Arriboflavinose

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ariboflavinose)
Ir para: navegação, pesquisa
Arriboflavinose
Riboflavina, mais conhecida como vitamina B2.
Classificação e recursos externos
CID-10 E53
CID-9 266.0
Star of life caution.svg Aviso médico

Arriboflavinose ou Deficiência de vitamina B2 é uma condição na qual não há reservas suficientes de riboflavina no corpo necessárias para as atividades metabólicas normais. A recomendação diária para adultos é de 1,1 a 1,3 mg, enquanto para as grávidas e lactantes é recomendado 1,6 mg/dia. Vitamina B2 pode ser encontrada em ovos, laticínios, grãos integrais e verduras verde-escura.[1]

Causas[editar | editar código-fonte]

Dentre as possíveis causas estão[1] :

  • Dieta pobre em alimentos com B2;
  • Doenças gastrointestinais que prejudiquem a absorção de B2;
  • Alcoolismo;
  • Doenças hepáticas crônicas;
  • Alguns antirretrovirais;
  • Abuso de diuréticos.

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

Alguns de seus possíveis sintomas incluem[2] :

  • Lesões na boca e lábios (queilite angular);
  • Língua muito vermelha ou roxa (glossite);
  • Inflamação da mucosa da boca (estomatite);
  • Dor de garganta (faringite);
  • Olhos vermelhos ou com coceira (vascularização corneal)[3] ;
  • Fraqueza e cansaço;
  • Sensação de frio e dor nas extremidades;
  • Descamação e coceira na pele.

Em casos severos o paciente pode ter anemia (falta de glóbulos vermelhos) e/ou dermatite seborreica (inflamação cutânea caracterizada por pele grossa esbranquiçada ou amarelada). Frequentemente está associada a outras deficiências nutricionais, como pelagra e deficiência de proteínas.[1]

Em grávidas quadruplica o risco de pre-eclampsia, transtorno caracterizado por pressão alta e perda de proteínas na urina que pode levar a convulsões perigosas para a mãe e para o feto.[4]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

Suplementos de riboflavina (B2) por via oral ou intravenosa e melhora na dieta. Alimentos ricos em B2 (por 100g) incluem[5] [6] :

  • Levedo de cerveja (4,3mg);
  • Fígado de boi (4,2mg);
  • Ervas e especiarias, sendo o melhor o Chili (2,2mg)
  • Farelo de aveia (1,2mg)
  • Amêndoas (1mg);
  • Farelo de trigo (0,6mg)
  • Alguns queijos, sendo o melhor o Roquefort (0,5mg);
  • Alguns peixes, sendo o melhor a Cavala (0,5mg);
  • Tomate seco (0,5mg)
  • Gergelim (0,5mg)
  • Cereais fortificados (3 a 7mg);
  • Ovo cozido (0,5mg)

Um adulto saudável deve consumir 1 a 1,5mg dessa vitamina por dia.

Referências