Associação Atlética Batel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batel
Associação Atlética Batel.png
Nome Associação Atlética Batel
Mascote Lobo
Fundação 17 de março de 1951 (63 anos)
Estádio Waldomiro Gelinski
Capacidade 7.000 Pessoas
Localização Brasao gpva.gif Guarapuava, Paraná PR, BrasilBrasil
Competição Paraná Campeonato Paranaense
Kit left arm fla0708h.png Kit body redhoopsblackshoulders.png Kit right arm fla0708h.png
Kit shorts.png
Kit socks ecv10h.png
Uniforme
titular
Kit left arm ecv13a.png Kit body.png Kit right arm ecv13a.png
Kit shorts ecv13a.png
Kit socks ecv13a.png
Uniforme
alternativo
editar

A Associação Atlética Batel (conhecido como Batel e cujo acrônimo é AAB) é um clube de futebol profissional brasileiro, baseado na cidade de Guarapuava, na região centro-sul do estado do Paraná. Atualmente, encontra-se licenciado de suas atividades profissionais, desde o ano de 2009. Fundado em 17 de Março de 1951, participou constantemente do Campeonato paranaense, tendo como principais feitos, a 6ª colocação nos estaduais de 1994 e 1995, ambos anos, em que participou da Série C do Brasileiro.

Suas cores tradicionais são o vermelho e preto, tendo como mascote o Lobo, apelidado pelos seus torcedores de Lobo Solitário. Durante o tempo que esteve ativo, manteve certa rivalidade, com outro time da região do Campos Gerais o Operário Ferroviário de Ponta Grossa. Seu estádio é o Waldomiro Gelinski, com capacidade para 7.000 espectadores.

Historia[editar | editar código-fonte]

No dia 17 de Março de 1951 nascia a Associação Atlética Batel, por um grupo de empresários industriais do ramo da madeira, mais especificamente das famílias: Carolo, Silvestre, Trombine e Dalla Vecchia. Com seu Estatuto datado em 14 de Agosto de 1951, onde foi eleita e homologada pela assembléia e Geral extraordinária a primeira Diretoria da Associação Atlética Batel com os seguintes: De acordo com a sua data de fundação de março de 1951 – que coloca o clube entre os mais antigos da região. O Batel por alguns anos fazia parte dos bons times da época mais todos amadores, e passado alguns anos esse grupo de empresários desistiu de manter o time, e o nome Batel caiu no ostracismo, ficou parado por muitos anos. Mais o espírito do clube, porém, não morreu. Liderado pelo Empresário Alfredo Gelinski que imaginou e colocou em prática uma feliz ideia de organizar algo maior, busca no arquivo e de se valer do estatuto, para recriar o Batel. E assim aconteceu em 01 de Janeiro de 1977 no salão da Sociedade Recreativa Operária o novo Batel. Reunindo o maior numero da antiga Diretoria e conselho fiscal para o novo estatuto e eleição da nova diretoria. Assim ficou constituída: Historicamente o Batel passou por diferentes etapas a partir do seu nascimento como time amador, que causou grande impacto, mesmo quando tomou corpo real como um dos maiores clubes de futebol de Guarapuava na década de 70. Passando do amadorismo ao profissionalismo por onde desfilaram importantes figuras do esporte nacional, com técnicos de renome.

Na sua trajetória gloriosa o Batel transformou-se em clube profissional em 1989, quando entrou na segunda divisão do Campeonato Paranaense, jogando mais tarde na primeira divisão em 1990, finalizando em 11º lugar.

Outro dos grandes destaques é ter sido o clube Guarapuavano que mais participou de campeonatos profissionais.

E assim começou sua trajetória de vitorias desde o amador e categorias dente de leite e juvenil. Associação Atlética Batel foi feita em meio a muitas dificuldades e lutas, mas rendeu momentos inesquecíveis. Uma das maiores paixões do torcedor Guarapuavano é a sua história. Quem a conhece sabe bem a razão e o motivo de tanto orgulho. Ela é rica, bela, cheia de lutas, glórias e conquistas. O nome Batel significa uma pequena embarcação.

Estádios[editar | editar código-fonte]

O primeiro estádio utilizado pelo Batel foi o "Lobo Solitario", que era de propriedade do Guarapuava Esporte Clube. Posteriormente, passou a jogar no Waldomiro Gelinski, com capacidade atual para 3.440 espectadores sentados.

Jogadores Notáveis[editar | editar código-fonte]

No "Lobo Solitario" em 1988 pelo Amador um jovem de nome "Toninho" marcou passagem pela cidade, ele era muito veloz e dono de um chute muito potente, acabou sendo artilheiro do campeonato amador e também marcou um golaço do "meio da rua".

Rankings[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. RANKING (1ª Divisão) do Campeonato Paranaense (em português). campeoesdofutebol.com.br (5 de agosto de 2008). Página visitada em 29 de junho de 2013.
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.