Vitorino Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o político português. Para o cantor brasileiro, veja Victorino Silva.
Vitorino Silva
PNF-rans.png Presidente da Junta de Freguesia
de Rans
Período 1994–2002
Vida
Nome completo Vitorino Francisco da Rocha e Silva
Nascimento 19 de abril de 1971 (45 anos)
Rans, Penafiel, Portugal
Dados pessoais
Partido Partido Socialista
Religião Catolicismo
Profissão Calceteiro, político

Vitorino Francisco da Rocha e Silva, popularmente conhecido como Tino de Rans (Penafiel, Rans, 19 de abril de 1971) é um calceteiro e antigo autarca português. Em 1993, Vitorino Silva foi eleito nas listas do PS para Presidente da Junta de Freguesia de Rans (município de Penafiel), sua terra natal. Nas eleições autárquicas de 1997 foi reeleito para o cargo.

Vitorino Silva tornou-se conhecido a nível nacional em fevereiro de 1999, quando durante o 11.º Congresso do PS fez um acalorado discurso que terminou com um abraço a António Guterres.[1] Na sequência daquele episódio tornou-se numa figura mediática e no ano seguinte publicou um livro autobiográfico, prefaciado pelo Bispo D. Manuel Martins.[2] Em 2001 participou no programa de entretenimento da SIC Noites Marcianas[1] e em 2005 no reality-show da TVI Quinta das Celebridades.

Vitorino Silva desfiliou-se do PS e nas eleições autárquicas de 2009 concorreu como independente à Presidência da Câmara Municipal de Valongo, o município onde já residia desde meados da década de 1990.[3][4] A sua lista obteve 4,96% dos votos, pelo que Tino de Rans não conseguiu ser eleito como vereador.[5] Em 2013 regressou à televisão, participando no reality-show Big Brother VIP, exibido pela TVI.

Formalizou a sua candidatura à Presidência da República para as eleições presidenciais de 2016 em 23 de dezembro de 2015,[6][7] tendo conseguido 152 mil votos, 3,28% dos eleitores votantes.[8]

Vitorino Silva vai-se candidatar à Câmara de Penafiel nas eleições autárquicas de 2017.

Referências

  1. a b (4 de maio de 2001) "Tino de Rans quer voltar à tribuna". TSF. Visitado em 10 de janeiro de 2016.
  2. (30 de setembro de 2000) "Tino de Rans lança livro". TSF. Visitado em 10 de janeiro de 2016.
  3. Pereira, Catarina (11 de março de 2009). «Tino de Rans e as autárquicas: «Sim, sou candidato»». TVI24. Consultado em 14 de janeiro de 2016. 
  4. (21 de março de 2009) "Tino de Rans quer presidir à Câmara de Valongo". Público. Visitado em 14 de janeiro de 2016.
  5. «Autarquicas - 11/10/2009 — Informação Detalhada - Distrito: PORTO e Distrito: PORTO / Conc: VALONGO». Comissão Nacional de Eleições. Consultado em 14 de janeiro de 2016. 
  6. (23 de dezembro de 2015) "Mais de oito mil querem ver Tino de Rans em Belém". Jornal de Notícias. Visitado em 10 de janeiro de 2016.
  7. (23 de dezembro de 2015) "Tino de Rans formaliza candidatura para "devolver alegria ao povo"". Correio da Manhã. Visitado em 10 de janeiro de 2016.
  8. «Vitorino Silva, a surpresa que veio de Rans».