De Olhos bem Fechados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de De Olhos Bem Fechados)
Ir para: navegação, pesquisa
Eyes Wide Shut
De Olhos Bem Fechados (PT/BR)
 Estados Unidos
 Reino Unido

1999 • cor • 159 min 
Direção Stanley Kubrick
Roteiro Stanley Kubrick
Frederic Raphael
Baseado em Traumnovelle, de Arthur Schnitzler
Elenco Tom Cruise
Nicole Kidman
Madison Eginton
Jackie Sawiris
Sydney Pollack
Leslie Lowe
Peter Benson
Todd Field
Género thriller, drama, suspense
Idioma inglês
Estúdio Warner Bros.
Orçamento US$65 milhões
Receita US$162,091,208[1]
Página no IMDb (em inglês)

Eyes Wide Shut (De Olhos Bem Fechados no Brasil e em Portugal, embora em Portugal também apareça com o título original), é um filme americano-britânico de 1999, dirigido por Stanley Kubrick e estrelado pelo então casal-na-vida-real Nicole Kidman e Tom Cruise[2] . É baseado no conto Traumnovelle, de Arthur Schnitzler.

Este é o último filme de Kubrick, que morreu apenas 5 dias depois de mostrar seu corte final do filme para o estúdio.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em Nova Iorque, próximo ao Natal, o médico Bill Harford decide ir em busca de uma aventura sexual depois de sua esposa Alice admitir que sentiu desejos por outro homem. Ao longo de uma noite, Bill acaba encontrando com uma orgia organizada por um culto secreto.[3]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Eyes Wide Shut tem recepção favorável por parte da crítica especializada. Com o tomatometer de 77% em base de 122 críticas, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: "O intenso estudo de Kubrick da psique humana produz uma obra cinematográfica impressionante". Por parte da audiência do site tem 73% de aprovação.[5]

Produção[editar | editar código-fonte]

Kubrick sempre se interessou por um filme estudando relações sexuais,[6] e após ler Traumnovelle, de Arthur Schnitzler, em 1968, pediu para o jornalista e futuro roteirista Jay Cocks comprar os direitos de filmagem.[7] Mesmo tendo cogitado na década de 80 uma adaptação como "comédia de humor negro" estrelando Steve Martin,[8] o projeto só decolou nos anos 90, quando Kubrick contratou o roteirista Frederic Raphael para ajudá-lo na adaptação.[6] O presidente da Warner Bros. sugeriu a Kubrick chamar atores conhecidos para os papéis principais, e o diretor eventualmente chegou em Tom Cruise e na esposa Nicole Kidman para interpretar o casal Hartford.[7]

As filmagens começaram em novembro de 1996. Como Kubrick estava baseado na Inglaterra desde a década de 1970 e possuía medo de avião, a produção foi totalmente filmada no Reino Unido, com uma reconstrução de Nova York sendo criada nos Estúdios Pinewood em Londres. As filmagens se prolongaram devido ao perfeccionismo de Kubrick, que pedia repetidas tomadas e chegava a reescrever páginas do roteiro no mesmo dia de rodá-las, e acabaram apenas em junho de 1998. A duração excessiva acabou afastando duas escolhas originais do elenco, Harvey Keitel e Jennifer Jason Leigh, que mesmo já tendo gravado cenas tiveram de ser substituídos por Sydney Pollack e Marie Richardson.[6] Após terminar as filmagens, Kubrick entrou em um longo processo de pós-produção, e em 2 de Março de 1999 mostrou seu corte final do filme para os executivos da Warner. Cinco dias depois o cineasta morreu enquanto dormia.[7]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Jocelyn Pook compôs a música original, mas assim como outras obras de Kubrick De Olhos bem Fechados é notado por seu uso de música clássica.[9]

  1. "Musica Ricercata, II" - György Ligeti (versão por Dominic Harlan)
  2. "Valsa 2, Suite para Orquestra de Variedades" - Dmitri Shostakovitch (Orquestra Real do Concertgebouw)
  3. "Baby Did a Bad Bad Thing" - Chris Isaak
  4. "When I Fall in Love" - Victor Silvester
  5. "I Got It Bad (And That Ain't Good)" - Oscar Peterson Trio
  6. "Naval Officer" - Jocelyn Pook
  7. "The Dream" - Jocelyn Pook
  8. "Masked Ball" - Jocelyn Pook
  9. "Migrations" - Jocelyn Pook Ensemble
  10. "If I Had You" - Roy Gerson
  11. "Strangers in the Night" - Peter Hughes
  12. "Blame It on My Youth" - Brad Mehldau
  13. "Grey Clouds" - Franz Liszt (versão por Dominic Harlan)
  14. "Musica Ricerta, II (Reprise)"

Premiações[10] [editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Eyes Wide Shut (1999), Box Office Mojo
  2. Eyes Wide Shut. AdoroCinema.com. Página visitada em 18 de novembro de 2013.
  3. Eyes Wide Shut (em português). Filmow. Página visitada em 14 de fevereiro de 2014.
  4. Eyes Wide Shut (em português). InterFilmes. Página visitada em 14 de fevereiro de 2014.
  5. Eyes Wide Shut (em inglês). Rotten Tomatoes. Página visitada em 14 de fevereiro de 2014.
  6. a b c Svetkey, Benjamin (July 23, 1999). Behind the scenes of Eyes Wide Shut. Entertainment Weekly. Página visitada em 2012-10-24.
  7. a b c Schickel, Richard (August 9, 1999). All Eyes On Them. Time. Página visitada em 2012-10-24.
  8. CLASSIC HOLLYWOOD: Kubrick, Vanity Fair (Agosto de 1999)
  9. Original Soundtrack - Eyes Wide Shut
  10. Eyes Wide Shut (1999) - Awards

Ligações externas[editar | editar código-fonte]