Canuto VI da Dinamarca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde outubro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Canuto VI
Rei da Dinamarca
Governo
Reinado 11821202
Consorte Gertrudes da Saxônia
Antecessor Valdemar I
Sucessor Valdemar II
Vida
Nascimento 1163
Morte 1202 (39 anos)
Pai Valdemar I
Mãe Sofia de Minsque

Canuto VI de Dinamarca (11631202) foi rei da Dinamarca de 1182 a 1202. Era filho de Valdemar I e de Sofia de Minsque. Durante seu reinado, os domínios da Dinamarca se espalharam até o rio Elba. Foi muito influenciado por seu tio-avô, o bispo Absalão de Roskilde, o qual é por muitos considerado o verdadeiro governante da Dinamarca nesse tempo.

Subiu ao trono logo após a morte de seu pai, em 1182, quando tinha 19 anos de idade. Pouco tempo depois de ascender ao trono, retomou o poder na Escânia, que havia se rebelado sob o mandato de Haroldo Skraenk, filho de Olavo II da Dinamarca. A Lei da Escânia, primeira legislação provincial nórdica, data dos tempos de Canuto VI.

Aconselhado por Absalão, Canuto se negou a renovar o compromiso de fidelidade com o Sacro Imperador Romando Frederico I, iniciado por Valdemar I. Conquistou a Pomerânia, país dos antigos vendos, Livônia (1196) e Holstein. Em 1197 organizou uma cruzada à Estônia.

Seu reinado foi, para a Dinamarca, uma época de prosperidade. Depois de suas conquistas, deu-se a si mesmo o título de Rex Vendalorum, em dinamarquês Vandernes Konge, que os reis seguintes da Dinamarca conservaram.

Casou-se em 1177 com Getrudes da Saxônia, viúva do duque Frederico IV da Suábia e filha de Henrique, duque da Saxônia. Não tiveram filhos.

Precedido por
Valdemar I
Rei da Dinamarca
1182 - 1202
Sucedido por
Valdemar II
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.