Os Vingadores (2012)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de The Avengers (2012))
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde setembro de 2012).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Marvel's The Avengers
Os Vingadores (PT/BR)
Cartaz promocional.
 Estados Unidos
2012 • cor • 143 min 
Direção Joss Whedon
Produção Kevin Feige
Produção executiva Alan Fine
Jon Favreau
Stan Lee
Louis D'Esposito
Patricia Whitcher
Victoria Alonso
Jeremy Latcham
Roteiro Joss Whedon
Baseado em Os Vingadores, de Stan Lee e Jack Kirby
Elenco Robert Downey Jr.
Chris Evans
Mark Ruffalo
Chris Hemsworth
Scarlett Johansson
Jeremy Renner
Tom Hiddleston
Clark Gregg
Cobie Smulders
Stellan Skarsgård
Samuel L. Jackson
Gênero Ação
Aventura
Ficção Científica
Idioma Inglês
Música Alan Silvestri
Cinematografia Seamus McGarvey[1]
Edição Paul Rubell,[1] Jeffrey Ford[1]
Estúdio Marvel Studios
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures[2]
Lançamento Portugal 25 de abril de 2012
Brasil 27 de abril de 2012
Estados Unidos 4 de maio de 2012
Orçamento US$ 220 milhões
Receita US$ 1.518.594.910[3]
Cronologia
Último
Último
The Avengers: Age of Ultron
(2015)
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Marvel's The Avengers (no Brasil e em Portugal, Os Vingadores) é um filme americano de 2012, produzido pela Marvel Studios e distribuído pela Walt Disney Pictures[4] . Baseado na equipe de super-heróis homônima da Marvel Comics, o filme foi escrito e dirigido por Joss Whedon e estrelado por Robert Downey Jr., Chris Evans, Mark Ruffalo, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Tom Hiddleston e Samuel L. Jackson. Seu lançamento nos Estados Unidos ocorreu em 4 de maio de 2012, em 3D. No Brasil, o filme estreou em 27 de abril de 2012[5] , com um relançamento no dia 10 de agosto de 2012[6] . Em Portugal, a data de estreia ocorreu em 25 de abril de 2012[7] .

O longa-metragem foi anunciado em abril de 2005 e faz parte do chamado "Marvel Cinematic Universe" (Universo Marvel Cinematográfico), um universo ficcional compartilhado por filmes independentes produzidos pelo Marvel Studios, cruzando diversos filmes de super-heróis da editora, como Homem de Ferro (2008), O Incrível Hulk (2008), Homem de Ferro 2 (2010), Thor (2011) e Capitão América: O Primeiro Vingador (2011). As filmagens tiveram início em 25 de abril de 2011, e ocorreram em diferentes cidades dos Estados Unidos.

Os Vingadores é a terceira maior bilheteria de todos os tempos, ultrapassando Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2[8] . O longa encerra a Fase 1 do Universo Marvel Cinematográfico.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Nick Fury (Samuel L. Jackson), diretor da agência de espionagem SHIELD, chega a um centro de pesquisa remoto durante uma evacuação. O Tesseract, uma fonte de energia de potencial desconhecido, já ativado, abriu um portal através do espaço, do qual o deus nórdico exilado Loki (Tom Hiddleston) ressurge. Loki leva o Tesseract (conhecido nos quadrinhos como Cubo Cósmico) e usa suas habilidades para controlar as mentes de várias pessoas da SHIELD, inclusive o agente Clint Barton (Jeremy Renner) e o consultor físico Dr. Erik Selvig (Stellan Skarsgard), a fim de que eles o ajudem em sua fuga.

Em resposta ao ataque, Fury reativa a Iniciativa Vingadores. A agente Natasha Romanoff (Scarlett Johanson) é enviada até a Índia para recrutar o Dr. Bruce Banner (Mark Ruffalo), enquanto o agente Philip Coulson (Clark Gregg), vai até Tony Stark (Robert Downey Jr.) e pede que ele veja a pesquisa do Dr. Selvig. Fury vai até Steve Rogers (Chris Evans) com uma missão para recuperar o Tesseract de Loki. Durante seu exílio, Loki encontrou os Chitauri, uma raça alienígena que busca conquistar a Via Láctea com o Tesseract. Em troca do Tesseract, os Chitauri concordam em ajudar Loki a dominar a Terra.

Capitão América, Homem de Ferro e a Agente Romanoff viajam para a Alemanha para deter Loki, que está roubando irídio para estabilizar o poder do Tesseract. Depois de uma batalha com o Capitão América, Loki se rende e é escoltado de volta para um avião da SHIELD. No entanto, Thor (Chris Hemsworth), irmão de criação de Loki e o deus nórdico do trovão, chega e tenta tirar Loki do avião para conversar com ele. Homem de Ferro e Capitão América enfrentam Thor, mas acabam cessando o conflito. Loki, em seguida, é devolvido ao porta-aviões da SHIELD e colocado em uma cela projetada para prender o Hulk. Porém, a equipe ainda tem que descobrir onde está localizado o Tesseract e impedir que ocorra a invasão alienígena. No entanto, Clint Barton aparece e atira uma flecha explosiva em uma das hélices. O Hulk acaba despertando e luta com Thor. Os Vingadores se separam, mas se juntam após o agente Coulson ser morto por Loki. Este escapa e vai até a Torre Stark com a intenção de concretizar seus planos. O Homem de Ferro chega à torre ao deduzir que ela é o local sobre o qual Loki pretende abrir o portal. O deus da trapaça atira Tony da torre, mas este se salva com a armadura Mark-VII. O portal se abre sobre o edifício, e a invasão começa. Os Vingadores se reúnem para enfrentar Loki e seu exército, numa batalha épica. Depois de o Conselho da S.H.I.E.L.D decidir lançar um míssil em Manhatthan para destruí-la, o Homem de Ferro agarra o míssil e lança na nave-mãe dos Chitauri, fazendo com que o exército alienígena seja destruído no exato instante em que os heróis conseguem fechar o portal. Após o combate, Thor volta para Asgard com Loki, Banner segue com Stark, Rogers vai embora com sua moto, Barton e Romanoff voltam para a SHIELD. Numa cena pré-créditos, o líder dos Chitauri fala para alguém que está de costas que lutar com os humanos é cortejar a morte. O personagem oculto se volta e sorri, revelando ser Thanos. Na cena pós-créditos, os heróis comem um prato chamado "shawarma", que havia sido sugerido por Tony em uma cena anterior.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

Cena da gravação do filme em Cleveland

Como essa é a primeira vez que nós vemos esses caras juntos como um time, ele [Joss Whedon] teve que juntar todos os seus desejos pessoais um com o outro. Eu acho que ele fez um trabalho muito bom ao juntar personagens baseados no que conhecemos da franquia Marvel, interagindo eles juntos com todas as suas diferenças e similaridades and então entrar no negócio. E logo quando você pensa que o filme é um pedaço do personagem, ele [o filme] fica doido.

—Chris Wells, supervisor de efeitos especiais, sobre o filme[9]

O longa-metragem teve direção de Joss Whedon e produção de Kevin Feige. As gravações das cenas do filme tiveram início em 25 de abril de 2011, em Albuquerque, mas todas elas foram feitas em diferentes locais dos nos Estados Unidos, como Ohio (Cleveland, Cincinnati e Sandusky), Pennsylvania (Butler e Worthington), Califórnia (Manhattan Beach), Nova York e Novo México (Novo México); mas não nessa ordem[10] [11] . Foram no total 140 cenas de gravação, sendo 93 na primeira parte, e 47 na segunda[11] . Para que Jeremy Renner pudesse interpretar o Gavião Arqueiro, foi necessário que o ator fizesse treino sobre o uso do arco e flecha com arqueiros olímpicos, mas alguns movimentos foram difíceis de aprender[11] .

O Pentágono e as forças militares dos Estados Unidos, que sempre colaboram com filmes que envolvem guerras como Transformers, inicialmente ajudaram na produção do filme, mas decidiram não continuar sua participação no filme, pois eles o consideravam muito "surreal", e isso porque o departamento não entendia a ligação da S.H.I.E.L.D com o governo dos Estados Unidos. Porém, foi dada autorização pelo Pentágono para que pudessem ser exibidos soldados da Guarda Nacional e caças no filme, só que os mesmos foram exibidos digitalmente[12] [13] . Um problema havia mexido com a encenação do longa: a cópia do roteiro de Samuel L. Jackson estava sendo ofertada a sites de mídia e de filmes por um usuário anônimo que queria vendê-lo pelo preço maior. O roteiro era de uma cena em que Bruce Banner se transformava em Hulk na frente da Viúva Negra[14] . Joss Whedon comentou que um dos desafios de fazer o filme foi elaborar um roteiro que envolvesse tantos personagens, algo que ele não fazia desde Serenity, assim como ele também disse que achar as vozes dos personagens foi um trabalho fácil e divertido[15] .

Recepção[editar | editar código-fonte]

O elenco de Os Vingadores na San Diego Comic-Con de 2010

O filme tem quebrado recordes desde que chegou aos cinemas. A estréia nos EUA de Os Vingadores foi a maior da história, desbancando o campeão anterior, Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2, arrecadando mais de 200 milhões de dólares. Internacionalmente, o filme da Marvel já arrecadou mais de 1 bilhão de dólares, tendo sido beneficiado pelas salas 3D[8] .

Logo na primeira semana de estréia, o filme arrecadou só no Brasil 21,7 milhões de reais, e no Reino Unido 178,4 milhões de dólares[16] .

Apesar do sucesso do filme, houve críticas a uma cena, na qual Thor diz que Loki, é na verdade filho adotivo. O momento, que deveria ser uma piada, foi entendido para alguns como uma crítica a filhos adotivos. Alguns pais de filhos adotivos e adotados decidiram entrar na justiça para exigir desculpas dos produtores por causa da cena[17] .

O filme, devido ao enorme sucesso de mais de 1 bilhão de dólares no mundo todo em apenas de três semanas, chegou ao "topo" de todos os filmes da Disney, superando o último líder Pirates of the Caribbean: Dead Man's Chest, com 1,07 bilhão de dólares[18] .

Crítica[editar | editar código-fonte]

Os Vingadores recebeu avaliações positivas dos críticos. Os agregadores de revisão do site Rotten Tomatoes relataram um índice de aprovação de 92% com uma classificação média de 8/10 com base em uma agregação de 301 opiniões[19] . No Metacritic, o filme conseguiu uma classificação média de 69 em 100 com base em 43 revisões, significando "avaliações favoráveis​​". CinemaScore relatou que o público deu ao filme uma nota A +[20] . Vários sites também deram sua nota sobre o filme: os sites O Globo, Omelete, Gazeta do Povo e outros mais, deram uma nota de cinco estrelas ao filme, enquanto sites como Cineclick, Cineweb e Cinepop deram notas inferiores em relação às primeiras[21] . O crítico estadunidense Roger Ebert disse que "o filme dá ao fãs exatamente o que eles querem"[22] .

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Artigo principal: Lista de prêmios recebidos por Os Vingadores

Jogo eletrônico[editar | editar código-fonte]

Foi anunciado em 10 de maio de 2012 que está em desenvolvimento um jogo levemente baseado no filme (pois possui mais elementos em comum com a saga das HQs Invasão Secreta (Invasão Skrull), publicada em 2008), Marvel Avengers: Battle for Earth, e que sua produção será feita pela Ubisoft. O jogo será compatível em XBox 360 e Wii U[23] .

Sequência[editar | editar código-fonte]

A sequência de Os Vingadores foi anunciada oficialmente em 9 de maio de 2012 pelo diretor-executivo Bob Iger, que confirmou que Os Vingadores 2 está em desenvolvimento no estúdio. A sequência será lançada em 1 de maio de 2015[24] . Em relação à esta sequência, o ator Andrew Garfield, que interpreta o Homem-Aranha em O Espetacular Homem-Aranha, disse que gostaria que o seu personagem pudesse participar de Os Vingadores 2[25] , mas devido aos direitos do personagem estarem sob controle da Sony, dificilmente o aracnídeo estará presente na sequência.

Durante o festival Comic-Con 2013, realizado entre os dias 18 e 21 de julho de 2013, o diretor Joss Whedon confirmou que o título oficial da sequência seria The Avengers: Age of Ultron[26] .

Referências

  1. a b c Marvel's The Avengers Begins Production. Marvel.com press release (26 de abril de 2011). Página visitada em 26-4-2011.. WebCitation Archive
  2. Distribuição Variety, página acessada em 21 de novembro de 2013.
  3. Marvel's The Avengers. Box Office Mojo. Página visitada em 09 de dezembro de 2013.
  4. Mcclintock, Pamela (18-10-2010). Move for Marvel rights (em inglês). Variety. Página visitada em 14-8-2011.
  5. Estreia no Brasil R7, página acessada em 21 de novembro de 2013
  6. Friedman, Roger (10-8-2010). “The Avengers” Marvel Comics Film Coming in 3D (em inglês). Showbiz411. Página visitada em 14-8-2011.
  7. Estreia em Portugal Bestcine, página acessada em 21 de novembro de 2013
  8. a b Bilheterias: avante à maior estreia de todos os tempos, VINGADORES!. Cinema em Cena.
  9. Max Nicholson (16 de fevereiro de 2012). Avengers VFX Nearly Assembled (em inglês). IGN.
  10. Marvel's The Avengers Production Details (em inglês). Yahoo! Movies.
  11. a b c Venkman (nickname) (março de 2012). THE AVENGERS - Movie Production Fun Facts. Geektyrant.
  12. US Military Refused to Help "The Avengers" for Being "Too Unrealistic" (em inglês). Worstpreviews.com (8 de maio de 2012).
  13. Érico Assis (8 de maio de 2012). Os Vingadores. Omelete.
  14. Andy Khouri (2 de maio de 2011). 'The Avengers' Production Shut Down After Theft of Samuel L. Jackson's Script?. Comicsalliance.com.
  15. Beloto Cabral. Novas imagens e mais de OS VINGADORES. Disneymania.com.br.
  16. Os Vingadores já tem coleção de records!. Curiosodequadrinhos.com (2 de maio de 2012).
  17. Eduardo Almeida (9 de maio de 2012). Adotivos querem boicote ao filme dos Vingadores. O Capacitor.
  18. James (23 de maio de 2012). The Avengers tops all Disney films. Animatedviews.com.
  19. Marvel's The Avengers (2012) (em inglês). Rotten Tomatoes. Página visitada em 23 de novembro de 2013.
  20. The Avengers (em inglês). Metacritic. Página visitada em 25 de maio de 2012.
  21. Os Vingadores - The Avengers: Críticas. Adorocinema.
  22. The Avengers
  23. Game de 'Os Vingadores' está em produção para Xbox 360 e Wii U. G1 (10 de maio de 2012).
  24. Disney anuncia oficiamente OS VINGADORES 2. Cinema em Cena.
  25. Rafael (21 de maio de 2012). Andrew Garfield quer Homem-Aranha em ‘Os Vingadores 2′. CkSfilmes.
  26. Comic-Con: Os Vingadores 2 ganha título oficial e imagem promocional. AdoroCinema (21 de julho 2013).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]