Amor (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cupido dos romanos e Eros dos gregos. Deus brincalhão, astuto, cruel e impiedoso, tiranizava os deuses e os homens, e se divertia com suas vítimas. Filho de Marte e de Vênus, e esposo de Psiquê, espalhava sobre a Terra a vida, a alegria, e a fecundidade; imperava no coração humano e em toda a natureza; "é a misteriosa força de afinidade universal, que atrai os elementos e seres, unindo-os, em íntima harmonia, para a maravilhosa obra da geração da vida". Por sua mágica influência, tudo surge do Caos e da Terra. Os artistas representam-no dotado de asas e armado de flechas e setas fatais, que atravessam os corações, ou de facho que os devora. Tem sido e será sempre manancial fecundo das mais ardentes inspirações dos poetas.