sobral acabou sofrendo uma ruptura nos ligamentos cruzados anteriores do joelho direito, com isso ficou seis meses afastado.[3] No Segundo turno do Campeonato Brasileiro Série B de 2014 ele voltou a treinar.

Ceará[editar | editar código-fonte]

Seu contrato com o Santa Cruz não foi renovado, e acertou com o Ceará por 1 ano.[4] Após péssimas atuações e muito questionado pela forma de jogar, Tiago Costa teve seu contrato rescindido antes mesmo do fim da Copa do Nordeste 2015 e do Campeonato Cearense.

Volta ao Santa Cruz[editar | editar código-fonte]

Após sua rescisão com o Ceará, acabou voltando ao Santa com contrato até o fim do estadual. Reestreou na partida contra o Central onde o Santa venceu por 1 x 0. Assim que reestreou pelo Santa, Tiago logo voltou a ser titular e no final do Campeonato Pernambucano de 2015, foi campeão pela segunda vez, faturando pela segunda vez o premio de melhor lateral do campeonato. Ao final do Pernambucano estava em negociação por sua renovação, mas por problemas financeiros do Santa Cruz acabou não renovando o contrato.

Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Após não renovação do contrato com o Santa Cruz, assinou um pré-contrato com a Chapecoense até o fim do ano de 2015.[5]

Terceira passagem pelo Santa Cruz[editar | editar código-fonte]

No dia 11 de janeiro de 2016 acerta seu retorno ao tricolor.[6] No dia 22 de dezembro de 2016, renova com o Santa Cruz para a temporada 2017.[7]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Santa Cruz

Individual[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências