Trogoniformes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaTrogoniformes
Apaloderma vittatum

Apaloderma vittatum
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Trogoniformes
AOU, 1886
Família: Trogonidae
Lesson, 1828
Géneros
Ver texto
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Trogoniformes

Trogoniformes é uma ordem de aves com 39 espécies pertencentes apenas a uma única família, Trogonidae. O grupo habita preferencialmente as florestas tropicais da América Central e do Sul, sendo o género Apaloderma oriundo de África e as onze espécies de Harpactes nativas da Ásia. O quetzal é a ave trogoniforme mais emblemática. No Brasil, estas aves são chamadas de surucuá.

As aves trogoniformes têm geralmente um bico curto e encurvado e patas também curtas. Os dedos têm uma distribuição distintiva do grupo, estando o primeiro e o segundo dirigidos para a frente enquanto que o terceiro e quarto apontam para trás. A cauda é longa a muito longa no caso do género Pharomachrus. As asas são curtas e arredondadas e embora sejam bem adaptadas ao voo, estas aves não têm o hábito de voar grandes distâncias e preferem saltitar de árvore em árvore. A plumagem é bastante colorida e varia conforme a espécie entre tons de verde, azul, rosa e/ou encarnado com brilho metálico. Os trogoniformes apresentam dimorfismo sexual, tendo as fêmeas um padrão de cores semelhante ao machos, embora muito menos exuberante.

Estas aves alimentam-se sobretudo de insectos e outros pequenos invertebrados, por vezes de frutos. Os ninhos são construídos pelo casal, que escava uma cavidade com as patas num tronco de árvore ou numa colónia de térmitas. Cada postura contém entre dois a três ovos, geralmente de cor branca, que são incubados pela fêmea. Os juvenis nascem sem penas e recebem os cuidados parentais de ambos os pais.

Classificação[editar | editar código-fonte]

  • Ordem Trogoniformes AOU, 1886
    • Família Trogonidae Lesson, 1828
      • Gênero Apaloderma Swainson, 1833
        • Apaloderma narina (Stephens, 1815)
        • Apaloderma aequatoriale Sharpe, 1901
        • Apaloderma vittatum Shelley, 1882
      • Gênero Apalharpactes
        • Apalharpactes reinwardtii (Temminck, 1822)
        • Apalharpactes mackloti (Müller, 1836)
      • Gênero Harpactes Swainson, 1833
        • Harpactes fasciatus (Pennant, 1769)
        • Harpactes kasumba (Raffles, 1822)
        • Harpactes diardii (Temminck, 1832)
        • Harpactes ardens (Temminck, 1826)
        • Harpactes whiteheadi Sharpe, 1888
        • Harpactes orrhophaeus (Cabanis e Heine, 1863)
        • Harpactes duvaucelii (Temminck, 1824)
        • Harpactes oreskios (Temminck, 1823)
        • Harpactes erythrocephalus (Gould, 1834)
        • Harpactes wardi (Kinnear, 1927)
      • Gênero Priotelus G. R. Gray, 1840
        • Priotelus temnurus (Temmicnk, 1825)
        • Priotelus roseigaster (Vieillot, 1817) (por vezes classificado no género Temnotrogon)
      • Gênero Trogon Brisson, 1760
      • Gênero Euptilotis Gould, 1858
        • Euptilotis neoxenus (Gould, 1838)
      • Gênero Pharomachrus La Llave, 1832

Referências

  1. a b c d Mousebirds to hornbills (em Inglês) IOC World Bird List. International Ornithologists’ Union. Página visitada em 20 de novembro de 2012.
  • Maclean, G.L., 1993. Robert’s Birds of Southern Africa. 6th Edition. John Voelcker Bird Book Fund