Homem-Aranha 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Spider-Man 2
Homem-Aranha 2 (PT/BR)
Pôster de divulgação.
 Estados Unidos
2004 • cor • 128 min 
Direção Sam Raimi
Produção Avi Arad
Laura Ziskin
Produção executiva Stan Lee
Kevin Feige
Roteiro Alvin Sargent
Baseado em Stan Lee
Steve Ditko
Elenco Tobey Maguire
Kirsten Dunst
James Franco
Alfred Molina
Rosemary Harris
Donna Murphy
Género ação
aventura
ficção científica
Idioma Inglês
Música Danny Elfman
Cinematografia Bill Pope
Edição Bob Murawski
Estúdio Columbia Pictures
Marvel Entertainment
Laura Ziskin Productions
Distribuição Columbia Pictures
Sony Pictures Entertainment
Lançamento Estados Unidos 26 de Junho de 2004
Brasil 31 de Julho de 2004
Portugal 05 de Julho de 2004
Orçamento US$ 200 milhões[1]
Receita US$ 783.766.341[1]
Cronologia
Último
Último
Homem-Aranha
Homem-Aranha 3
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Homem-Aranha 2 é um filme de ação estadunidense de 2004, dirigido por Sam Raimi e escrito por Alvin Sargent a partir de uma história de Alfred Gough, Miles Millar e Michael Chabon. É a sequência de Homem-Aranha, que foi lançado em 2002, e o segundo e penúltimo filme da trilogia do Homem-Aranha dirigida por Raimi, baseado no personagem fictício da Marvel Comics de mesmo nome. O elenco principal: Tobey Maguire, Kirsten Dunst e James Franco reprisam seus papéis como Peter Parker, Mary Jane Watson e Harry Osborn, respectivamente.

Logo depois de dois anos, após os eventos que aconteceram em Homem-Aranha, o filme concentra-se em torno de Peter Parker, um jovem que luta para gerenciar tanto a sua vida pessoal e seus deveres como o super herói, Homem-Aranha. Dr. Otto Gunther Octavius ​(Alfred Molina), que toma um rumo diabólico depois de uma experiência fracassada e a morte de sua esposa. Usando seus tentáculos robóticos, Otávio que é apelidado de "Doutor Octopus", ameaça colocar em risco a vida dos moradores da cidade de Nova York. Homem-Aranha deve impedi-lo de aniquilar a cidade.

Homem-Aranha 2 foi lançado em convencionais e IMAX cinemas em 30 de junho de 2004, recebendo grandes elogios dos críticos e continua a ser destaque com frequência em listas dos melhores filmes de super-heróis de todos os tempos. O longa-metragem arrecadou mais de 783 milhões de dólares em todo o mundo e ganhou o Oscar de melhores efeitos visuais. Ele também recebeu cinco prêmios na cerimônia Saturn Awards, incluindo melhor filme e melhor diretor para Raimi. O sucesso do filme levou ao lançamento de Homem-Aranha 3, em 2007.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A história começa após o final do primeiro filme. Peter Parker encontra dificuldades para seguir com sua vida dupla. Ele perde o emprego de entregador de pizzas, tem dificuldades financeiras, falta em muitas aulas e trabalhos do seu curso de Física na Universidade de Columbia, não arranja tempo para sair com sua amada Mary Jane e seu amigo Harry Osborn, além de que sua tia May está prestes a perder a casa dela.

Harry, agora chefe da divisão de pesquisas da Oscorp, investiu na pesquisa de Otto Octavius, um ídolo de Peter. Para manter um experimento de fusão estável, ele desenvolveu quatro braços mecânicos artificialmente inteligentes controlados por ele e fixados em seu corpo. Para impossibilitar qualquer dos braços de assumirem vontade própria, um chip inibidor foi adicionado à aparelhagem. O experimento, contudo, fracassa: a fusão desestabiliza-se, e devido ao forte campo magnético criado, objetos começam a ser fortemente atraídos e o laboratório é pouco a pouco destruído. Peter Parker, que assistia à experiência, põe sua fantasia e tenta salvar as pessoas, mas é impedido pelo próprio cientista, que ainda acha que a fusão vai se estabilizar. Como resultado disso tudo, a fusão cessa, a mulher de Otto morre, o chip inibidor é destruído, o cientista desmaia, e Harry considera-se falido. Num hospital, cirurgiões tentam remover os braços de Otto, mas estes ganham vontade própria, matam os doutores e ajudam o físico a escapar. Ele é influenciado pelos braços a continuar o experimento e se esconde em um galpão abandonado às margens do Rio Hudson. J. Jonah Jameson o nomeia Doctor Octopus ou "Doc Ock". O vilão tenta roubar um banco para obter fundos para seu experimento, mas Peter Parker e sua tia se encontravam lá. Após um combate entre os dois, no qual a própria May foi feita refém, Otto foge com algumas sacas de dinheiro.

Numa festa, Peter descobre que Mary Jane vai se casar com John Jameson, filho de J. Jonah Jameson. Na mesma festa, Harry, sob efeito de álcool, bate em Peter por conta de sua lealdade ao Homem Aranha, considerado por Harry como o culpado pela morte do pai. Logo após a festa, Peter perde seus poderes ao balançar sobre Nova Iorque e fica incapaz de tecer teias. Como não consegue mais manter uma vida dupla, ele desiste de ser super-herói e abandona suas roupas numa lixeira. Enquanto isso, Doutor Octopus reconstrói seu reator.

Após visitarem o túmulo de Tio Ben, Peter e May conversam e Peter a revela como ele foi parcialmente responsável pela morte de Ben. A princípio, May fica sem palavras, mas eles se reconciliam mais tarde. Ele ainda tenta conquistar Mary Jane, mas ela lhe diz que está decidida a se casar e que já é tarde. Enquanto isso, Doc Ock completa a construção do seu reator, e parte em busca do último item: o trítio. No apartamento de Harry, ele tenta o persuadir para conseguir o isótopo, e os dois fazem um trato: Doc Ock captura e entrega o Homem Aranha para Harry, e este o dá o máximo de trítio possível. Para chegar ao Homem Aranha, Harry o aconselha a procurar por Peter, que sempre consegue boas fotografias do super-herói.

Mary Jane e Peter se encontram em um café e Peter nega seu amor por Mary, que lhe pede um beijo. Logo antes do beijo acontecer, porém, Peter tem seu sentido aranha reativado e percebe um carro arremessado por Doc Ock prester a cair sobre os dois. Contudo, Doc Ock sequestra Mary Jane e a leva como garantia de que Peter lhe conseguirá o Homem Aranha. Peter percebe que ganhou todos os seus poderes de volta, recupera sua fantasia (guardada no prédio do Clarim Diário depois que foi encontrada) e sai atrás do vilão. Os dois começam uma batalha que segue em cima de um trem elevado. Durante a luta, Doc Ock acelera o trem até a sua velocidade máxima e destrói os freios, deixando para o herói a missão de parar o veículo antes que este ultrapasse uma barreira no fim dos trilhos. Após muito esforço, Homem Aranha para o trem, mas desmaia de cansaço. Os passageiros do trem o veem sem a máscara, mas prometem guardar segredo. Em seguida, Otto surge e captura o agora fraco super-herói para entregá-lo a Harry.

Harry entrega o trítio e desmascara Homem Aranha, surpreendendo-se com a identidade secreta dele. Peter recupera as forças e convence Harry a dizer onde está Doc Ock. O herói chega ao galpão, onde o cientista já consegue recomeçar seu experimento, e começa outra batalha com ele. Com um choque elétrico, ele consegue derrubar o vilão, revela sua identidade para ele e o convence a parar o experimento. Otto volta à sua sanidade, assume controle dos braços e destrói seu reator, afundando-o no rio ao custo de sua vida. Peter resgata Mary Jane antes do galpão ser destruído, mas este lhe diz que eles não podem ficar juntos, pois ele sempre terá inimigos

Em sua casa, Harry tem visões de seu pai em um espelho, que o pede para matar Peter Parker e assim vingar sua morte. O espelho se abre e revela uma passagem secreta para um compartimento com todos os equipamentos do Duende Verde. No final do filme, Mary Jane abandona seu noivo no altar e visita Peter em seu apartamento, dizendo que está disposta a ficar com ele apesar dos riscos. Os dois então escutam um pedido de ajuda no rádio da polícia e Peter parte atrás dos criminosos.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Papel Dublador no Brasil
Tobey Maguire Homem-Aranha / Peter Parker Manolo Rey
Alfred Molina Dr. Octopus / Otto Octavius Roberto Macedo
James Franco Harry Osborn Clécio Souto
Kirsten Dunst Mary Jane Watson Sylvia Salustti
Rosemary Harris Tia May Selma Lopes
J.K. Simmons J.J. Jameson José Santa Cruz
Willem Dafoe Duende Verde / Norman Osborn Jorge Lucas
Elizabeth Banks Betty Brant Teresa Cristina
Ted Raimi Hoffman Alexandre Moreno (dublador)
Daniel Gilles John Jameson Bruno Miguel
Dylan Baker Dr. Curt Connors Eduardo Borgerth
Donna Murphy Rosalie Octavius Geisa Vidal

Estúdio: Delart, RJ

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 2005 (EUA)

1 vitória de 3 indicações

  • Óscar para Efeitos Especiais

Indicações:

  • Melhor Som.
  • Melhor Edição de Som.

BAFTA 2005 (BAFTA Film Award) (Reino Unido)

  • Indicado nas categorias de Melhores Efeitos Especiais e Melhor Som.

MTV Movie Awards 2005 (EUA)

  • Indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Cena de Ação e Melhor Vilão (Alfred Molina).

Prêmio Saturno 2005 (Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films) (EUA)

5 vitórias de 6 indicações

Venceu na categorias de:

  • Melhor Ator (Tobey Maguire).
  • Melhor Diretor (Sam Raimi).
  • Melhor Filme de Ficção Científica.
  • Melhores Efeitos Especiais.
  • Melhor Roteiro.

Indicações:

  • Melhor Trilha Sonora.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Spider-Man 2 (2004) Box Office Mojo. Visitado em 18-06-2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]