Clube Atlético Castelo Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castelo Branco
Escudo do CA Castelo Branco.gif
Nome Clube Atlético Castelo Branco
Fundação 9 de novembro de 1990 (27 anos)
Estádio Não possui
Presidente Brasil Marcelo Costa Gissoni
Treinador Brasil
Patrocinador Brasil UCB e Trivella
Competição Rio de Janeiro Campeonato Carioca - Série B2
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Clube Atlético Castelo Branco é uma agremiação esportiva da cidade do Rio de Janeiro, fundada a 9 de novembro de 1990, mais esse ano poderá acabar o a Instituição Castelo Branco.

História[editar | editar código-fonte]

Formação profissional do Castelo Branco em 2009
Jair Pereira, coordenador técnico da agremiação, em 2009

Agremiação pertencente à Universidade Castelo Branco, inaugura o futebol profissional em 2007, quando estréia na Terceira Divisão.

Lidera a sua chave na primeira fase, superando Sampaio Corrêa Futebol e Esporte, Canto do Rio Futebol Clube, Bela Vista Futebol Clube e Esporte Clube Nova Cidade. Na segunda fase, se classifica novamente em segundo, sendo superado pelo Paraíba do Sul Futebol Clube, mas à frente de Canto do Rio Futebol Clube e Esporte Clube Rio São Paulo. Na fase seguinte, é eliminado, sendo superado por Sendas Pão de Açúcar Esporte Clube e Quissamã Futebol Clube, que se classificam para as finais. Contudo, termina em 6º lugar, se habilitando para a disputa da Copa Rio de 2008.

O experiente técnico Paulo César Lima, em 2009

Em 2008, volta a participar da Terceira Divisão, porém sem lograr o acesso à Segunda Divisão. Termina em primeiro em sua chave na fase inicial, superando Bela Vista Futebol Clube, Futuro Bem Próximo Atlético Clube, Condor Atlético Clube e o Esporte Clube Nova Cidade, que abandona a competição. Na fase seguinte, termina novamente como líder, superando Paraíba do Sul Futebol Clube, Bela Vista Futebol Clube e o estreante Kaiserburg Futebol Clube, de Petrópolis. Na fase seguinte é eliminado, ao ficar em último em sua chave, sendo superado por Quissamã Futebol Clube, Campo Grande Atlético Clube e Sampaio Corrêa Futebol e Esporte. Termina em 19º lugar na disputa da Copa Rio. Sagra-se vice-campeão estadual da Série C da categoria júnior ao perder o título para o Paraíba do Sul Futebol Clube.

Disputa, em 2009, o Campeonato Estadual da Terceira Divisão, categoria Juniores, além da categoria profissional. Contrata o experiente técnico Jair Pereira para ser o coordenador-técnico da equipe principal.

Na primeira fase, termina como líder de seu grupo, à frente dos também classificados Heliópolis Atlético Clube e Rubro Social Esporte Clube, e dos eliminados Clube de Futebol Rio de Janeiro e Esporte Clube Marinho.

Na segunda fase, é o segundo colocado, embora com a mesma pontuação do Rio das Ostras Futebol Clube, que lidera a chave. Ambos se classificam à terceira fase em detrimento dos eliminados Rubro Social Esporte Clube e Barcelona Esporte Clube.

Na terceira fase, termina como líder de sua chave, à frente do outro classificado, Fênix 2005 Futebol Clube e dos eliminados Paraíba do Sul Futebol Clube e Santa Cruz Futebol Clube. Finalmente, na semi-final, a equipe capitula diante do Sampaio Corrêa Futebol e Esporte, perdendo a primeira partida em Saquarema por 3 a 0 e vencendo a segunda em casa por 2 a 1, tendo que disputar a terceira vaga em disputa. Joga duas partidas sem abertura no marcador contra o Rio das Ostras Futebol Clube, que havia perdido o direito a ir para a final contra o Fênix 2005 Futebol Clube. Acaba eliminado nos penâltis por 8 a 7, após 0 a 0 no tempo normal, não conseguindo o inédito acesso à Série B do Rio de Janeiro em 2010.

Em 2010, se classifica em primeiro lugar no Grupo "F" ao superar o Clube de Futebol Rio de Janeiro e o também classificado Esprof Atlético de Futebol e Clube. União Central Futebol Clube e Esporte Clube Rio São Paulo são eliminados. Na segunda fase o clube é eliminado ao ficar em terceiro no Grupo "IV" que classificou Esporte Clube São João da Barra e Serra Macaense Futebol Clube. O Esporte Clube Nova Cidade foi o último colocado.

Em 2011 e 2012 a equipe se ausenta dos certames de âmbito profissional.

Sua sede localiza-se na avenida Santa Cruz, em Realengo, no Rio de Janeiro. Suas cores são o azul, branco e grená.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • 2008 - Vice-campeão estadual da Série C (categoria júnior);

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fonte[editar | editar código-fonte]

  • VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra, s/d.