The Hunger Games (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Hunger Games
The Hunger Games: Os Jogos da Fome (PT)
Jogos Vorazes (BR)
 Estados Unidos
2012 • cor • 145 min 
Direção Gary Ross
Produção Nina Jacobson
Jon Kilik
Roteiro Gary Ross
Suzanne Collins
Billy Ray
Baseado em The Hunger Games
de Suzanne Collins
Elenco Jennifer Lawrence
Josh Hutcherson
Liam Hemsworth
Woody Harrelson
Elizabeth Banks
Lenny Kravitz
Stanley Tucci
Donald Sutherland
Gênero
Música James Newton Howard
Cinematografia Tom Stern
Edição Stephen Mirrione
Juliette Welfing
Estúdio Color Force
Distribuição Lionsgate
Lançamento 23 de março de 2012
Idioma Inglês
Orçamento US$ 78 milhões[1]
Receita US$ 691.247.768[2]
Cronologia
Último
Último
The Hunger Games: Catching Fire
(2013)
Próximo
Próximo

The Hunger Games é um filme estadunidense de 2012 dos gêneros ficção científica e aventura dirigido por Gary Ross e baseado no romance de mesmo nome escrito por Suzanne Collins. A película é o primeiro fascículo da série de filmes e foi produzido por Nina Jacobson e Jon Kilik, com um roteiro de Ross, Collins e Billy Ray. O elenco é formado por Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Lenny Kravitz, Stanley Tucci e Donald Sutherland.[3] A história é estabelecida em um período distópico pós-apocalíptico na nação de Panem, onde garotos e garotas de 12 a 18 anos devem participar dos Hunger Games, um evento anual televisionado na qual os "tributos" precisam lutar até a morte até que sobre apenas um, que é coroado vencedor. Katniss Everdeen (Lawrence) se voluntaria para tomar o lugar de sua irmã mais nova nos jogos. Ao lado de seu parceiro masculino do seu distrito, Peeta Mellark (Hutcherson), Katniss viaja à Capital para treinar para o evento com a ajuda de Haymitch Abernathy (Harrelson), que já venceu o Hunger Games uma vez.

O desenvolvimento de The Hunger Games iniciou-se em março de 2009, quando a Lions Gate Entertainment entrou em um contrato de co-produção com a Color Force, que tinha adquirido os direitos do livro poucas semanas antes. Collins colaborou com Ray e Ross para escrever o roteiro. O script final expandiu a personagem Seneca Crane para permitir várias outras desenvolturas a serem mostradas ao público e Ross adicionou diversas cenas entre Crane e Coriolanus Snow. Os testes para os protagonistas foram feitos entre março e maio de 2011. A filmagem começou no mesmo mês e terminou em setembro, e foi realizada na Carolina do Norte. A produção foi feita em formato analógico, e não em digital — opondo-se a um padrão já quase estabelecido no século XXI.

O filme foi lançado na França em 21 de março de 2012[4] e dois dias depois nos Estados Unidos,[5] em ambos os cinemas convencionais e IMAX.[6] O Japão o recebeu por último, em 28 de setembro. Quando a película foi lançada, conseguiu o recorde de maior bilheteria no dia (US$ 67.3 milhões) e na semana de estreia para uma produção que não seja uma sequência.[7] Em seu lançamento, o lucro de sua primeira semana (US$ 152.5 milhões) foi o terceiro maior de todos os tipos de filmes na América do Norte.[8] Tornou-se o primeiro produto desde Avatar a ficar no topo nas bilheterias norte-americanas por quatro semanas consecutivas.[9] The Hunger Games conseguiu um sucesso massivo, obtendo US$ 691 milhões em todo o mundo contra US$ 78 milhões de orçamento, tornando o terceiro filme de maior bilheteria nos Estados Unidos e o nono contabilizando todo o globo em 2012.[2] Foi distribuído em DVD e blu-ray em 18 de agosto de 2012.[10] Com 7.434.058 de cópias vendidas, o DVD tornou-se o mais comprado de 2012.[11]

A adaptação cinematográfica do texto de Collins foi bem-recebida pela crítica, que apreciou seus temas e mensagens, além da atuação de Jennifer Lawrence como Katniss. Como o romance, o filme atraiu desaprovações por suas similaridades com outras obras, como a japonesa Battle Royale e sua adaptação, e a história "The Lottery", de Shirley Jackson. Tanto o livro quanto o filme extraíram aspectos de fontes de inspiração, como o mito de Theseus, as batalhas romanas de gladiadores, reality shows e a dessensibilização dos espectadores quanto a cobertura da mídia sobre as tragédias e guerras, para as pessoas não pensarem que são apenas um membro do público, "porque são pessoas de verdade na tela, e eles não vão embora quando entram no ar os comerciais".[12] A canção "Safe & Sound" recebeu um Grammy Award e foi nomeada para um Globo de Ouro na categoria de melhor canção original. Por sua performance, Lawrence ganhou um Prêmio Saturno de melhor atriz, o Critics' Choice Movie Award de melhor atriz em um filme de ação, o Empire Award de melhor atriz e foi indicada ao New York Film Critics Circle Awards na mesma categoria. Uma sequência, The Hunger Games: Catching Fire, foi lançada em 22 de novembro de 2013 nos Estados Unidos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Jennifer Lawrence interpreta Katniss Everdeen, e pintou seu cabelo de castanho-escuro para o papel.[13]

Produção[editar | editar código-fonte]

Em março de 2009, a Lions Gate Entertainment entrou em um acordo de co-produção para The Hunger Games com a Color Force, empresa de produção pertencente à Nina Jacobson, que tinha adquirido direitos globais de distribuição cinematográfica do livro semanas antes,[25] [26] por US$ 200 mil, de acordo com o The Daily Beast.[27] Alli Shearmur e Jim Miller, Presidente e Vice-Presidente Sênior de Produção de Filmes na Lionsgate, ficaram responsáveis pela supervisão da produção da película, a qual descreveram como "uma incrível propriedade... uma emoção de dar [ao filme] uma casa [como a] Lionsgate".[28] O estúdio, que não lucrava já faziam cinco anos, roubou orçamento de outras produções e vendeu bens para garantir US$ 80 milhões — uma das maiores taxas de desenvolvimento da empresa.[29] [27] [30] O agente de Collins, Jason Dravis, comentou que "[a Lionsgate] tinha todos, mas 'o manobrista' fomos nós" para a segurar a franquia.[30] Subsequentemente, o estúdio norte-americano recebeu incentivos fiscais de US$ 8 milhões para gravar o filme na Califórnia do Norte.[30] No fim, os custos ficaram na casa dos US$ 78 milhões.[31]

A própria Collins adaptou o texto para um roteiro,[25] em colaboração com o roteirista Billy Ray e o diretor Gary Ross.[32] [33] A versão cinematográfica é extremamente fiel ao original;[34] Ross inclusive comentou que para ele, "a única maneira de tornâ-lo bem sucedido era ser completamente subjetivo", ecoando a apresentação da narrativa em primeira-pessoa do presente.[35] Ao invés do monólogo interno de Katniss sobre as maquinações da Capital, na película o personagem Seneca Crane, o idealizador-chefe[nota 1] dos Hunger Games, para permitir que diversos pontos se desenvolvessem e fossem mostrados diretamente ao público. O diretor explicou: "No livro, a Katniss especula sobre as maquinações da Capital... no filme, não podemos entrar na cabeça dela, mas temos a habilidade de cortar e mostrar como são feitas através das cenas. Eu criei o Centro dos Hunger Games e expandi o personagem Seneca justamente por isso. Eu achei que era de extrema importância".[35] Ele também adicionou diversas cenas entre o idealizador-chefe e Coriolanus Snow, o idoso presidente de Panem, notando que "seria interessante que houvesse uma geração [de cidadãos de Panem] que soubessem que [os Games] eram na verdade um instrumento de controle político, e que haveria uma geração sucessora que estaria tão apaixonada com a audiência e o showbiz, as sensações e o espetáculo, que estariam deixando de lado a verdadeira intenção política, e é aí que a tensão está".[37]

O Centro de Controle dos Idealizadores dos Jogos,[nota 2] sobre o qual Katniss pode apenas especular na narrativa da obra impressa, também foi desenvolvida como um lugar, "ajudando a lembrar o público da artificialidade da arena", ainda segundo Gary. Ele também disse que "muito [da obra cinematográfica] se passa por dentre as árvores, e é fácil se esquecer que isso é uma sociedade futurística que manipula estes eventos para os espectadores. A aparência do Centro, sua antisséptica sensação e o uso de hologramas tiveram o objetivo de fazer a arena parecer 'construída' mesmo quando não se está vendo o Centro".[35] O cineasta e a supervisora de efeitos visuais Sheena Duggal estavam dispostos a usar a visão onisciente que a construção fornecia para explicar as liteiras experiências dei ex machina vividas por Katniss na arena. Duggal explicou: "Nós realmente não queríamos explicar nada... Como você ficaria compelido se aqueles [animais] que só aparecessem no fim do filme? Queríamos introduzi-los sem ter que explicar exatamente e especificamente o que eles eram, e o Centro foi uma ótima oportunidade para nos dar esta possibilidade".[38]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Josh Hutcherson interpreta Peeta Mellark no filme.

A Lionsgate confirmou em março de 2011 que aproximadamente 30 atrizes fizeram audição ou leram o papel de Katniss Everdeen, incluindo Hailee Steinfeld, Abigail Breslin, Emma Roberts, Saoirse Ronan, Chloë Grace Moretz, Jodelle Ferland, Lyndsy Fonseca, Emily Browning, Shailene Woodley e Kaya Scodelario.[1] [39] Em 16 de março de 2011, foi anunciado que Jennifer Lawrence havia conquistado o cobiçado papel.[40] Ross disse que Lawrence tinha "uma quantidade incrível de auto-confiança; você sentia que essa garota sabia exatamente quem é. Então que ela fez o teste e me nocauteou; nunca vi uma audição como aquela antes na minha vida. Foi como se eu tivesse acabado de vislumbrar o filme inteiro na minha frente".[38]

Embora Jennifer tivesse 20 anos na época da filmagem, quatro anos a mais que a personagem,[41] Collins disse que o papel precisava de "uma certa maturidade e poder" e que preferia que a atriz fosse mais velha que jovem.[42] Ela adicionou que a escolhida foi a única "que verdadeiramente captou o personagem que escrevi no livro" e que tinha "cada característica essencial e necessária para interpretar Katniss".[43] A intérprete, fã da trilogia, demorou três dias para aceitar a proposta, inicialmente intimidada com o tamanho da produção.[1] [44]

Candidatos ao personagem Peeta — além do escolhido Hutcherson — incluíram Alexander Ludwig, este mais tarde designado para o personagem Cato, Hunter Parrish, Lucas Till e Evan Peters.[45] Outros atores também foram considerados para Gale, como David Henrie, Drew Roy e Robbie Amell.[45] Em abril de 2011, John C. Reilly estava conversando com a Lionsgate para Haymitch Abernathy.[46] No mês seguinte a empresa anunciou que o intérprete seria o nomeado ao Oscar Woody Harrelson.[16] A escolha de Lenny Kravitz como Cinna, Stanley Tucci como Caesar Flickerman e Toby Jones como Claudius Templesmith ocorreu logo em seguida. O vencedor de múltiplos Globos de Ouro Donald Sutherland foi contratado para desempenhar o Presidente Coriolanus Snow no fim de maio de 2011.[47]

Filmagem[editar | editar código-fonte]

Gary Ross foi escolhido como diretor em novembro de 2010.[48] A Fireman's Fund Insurance Company tomou conta da produção. Como parte do processo de contrato, a empresa insistiu em uma análise de risco completa dos perigos mais diversos, como flechas retrógradas, plantas venenosas — com destaque à Toxicodendron radicans, conhecida como "hera venenosa" em referência à personagem dos quadrinhos do Batman[nota 3] — ursos e insetos. Além disso, a Fireman's pediu um diagnóstico para as cenas de perseguição em corredeiras.[49]

Lawrence pintou seu cabelo naturalmente loiro de castanho para o papel de Katniss.[50] Ela também se submeteu à um extensivo treinamento para ficar em forma para o filme; ela obteve aulas de arquearia, escalamento de rochas e árvores, luta, corrida, parkour e ioga.[51] A atriz chegou a sofrer um acidente no último dia do seu treinamento de seis semanas, quando ela se chocou contra uma parede enquanto corria à velocidade máxima, mas não foi seriamente ferida. Entre os outros que pintaram seus cabelos para o projeto, estão incluídos Josh Hutcherson e Liam Hemsworth, para desempenharem Peeta e Gale, respectivamente.[1] A Lionsgate contratou o arqueiro — e medalhista de bronze olímpico — Khatuna Lorig para ensinar a Jennifer como atirar.[49]

Com um orçamento inicial de US$ 75 milhões,[52] a filmagem começou próximo à Brevard, no Condado de Transylvania, ocidente da Carolina do Norte em maio de 2011[53] e foi concluída em 15 de setembro de 2011, com um orçamento final estimado entre US$ 90 e 100 milhões, acabando por ser reduzido para US$ 78 milhões após subsídios.[1] Steven Soderbergh serviu como diretor de segunda unidade,[54] e filmou grande parte da cena do tumulto no Distrito 11.[55] O produto foi filmado em película cinematográfica, em oposição ao formato digital — quase já padrão no século XXI — devido (em parte) ao aperto do calendário de produção; Ross, em entrevista para o The New York Times, afirmou: "Eu não queria correr o risco de problemas técnicos que muitas vezes vêm com a prática de filmar digitalmente — nós simplesmente não podíamos proporcionar qualquer atraso".[56]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora, produzida pelo músico T-Bone Burnett, contém canções inspiradas pelo filme, mas apenas três delas são tocadas nele, durante os créditos finais.[57] O primeiro single foi "Safe & Sound", uma canção de Taylor Swift com participação de The Civil Wars.[58] Também possui faixas de Arcade Fire, Miranda Lambert, Maroon 5, entre outros.

Grammy Awards 2013[editar | editar código-fonte]

A música "Safe & Sound", interpretada por Taylor Swift e The Civil Wars, recebeu o prêmio de "Song Writter for Visual Media" na 55ª edição do Grammy Awards, maior premiação musical do planeta, no dia 10 de fevereiro de 2013.[57] [57] . A canção "Abraham's Daughter", performada por Arcade Fire, também estava concorrendo ao prêmio.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme foi recebido críticas geralmente positivas. O Rotten Tomatoes calculou uma média de 84% de aprovação entre os críticos especializados, considerando 214 resenhas recolhidas.[59]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Em sua primeira semana, o longa conseguiu arrecadar 155 milhões de dólares, ficando com a terceira melhor estreia cinematográfica dos Estados Unidos, atrás de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 e Batman: O Cavaleiro das Trevas. Jogos Vorazes ultrapassou a marca de 600 milhões de dólares no mundo inteiro. No Brasil, estreou com um público de 481 mil pessoas em seu primeiro fim de semana e, ao todo, atraiu 1,9 milhão de espectadores.[60]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

People's Choice Awards[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Situação
2013 Filme Favorito Jogos Vorazes Venceu
Filme de Ação Favorito
Franquia Favorita
Atriz de Filme Favorita Jennifer Lawrence
Cara do Heroísmo
Quimica Favorita Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson
Fãs Favoritos Tributes Indicado

MTV Movie Awards[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Situação
2012 Performance Masculina Josh Hutcherson Venceu
Performance Feminina Jennifer Lawrence
Melhor Transformação no Cinema Elizabeth Banks
Melhor Luta Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson vs. Alexander Ludwig
Performance Revelação Liam Hemsworth Indicado
Melhor Beijo Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson
Melhor Elenco Jogos Vorazes
Filme do Ano

Teen Choice Awards[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Situação
2012 Melhor Filme de Ficção Cientifica Jogos Vorazes Venceu
Melhor Ator de Ficção Cientifica Josh Hutcherson
Melhor Atriz de Ficção Cientifica Jennifer Lawrence
Melhor Quimica Jennifer Lawrence e Amandla Stenberg
Melhor Beijo Jennifer Lawrence e Josh Hutcherson
Melhor Ator Rouba-Cena Liam Hemsworth
Melhor Vilão Alexander Ludwig
Melhor Atriz Rouba-Cena Elizabeth Banks Indicado
Homem Mais Quente Liam Hemsworth

Do Something Awards[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Situação
2012 Estrela Masculina de Cinema Josh Hutcherson Venceu
Liam Hemsworth Indicado
Melhor Filme Jogos Vorazes Indicado

Alive Awards[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Situação
2012 Artista Revelação Jennifer Lawrence Venceu
Liam Hemsworth Indicado
Josh Hutcherson Indicado

Nickelodeon Kids' Choice Awards[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicação Situação
2013 Filme Favorito Jogos Vorazes Venceu
Melhor Livro Jogos Vorazes Venceu
Atriz Favorita de Filme Jennifer Lawrence Indicado
Buttkicker Feminina Favorita Indicado

Notas

  1. "Idealizador-chefe" e "Idealizador dos Jogos" foram os termos aplicados na edição brasileira de The Hunger Games, lançada pela Editora Rocco e traduzida por Alexandre D'Elia, para equivaler-se à "Head Gamemaker" e "Gamemaker".[36]
  2. Ver nota 1.
  3. A planta é conhecida nos Estados Unidos como poison ivy, nome original da personagem.

Referências

  1. a b c d e 9 Untold Secrets of the High Stakes 'Hunger Games' (em inglês) The Hollywood Reporter (1º de fevereiro de 2012). Visitado em 27 de novembro de 2014.
  2. a b The Hunger Games (2012) (em inglês) Box Office Mojo IMDb. Visitado em 29 de maio de 2014.
  3. Mike Fleming (24 de maio de 2011). Toby Jones In 'The Hunger Games' (em inglês) Deadline.com. Visitado em 29 de maio de 2014.
  4. Hunger Games – released (em inglês) AlloCiné.fr. Visitado em 29 de maio de 2014.
  5. Karen Valby (25 de janeiro de 2011). 'The Hunger Games' gets a release date (em inglês) Entertainment Weekly. Visitado em 29 de maio de 2014.
  6. Matt Goldberg (2 de fevereiro de 2012). The Hunger Games Will Get a One-Week IMAX Run (em inglês) Collider. Visitado em 29 de maio de 2014.
  7. Biggest Single Days for Non-Sequels (em inglês) OpusData. Visitado em 29 de maio de 2014. Cópia arquivada em 26 de março de 2012.
  8. Biggest Opening Weekends at the Box Office (em inglês) Box Office Mojo IMDb. Visitado em 29 de maio de 2014.
  9. Weekend Report: Four-in-a-Row for 'The Hunger Games' (em inglês) Boxx Office Mojo IMDb (15 de abril de 2012). Visitado em 29 de maio de 2014.
  10. Lionsgate Shop – The Hunger Games (em inglês) Lionsgate Shop. Visitado em 29 de maio de 2014.
  11. Top Selling DVDs of 2012 (em inglês) The Numbers. Visitado em 29 de maio de 2014.
  12. A Killer Story: An Interview with Suzanne Collins, Author of 'The Hunger Games' (em inglês) School Library Journal (1º de setembro de 2008). Visitado em 29 de maio de 2014.
  13. Alexander, Bryan. "'Hunger Games' fans split hairs over blond star Lawrence", March 26, 2012. Página visitada em April 27, 2012.
  14. Joshua L. Weinstein. "Jennifer Lawrence Gets Lead Role in 'The Hunger GamesPredefinição:'-", The Wrap, March 16, 2011. Página visitada em March 17, 2011.
  15. a b Sperling, Nicole. "Predefinição:-'The Hunger Games': Josh Hutcherson and Liam Hemsworth complete the love triangle", Los Angeles Times, April 4, 2011. Página visitada em April 6, 2011.
  16. a b "Woody Harrelson Cast as Haymitch in 'Hunger GamesPredefinição:'-", May 10, 2011. Página visitada em May 11, 2011.
  17. Donnelly, Matt. "Elizabeth Banks lands 'Hunger Games' role: Effie Trinket", Los Angeles Times, April 28, 2011. Página visitada em May 10, 2011.
  18. Valby, Karen. "Lenny Kravitz will play Cinna in 'Hunger GamesPredefinição:'-", Entertainment Weekly, May 24, 2011. Página visitada em May 24, 2011.
  19. Franich, Darren. "Predefinição:-'Hunger Games': Donald Sutherland cast as President Snow", Entertainment Weekly, May 31, 2011. Página visitada em June 13, 2011.
  20. Saad, Nardine. "Stanley Tucci cast in The Hunger Games", Los Angeles Times, May 9, 2011. Página visitada em May 10, 2011.
  21. Ng, Philiana. "Wes Bently Lands Role of Seneca Crane in 'Hunger GamesPredefinição:'-", The Hollywood Reporter, May 5, 2011. Página visitada em May 8, 2011.
  22. a b Schaefer, Sandy. "Predefinição:-'The Hunger Games' Casts Its Cato & Clove", Screen Rant, May 11, 2011. Página visitada em May 11, 2011.
  23. Ward, Kate. "Predefinição:-'Hunger Games' casts Thresh and Rue", Entertainment Weekly, April 18, 2011. Página visitada em April 18, 2011.
  24. a b Valby, Karen (19 April 2011). 'Hunger Games' casts its Glimmer and Marvel Entertainment Weekly. Visitado em 24 April 2011.
  25. a b Jay A. Fernandez e Borys Kit (17 de março de 2009). Lionsgate picks up 'Hunger Games' (em inglês) The Hollywood Reporter. Visitado em 26 de novembro de 2014.
  26. John A. Sellers (12 de março de 2009). Hungry? The Latest on 'The Hunger Games' (em inglês) Publishers Weekly. Visitado em 26 de novembro de 2011.
  27. a b Lions Gate Has a Hit with 'Hunger Games.' Can It Turn a Profit? (em inglês) The Daily Beast (2 de abril de 2012). Visitado em 26 de novembro de 2014.
  28. Lionsgate Feasts on The Hunger Games (em inglês) ComingSoon.net (18 de março de 2009). Visitado em 26 de novembro de 2014.
  29. Box Office History for Lionsgate Movies (em inglês).
  30. a b c How Lions Gate won 'Hunger Games' (em inglês) Reuters (23 de março de 2012). Visitado em 26 de novembro de 2014.
  31. The Hunger Games sequel faces possible delays as director demands higher fee (em inglês) Daily Mail (6 de abril de 2012). Visitado em 26 de novembro de 2014.
  32. Karen Springen (5 de agosto de 2010). Marketing 'Mockingjay' (em inglês) Publishers Weekly. Visitado em 6 de abril de 2011.
  33. Hunger Games director Gary Ross bows out of sequel Los Angeles Times (12 de abril de 2012). Visitado em 26 de novembro de 2014.
  34. The Hunger Games Gary Ross (em inglês) Writers Guild of America (23 de março de 2012). Visitado em 26 de novembro de 2014.
  35. a b c Mekado Murphy (30 de março de 2012). Gary Ross answers reader questions about 'The Hunger Games' (em inglês) The New York Times. Visitado em 26 de novembro de 2014.
  36. Collins, Suzanne. Jogos Vorazes. [S.l.]: Editora Rocco, 2010. 400 p. ISBN 9788579800245
  37. Gary Ross: The Hunger Games KCRW (21 de março de 2012). Visitado em 26 de novembro de 2014.
  38. a b "The Hunger Games" (Podcast). fxguide. Visitado em 26 de novembro de 2014.
  39. Keith Staskiewicz (3 de março de 2011). 'Hunger Games': Jennifer Lawrence, Saoirse Ronan, Chloe Moretz, Emma Roberts, and more up for Katniss (em inglês) Entertainment Weekly. Visitado em 27 de novembro de 2014.
  40. Joshua L. Weinstein (16 de março de 2011). Jennifer Lawrence Gets Lead Role in 'The Hunger Games' (em inglês) The Wrap. Visitado em 27 de novembro de 2014.
  41. Keith Staskiewicz (17 de março de 2011). 'Hunger Games': Is Jennifer Lawrence the Katniss of your dreams? (em inglês) Entertainment Weekly. Visitado em 27 de novembro de 2014.
  42. Karen Valby (17 de março de 2011). 'Hunger Games' director Gary Ross talks about 'the easiest casting decision of my life' (em inglês) Entertainment Weekly. Visitado em 27 de novembro de 2014.
  43. Darren Franich (21 de março de 2011). 'Hunger Games': Suzanne Collins talks Jennifer Lawrence as Katniss (em inglês) Entertainment Weekly. Visitado em 27 de novembro de 2014.
  44. Steven Galloway (1º de fevereiro de 2012). Jennifer Lawrence: A Brand-New Superstar (em inglês) The Hollywood Reporter. Visitado em 27 de novembro de 2011.
  45. a b Borys Kit (25 de março de 2011). Lionsgate Testing Actors to Star in 'Hunger Games' Opposite Jennifer Lawrence (em inglês) The Hollywood Reporter. Visitado em 27 de novembro de 2014.
  46. Claude Brodesser-Akner (22 de abril de 2011). John C. Reilly Being Offered Role of Haymitch in The Hunger Games (em inglês) New York. Visitado em 27 de novembro de 2014.
  47. The Hunger Games casts Donald Sutherland as President Snow (em inglês) Screenrant (31 de maio de 2012). Visitado em 27 de novembro de 2014.
  48. Karen Valby (6 de janeiro de 2011). 'Hunger Games' exclusive: Why Gary Ross got the coveted job, and who suggested Megan Fox for the lead role (em inglês) Entertainment Weekly. Visitado em 28 de novembro de 2014.
  49. a b Janet Morrissey (24 de março de 2012). Insuring Hollywood Against Falls (but Not Flops) (em inglês) The New York Times. Visitado em 9 de janeiro de 2015.
  50. Tom Ayres (23 de maio de 2011). Jennifer Lawrence 'unaware of Hunger Games hate' (em inglês) Digital Spy. Visitado em 9 de janeiro de 2015.
  51. Jennifer Still (26 de maio de 2011). Jennifer Lawrence: 'Hunger Games training fun' (em inglês) Digital Spy. Visitado em 9 de janeiro de 2015.
  52. Michelle Kung (25 de abril de 2011). Movie Studios Smell Out Teen Spirits (em inglês) The Wall Street Journal Dow Jones & Company. Visitado em 9 de janeiro de 2014.
  53. Germain Lussier (27 de maio de 2011). More 'Hunger Games' Casting: Lavinia the Avox, Venia and Flavius Played By Relative Unknowns (em inglês) /Film. Visitado em 10 de janeiro de 2015.
  54. Adam Chitwood (4 de agosto de 2011). Steven Soderbergh is Directing Second Unit on The Hunger Games (em inglês) Collider. Visitado em 10 de janeiro de 2015.
  55. Kevin P. Sullivan (14 de março de 2012). 'Hunger Games' Director Gary Ross 'Sorry' About Cuts: 'There was no room for Avox subplot in the storytelling, unfortunately,' director tells MTV News (em inglês) MTV. Visitado em 10 de janeiro de 2015.
  56. Gary Ross Answers Reader Questions About 'The Hunger Games' (em inglês) The New York Times (30 de março de 2012). Visitado em 10 de janeiro de 2015.
  57. a b c Smith, Ethan (21 de março de 2012). 'Hunger Games' Steps in to Save the Soundtrack The Wall Street Journal. Visitado em 21 de março de 2012.
  58. Marc Hogan (23 de dezembro de 2011). Listen to Taylor Swift's 'Hunger Games' Ballad Spin. Visitado em 23 de dezembro de 2011.
  59. The Hunger Games (2012) Rotten Tomatoes. Visitado em 25 de março de 2012.
  60. Informações sobre Jogos Vorazes no AdoroCinema. Página visitada em 15-6-2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]