Cérebro positrônico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cérebro positrônico é um conceito científico ficcional desenvolvido nos livros do autor estadunidense Isaac Asimov e depois aproveitado em séries como Perry Rhodan e Star Trek, e no filme O Homem Bicentenário. Seria o nome de cérebros de robôs que possuem inteligência artificial. Constituído de platina-irídio. Os "circuitos cerebrais" produzem e eliminam posítrons, partícula recém-descoberta na época em que o autor criava suas primeiras histórias.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.