Anseriformes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Como ler uma caixa taxonómicaAnseriformes
Woodduck95.jpg

Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Anseriformes
Wagler, 1831
Famílias
Anatidae

Anhimidae
Anseranatidae

Anseriformes é uma ordem de aves aquáticas que contém 161 espécies distribuídas por 48 géneros e 3 famílias, Anatidae, Anhimidae e Anseranatidae (algumas classificações incluem também a família Dendrocygnidae). Os anatídeos incluem animais como o pato, o ganso e o cisne e têm distribuição cosmopolita enquanto que os animídeos estão restritos à América do Sul.

As aves anseriformes habitam zonas aquáticas continentais como lagos, pântanos, rios e estuários, no entanto algumas espécies mudam-se para habitats marinhos durante a época de reprodução. São aves de médio a grande porte que medem entre 30 a 180 cm de envergadura e pesam entre 200 gramas e 20 kg. A plumagem destas aves é muito variada, sendo algumas espécies monocromáticas enquanto que outras bastante coloridas. As crias dos anseriformes são bastante precoces e chocam de olhos abertos e prontas para nadar. Estas aves têm membranas interdigitais nas patas, numa adaptação ao meio aquático. Os anseriformes são aves omnívoras que se alimentam de folhas, frutos e raízes de plantas terrestres e aquáticas, mas também de insetos e larvas e pequenos crustáceos. Muitas das espécies de anseriformes são migratórias.

O grupo inclui algumas espécies domesticadas pelo Homem para exploração de carne, penas ou ovos. Muitas espécies são consideradas especialidades gastronómicas ou cinegéticas.

Os primeiros registos de anseriformes no registo geológico surgem no Eocénico da América do Norte, tendo os seus predecessores evolutivos vivido no Paleocénico. O grupo diversificou-se bastante no Miocénico.

O IUCN lista 51 espécies de anseriformes ameaçadas ou em perigo de extinção. Desde o início do século já se registou o desaparecimento de cinco espécies, como por exemplo o pato-de-labrador. As principais causas de perigo para o grupo são a caça exagerada, perda de habitat e competição com espécies introduzidas.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Anseriformes