Fugitivos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fugitivos
Comic image missing-pt.png
Os Fugitivos
Dados sobre publicação
Publicado por Marvel Comics (US)
Panini Comics (Br)
Primeira aparição Runaways (vol. 1) #1
Criado por Brian K. Vaughan
Adrian Alphona
Características do grupo
Base de operações Museu La Brea
Membros atuais Molly Hayes
Nico Minoru
Karolina Dean
Gertrude Yorkes
Chase Stein
Alfazema
Victor Mancha
Xavin
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Os Fugitivos são um grupo de personagem das histórias em quadrinhos da Marvel Comics que foi criado pela dupla Vaughan e Alphona em 2003 para a linha Tsunami, e foram publicados pela primeira vez no Brasil em 2006 pelo selo Pocket Panini[1] [2] .

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A Equipe[editar | editar código-fonte]

Depois de descobrirem que seus pais eram, na verdade, vilões e que formavam a entidade maléfica denominada Orgulho, Molly Hayes, Nico Minoru, Karolina Dean, Gertrude Yorkes, Alex Wilder e Chase Stein resolveram fugir e usar seus dons para acabar com as idéias de seus pais, mas não foi tão fácil assim. Alex se mostrou do lado de seus pais e traiu seus amigos, em consequência disto, todo o Orgulho e Alex, assim como os Gibborin morreram no ataque do grupo (pelo menos é o que se pensava). Logo depois se tornaram órfãos. O Capitão América tentou levar esses jovens para a adoção, mas conseguiram, mais uma vez, escapar.

O Futuro[editar | editar código-fonte]

Os jovens receberam a visita de Gert[3] , mas sendo do futuro, e descobriram que tinham que deter o adolescente Victor Mancha pois no futuro ele iria ser um perigo para Os Vingadores e ia matar todos os heróis da Terra. Isso acarretou uma série de eventos que levaram os Órfãos a enfrentarem Ultron. Mas um grupo de Heróis liderados por Rick Jones e Phill Urich, conhecidos por Excelsior[4] acabaram com a festa dos vilões. E o grupo de adolescentes fugiram mais uma vez em sua nave denominada Sapão.

Xavin e Manto e Adaga[editar | editar código-fonte]

Depois de fugirem muito, Carolina descobre que seus pais haviam prometido ela para um jovem Skrull: Xavin. Ele veio para a Terra atrás dela. Chegando onde ela estava, se transformou em um belo jovem para poder ela se interessar por ele, mas ela falou que era gay. Assim ele se transformou em mulher e os dois foram para outro planeta.

Com a falta de Carol o grupo pensa como vão lidar com os vilões, e é aí que surge Manto, que foi alvo de um terrível mal entendido. Através de uma câmera de vigilância, podia se ver Manto atacando sua parceira, Adaga. Ele provou ser tudo armação e queria a ajuda dos Fugitivos. Quando viram, estavam enfrentando o novo Orgulho, composto por seus pais mais jovens. Carol retorna junto com Xavin durante isto para ajudar seus amigos. Gert é ferida por Geofrey Wilder e morre, deixando Alfazema aos cuidados de seu namorado, Chase. Eles derrotam o novo Orgulho, ajudam Manto, mas sofrem pela perda da grande amiga e companheira.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Crossovers[editar | editar código-fonte]

Os Fugitivos estiveram juntos com os Jovens Vingadores na Invasão Secreta e na Guerra Civil[5] .

Referências

  1. Marcelo Forlani (02 de Novembro de 2005). Panini em novembro: Supremos de volta, série em formatinho nas bancas (em português) Omelete. Visitado em 16/05/2010.
  2. Índice de Reviews:C Universo HQ.
  3. Runaways (vol 2) 3#
  4. Runaways (vol 2 ) 6#
  5. Civil War: Young Avengres and Runaways
Ícone de esboço Este artigo sobre banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.