China continental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A área destacada no mapa mostra o que é conhecido por "China continental".

A China continental (chinês simplificado: 中国大陆; chinês tradicional: 中國大陸) é um termo geográfico informal que é geralmente sinônimo da área atualmente administrada pela República Popular da China (RPC); no entanto, geralmente exclui as duas Regiões Administrativas Especiais administradas pela RPC: Hong Kong e Macau, que são governadas sob "um país, dois sistemas" e possuem um alto grau de autonomia. Sempre exclui a área administrada pela República da China (RDC): as ilhas de Taiwan, Penghu, Quemoy e Matsu. O termo geralmente inclui também o Tibete, Xinjiang e a Mongólia Interior.

Já que "China continental" descreve uma área mais política e econômica do que geográfica, geralmente inclui as ilhas administradas pela RPC, como Hainan. O termo é usado tanto na própria China continental quanto em Taiwan, porque é um termo neutro e não faz implicações com o estado político de Taiwan.

Mais recentemente, o termo Zhōngguó nèidì (內地, lit. "as regiões interiores da China") tornou-se o termo mais comum usado dentro da China continental para referir-se à área, mas o termo é pouco usado fora da região.

O termo mainlander ("continental") em inglês é uma tradução de wàishěng rén (外省人, lit. "pessoa(s) da província externa"), que é usado em Taiwan para chamar as pessoas que migraram para a ilha vindas da China continental, perto do fim da Guerra Civil Chinesa em 1949. Os filhos dos wàishěng rén, mesmo nascidos em Taiwan, também acabam sendo chamados assim. Mas mainlander também pode significar dàlù rén (大陸人, lit. "pessoa(s) do continente"), as pessoas que moram atualmente na China continental e aqueles poucos que migraram para Taiwan recentemente.

"China continental" passou a ser mais usado desde a transferência da soberania de Hong Kong do Reino Unido para a RPC em 1997 e de Macau de Portugal para a RPC em 1999. A China continental, Hong Kong e Macau possuem controles de imigração e alfândega, passaportes, moedas, selos e sistemas judiciários diferentes.