X-Men: First Class

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
X-Men: First Class
X-Men: O Início (PT)
X-Men: Primeira Classe (BR)
Pôster de divulgação.
 Estados Unidos
 Reino Unido

2011 • cor • 131 min 
Direção Matthew Vaughn
Produção Gregory Goodman
Simon Kinberg
Lauren Shuler Donner
Bryan Singer
Roteiro Ashley Edward Miller
Zack Stentz
Jane Goldman
Matthew Vaughn
Sheldon Turner (história)
Bryan Singer (história)
Baseado em Stan Lee
Jack Kirby
Chris Claremont
Elenco James McAvoy
Michael Fassbender
Jennifer Lawrence
Rose Byrne
January Jones
Oliver Platt
Kevin Bacon
Gênero Ficção científica
Idioma Inglês
Música Henry Jackman
Cinematografia John Mathieson
Edição Eddie Hamilton
Lee Smith
Estúdio 20th Century Fox
Marvel Entertainment
Dune Entertainment
Bad Hat Harry Productions
Marv Films
Donners' Company
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 3 de junho de 2011
Brasil 3 de junho de 2011
Portugal 9 de junho de 2011
Orçamento US$ 160 milhões[1]
Receita US$ 353.624.124[1]
Cronologia
Último
Último
X-Men Origens: Wolverine
(2009)
The Wolverine
(2013)
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

X-Men: First Class (no Brasil, X-Men: Primeira Classe; em Portugal, X-Men: O Início) é um filme americano de ficção científica de 2011, baseado no grupo homónimo da Marvel Comics. Dirigido por Matthew Vaughn, o filme é estrelado por James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Kevin Bacon, January Jones, Rose Byrne, Zoë Kravitz, Nicholas Hoult e Lucas Till.

Considerado por boa parte do público e crítica mundial o melhor filme dos cinco da série, foi produzido por Bryan Singer e distribuído pela 20th Century Fox, tem seu enredo ambientado no início da década de 1960, durante a Crise dos mísseis de Cuba, um momento crítico da Guerra Fria em que o mundo vivia a eminência de uma guerra nuclear entre União Soviética e EUA. No roteiro está a origem de Eric Lensherr (Fassbender), o Magneto, e Charles Xavier (Mcavoy), o Professor X. O filme mostra a infância traumática durante a 2ª Guerra Mundial de Eric, à vida solitária e dedicada aos estudos de Xavier, cada detalhe é lembrado para mostrar o caminho de como dois amigos se tornam rivais.

X-Men: First Class estreou em 3 de junho de 2011.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em 1944, na Polônia o jovem Erik Lensherr entorta os portões de um campo de concentração com seus poderes magnéticos enquanto os Nazistas arrastam sua mãe para dentro. Mais tarde, Erik é trazido perante um oficial, Dr. Schmidt (Kevin Bacon), para demonstrar suas habilidades com uma moeda. Quando Lensherr não consegue, Shaw mata sua mãe. Em um ataque de fúria, o mutante solta seus poderes, matando dois guardas e destruindo a sala em que se encontram. No mesmo ano, em Westchester, Nova York, Charles Xavier descobre escondida na cozinha de sua casa a metamorfa Raven, que se torna sua amiga.

18 anos depois, em 1962, Lensherr (Michael Fassbender) busca Schmidt querendo vingança, enquanto Xavier (James McAvoy) se forma na Universidade de Oxford e se torna especialista em genética. Em Las Vegas, a espiã da CIA Moira McTaggert (Rose Byrne) se infiltra no Clube do Inferno atrás do Coronel Hendry , do exército estadunidense. Lá dentro vê Sebastian Shaw, Emma Frost (January Jones),Maré Selvagem e Azazel (Jason Flemyng), que desaparece com Hendry (que em seguida surge na Sala de Guerra da Casa Branca, onde os Estados Unidos decidem colocar mísseis nucleares na Turquia). Desacreditada pelos seus superiores, McTaggert vai atrás de Xavier para saber sobre mutações.

Quando Xavier apresenta suas teorias e as mutações dele e Raven (Jennifer Lawrence) na CIA, um agente misterioso (Oliver Platt) revela que a agência tem uma divisão especial pesquisando mutantes. Xavier rastreia Shaw (que mata Hendry demonstrando seu poder de absorver e expelir energia) em seu iate, e salva Lensherr, que fora atrás de Shaw para atacá-lo, de um afogamento. Xavier leva Lensherr para a Divisão X da CIA, que já possui o cientista com pés anormais Hank McCoy (Nicholas Hoult). Com o Cérebro, uma máquina construída por McCoy para que Xavier pudesse encontrar mutantes, Xavier e Lensherr recrutam a stripper alada Angel Salvadore (Zoe Kravitz); o taxista com poderes de adaptação Armando Muñoz (Edi Gathegi), que escolhe o codinome Darwin; o prisioneiro do Exército Alex Summers (Lucas Till), que pode expelir ondas energéticas e atende por Destrutor; e Sean Cassidy (Caleb Landry Jones), que possui grito supersônico e se batiza Banshee. Raven escolhe o nome Mística.

Enquanto Frost é capturada em Moscou por Lensherr e Xavier ao visitra um general soviético (Rade Sherbedgia), Azazel, Maré Selvagem (Álex González) e Shaw atacam a Divisão X, destruindo o prédio e poupando apenas os mutantes. Angel se une a Shaw enquanto Darwin morre em um último ataque. Em seguida, Shaw usa seus poderes para convencer os soviéticos a posicionarem suas armas em Cuba. O presidente John F. Kennedy reage dizendo que os mísseis que passarem por um bloqueio marítimo na fronteira marinha de Cuba levarão à retaliação.

Xavier leva os mutantes para sua mansão, onde todos passam por treinamento. McCoy faz uniformes e um jato supersônico, e também se injeta com um gene de Mística que deveria deixar seus pés normais, mas acaba por deixá-lo azul, com traços leoninos e coberto de pêlos. McCoy pilota o jato para o bloqueio, onde Shaw, usando um capacete que o isola de Xavier, tenta garantir a chegada dos mísseis para gerar a Terceira Guerra Mundial e ascender os mutantes ao poder. O cargueiro com os mísseis é destruído, mas Shaw começa a absorver a energia do reator nuclear de seu submarino para criar um ataque ele mesmo. Em um combate, o Jato-X e o submarino chegam à costa cubana. Lensherr infiltra o submarino, e após pegar o capacete de Shaw permite que Xavier o paralize com sua telepatia. Erick Lensherr aproveita-se que Shaw não pode se mover e o mata com a moeda dada a ele no campo de concentração.

Ao sair do submarino, as frotas atiram mísseis contra os mutantes. Lensherr as pára com seus poderes e começa a enviá-las de volta para destruir os navios, apesar dos protestos de Xavier. Em uma luta, Lensherr pára após defletir uma bala disparada por McTaggart que atinge a espinha de Xavier, deixando Xavier paraplégico. Com remorso, Lensherr foge com Mística, Azazel, Maré Selvagem e Angel. Xavier, agora em uma cadeira de rodas, decide abrir uma escola em sua mansão, e finge apagar as memórias de McTaggert, enquanto Lensherr, agora adotando o codinome Magneto, invade a CIA com sua Irmandade de Mutantes para libertar Frost.

Elenco e personagens[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
James McAvoy[2] Charles Xavier
Michael Fassbender[3] Erik Lehnsherr / Magneto
Jennifer Lawrence Raven / Mística
Rose Byrne Drª. Moira MacTaggert
Kevin Bacon Sebastian Shaw
January Jones Emma Frost
Nicholas Hoult[4] Dr. Hank McCoy / Fera
Oliver Platt Burt
Zoë Kravitz Angel Salvadore
Caleb Landry Jones Sean Cassidy / Banshee
Lucas Till Alex Summers / Destrutor
Edi Gathegi Armando Muñoz / Darwin
Jason Flemyng Azazel
Álex González Janos Questad / Maré Selvagem
Don Creech Agente Stryker
James Remar General dos Estados Unidos
Ray Wise Secretário de Estado
Michael Ironside Capitão (como M. Ironside)
Lawrence Belcher[5] Jovem Charles Xavier
Bill Milner[6] Jovem Erik Lehnsherr
Morgan Lily Jovem Raven Darkholme
Hugh Jackman Wolverine (Aparição Especial)
Rebecca Romijn Raven Darkhome Adulta (Não Creditada)
Rade Šerbedžija General Soviético (Não Creditado)
Glenn Morshower Coronel Hendry (Não Creditado)
Elizabeth Wright Ororo Monroe / Tempestade
Beth Goddard Sra. Xavier
Matt Craven Diretor McCone da CIA

Dois atores da trilogia X-Men repetem seus papéis em pontas não creditadas: Rebecca Romijn faz uma aparição rápida como uma Mística adulta, e Hugh Jackman surge como Wolverine, que não quer conversar com Xavier e Magneto.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme estreou no topo das bilheteria estadunidenses com US$55.1 milhões, uma abertura que só superou o faturamento do primeiro filme.[7] No mesmo fim de semana conseguiram mais US$61 milhões de mercados estrangeiros,[8] incluindo o Brasil, onde estreou com 594 mil espectadores e faturamento de R$ 6,3 milhões.[9] O filme fechou com um faturamento de US$146,408,305 nos EUA e US$206,208,385 mundialmente elevando sua bilheteria final a US$352,616,690.[10] Críticas foram positivas, considerando o filme um bom recomeço para a série, no site Rotten Tomatoes o filme teve uma aprovação de 87%.[11]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]