Crepúsculo (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Twilight.png
Crepúsculo (PT/BR)
Pôster oficial do filme
 Estados Unidos
2008 • cor • 122 min 
Direção Catherine Hardwicke
Produção Mark Morgan
Greg Mooradian
Roteiro Melissa Rosenberg, baseada no romance de Stephenie Meyer
Narração Isabella Swan (Kristen Stewart)
Elenco Kristen Stewart
Robert Pattinson
Taylor Lautner
Género romance
fantasia
Idioma inglês
Música Carter Burwell
Cinematografia Elliot Davis
Edição Nancy Richardson
Estúdio Summit Entertainment
Distribuição Estados Unidos Summit Entertainment
Brasil Paris Filmes
Portugal ZON Lusomundo
Lançamento Estados Unidos 21 de Novembro de 2008
Portugal 04 de Dezembro de 2008
Brasil 19 de Dezembro de 2008
Orçamento US$ 37 milhões[1]
Receita US$ 392.563.465[2]
Cronologia
Último
Último
Lua Nova
(2009)
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Twilight (br/pt: Crepúsculo) é um filme americano de 2008, dirigido por Catherine Hardwicke, adaptado do primeiro livro da série homônima de Stephenie Meyer por Melissa Rosenberg. O filme estrela Kristen Stewart como Isabella Swan, uma garota que se apaixona por Edward Cullen, um vampiro interpretado por Robert Pattinson.

O projeto esteve em desenvolvimento por cerca de três anos na Paramount Pictures antes de ter sido colocado em pré-produção pela Summit Entertainment. A filmagem do filme, feita principalmente em Washington e Oregon, terminou a 2 de Maio de 2008, tendo o mesmo estreado em 21 de Novembro nos Estados Unidos, onde arrecadou 35,7 milhões de dólares no dia de estréia,[3] 4 de Dezembro em Portugal e 19 de Dezembro no Brasil.[4] Arrecadou 392.563.465 de dólares mundialmente em bilheteria e 191.062.383 de dólares com a venda de DVDs na América do Norte.[2] [5] A trilha sonora do filme foi lançada em 4 de Novembro de 2008.[6]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Isabella Swan, de 17 anos, nunca havia vivido grandes emoções na sua vida. Sendo uma jovem extremamente responsável, tímida e introspectiva, decide mudar-se da ensolarada cidade de Phoenix, onde morava com a sua mãe (Renée) e o novo marido dela (Phill), devido ao estado apreensivo desta, para a pequena e chuvosa cidade de Forks (apesar de a detestar), onde viveria com o seu pai, Charlie, o chefe da polícia local. No primeiro dia de aulas na sua nova escola, Bella, como gostava de ser tratada, depara-se com cinco jovens de uma beleza sobre-humana no refeitório: Edward, Alice e Emmett Cullen, Rosalie e Jasper Hale. Mais tarde, na aula de Biologia, ela conhece Edward Cullen, que parece profundamente irritado com sua presença - sem razão aparente - e que tenta, inclusive, mudar o seu horário de aulas para não ter que conviver com ela.

Depois de Jacob Black (um indígena quileute de uma família amiga de seu pai) lhe contar algumas lendas e histórias locais e de Bella pesquisar na internet, ela acaba por descobrir que os Cullen são uma família de vampiros. No entanto, como Edward lhe conta mais tarde, estes não se alimentam de sangue humano, apenas do sangue de animais, sendo considerados "vegetarianos" no seu meio.

A partir destas descobertas, Bella entra num mundo totalmente novo para si, pois, ao apaixonar-se por Edward, acaba por enfrentar perigos consideráveis, principalmente quando do aparecimento de James, um vampiro rastreador, que se alimenta de sangue humano e que se sente profundamente atraído pelo seu odor. James nota como Edward protege Bella, e isso faz deste o mais interessante de todos os jogos para ele, pois gosta do perigo iminente e de desafios perturbadores. Sua parceira, Victoria, o ajuda na caçada.

Edward e sua família se esforçam para proteger Bella, mas James acaba convencendo-a de que capturou sua mãe e fazendo com que ela vá se encontrar com ele em um estúdio de balé que frequentava quando criança. James ataca e morde Bella, mas Edward e o resto da família Culllen chegam antes que ele possa matá-la. James é destruído e Edward suga o veneno que havia no sangue de Bella, impedindo que ela se torne uma vampira. Edward por pouco não mata Bella, pois ainda não consegue se controlar ao beber sangue humano. Por estar muito machucada, Bella passa algum tempo em um hospital. Depois que ela é liberada, eles voltam para Forks. Os dois vão para o baile de primavera da escola e ela expressa para Edward seu desejo de se tornar vampira, para que possam permanecer juntos para sempre, pois ela o ama incondicionalmente e vice-versa. Sem o conhecimento dos dois, Victoria observa-os, pronta para vingar a morte de James.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Os Cullen e os Swan[editar | editar código-fonte]

Vampiros nômades[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

Classificação
Brasil:  12
Estados Unidos:  PG-13
Portugal:  M/12

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O romance de Stephenie Meyer foi originalmente escolhido pela Paramount Pictures em Abril de 2004, mas o roteiro que foi desenvolvido era substancialmente diferente do livro.[17] [18] Quando a Summit Entertainment reinventou-se como um completo serviço de estúdio em Abril de 2007, iniciou o desenvolvimento de uma nova adaptação cinematográfica,[19] tendo adquirido os direitos da Paramount.[20] A empresa percebeu o filme como uma oportunidade de lançar uma série baseada no sucesso do livro e suas sequências.[21] No verão, Catherine Hardwicke foi contratada para dirigir o filme e Melissa Rosenberg para escrever o roteiro.[22]

Eles podiam ter filmado [o roteiro quando o projeto era da Paramount] e não chamar aquilo de Twilight porque não tinha nada a ver com o livro… Quando a Summit [Entertainment] apareceu, eles estavam tão abertos a nos deixar fazer regras para eles, como "Okay, Bella não pode ser uma estrela da pista. Bella não pode ter uma arma ou óculos de visão noturna. E nada de jet skis…"

Stephenie Meyer, autora de "Crepúsculo"[18]

Rosenberg desenvolveu um esboço até o final de Agosto e colaborou com Hardwicke na escrita do roteiro durante o mês seguinte. "[Ela] era uma incrível caixa sonora e tinha todos os tipos de idéias brilhantes… Eu finalizava as cenas e as enviava para ela e voltavam com suas notas".[23] Devido a iminente greve dos roteiristas, Rosenberg trabalhou em tempo integral para terminar o roteiro antes de 31 de Outubro, tendo concluído em seis semanas.[23] [24] Ao adaptar o romance, ela "teve que condensar muita coisa." Alguns personagens não foram apresentados no roteiro, enquanto alguns personagens foram combinados com outros.[25] "Nossa intenção sempre foi a de permanecer fiéis ao livro", explicou Rosenberg, "e isso tem menos a ver com adaptá-lo palavra por palavra e mais com garantir que as características emocionais dos personagens continuem as mesmas".[26] Hardwicke sugeriu o uso do comentário para transmitir o diálogo interno da protagonista[23] - já que o romance é contado do ponto de vista de Bella - e esboçou alguns storyboards durante a pré-produção.[27]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Kristen Stewart estava no set do filme Adventureland quando Hardwicke a visitou para um informal teste cinematográfico que "cativou" a diretora.[17] A atriz Emily Browning havia sido convidada pelo estúdio para fazer um teste para o papel de Bella Swan, porém não o fez; ela afirmou que tinha acabado de terminar as filmagens de The Uninvited e "não é o tipo de pessoa que consegue fazer um trabalho após o outro".[28] Stephenie Meyer havia pensado em Henry Cavill[29] [30] para o papel de Edward Cullen, mas para maior credibilidade do personagem (de 17 anos), o ator não foi escolhido por já ter 24 na época. Mais de cinco mil atores fizeram testes para o papel de Edward,[31] e, inicialmente, Hardwicke não iria escolher Robert Pattinson para o papel, mas após uma audição em sua casa com Stewart, ela o escolheu.[17] Pattinson não estava familiarizado como a série, mas, após o teste, leu todos os livros.[32] [33] Meyer permitiu que ele visse o manuscrito inacabado de Midnight Sun, com os acontecimentos de Crepúsculo do ponto de vista de Edward.[34] A reação dos fãs pela escolha de Robert foi inicialmente negativa;[35] Rachelle Lefèvre observou que "cada mulher tinha seu próprio Edward, que elas tinham que deixar antes de se abrir pra ele, o que fizeram".[32] Meyer ficou "excitada" e "empolgada" depois da escolha dos dois personagens principais.[36]

"Quando me contaram que Rob provavelmente seria a pessoa, eu olhei pra ele e pensei, "Sim, ele pode fazer uma versão do Edward. Ele definitivamente tem uma coisa de vampiro." E então, quando eu estou no set e assisto ele se transformando em Edward, ele realmente olhou como o Edward em minha cabeça, foi uma experiência bizarra."

Stephenie Meyer[18]

Cam Gigandet tentou o papel de Emmett, mas "sempre quis o papel de James", para qual tinha prestado audição primeiro e foi selecionado.[37] Originalmente, Peter Facinelli não interpretaria o personagem Carlisle Cullen. "Hardwicke gostou dele, mas havia outro ator que o estúdio estava querendo".[8] Por razões desconhecidas, o ator não pôde interpretar o personagem e Facinelli foi selecionado em seu lugar.[8] A escolha de Ashley Greene para o papel de Alice Cullen foi objeto de críticas dos fãs, pelo fato da atriz ser dezoito centímetros mais alta que a personagem, como é descrita no livro. Meyer também havia afirmado que Rachael Leigh Cook lembrava a sua visão de Alice.[38] Nikki Reed tinha trabalhado anteriormente com Hardwicke em Thirteen, que elas escreveram em conjunto, e Lords of Dogtown. "Não quero dizer que isso é uma coincidência, porque havíamos trabalhado bem juntas e temos uma história incrível. Eu acho que fazemos um bom trabalho, mas as pessoas que a contratam [Hardwicke] para dirigir um filme deles mais provavelmente viram outro trabalho."[39]

Kellan Lutz estava na África gravando a mini-série da HBO Generation Kill quando as audições para o personagem de Emmett Cullen foram realizadas.[40] O papel já teria sido escolhido pelo tempo de produção, terminada em Dezembro de 2007, mas o ator foi escolhido por "fracasso nas negociações". Lutz posteriormente audicionou e voou para Oregon, onde Hardwicke o escolheu pessoalmente.[40] Rachelle Lefèvre estava interessada em conseguir um papel no filme porque Hardwicke foi anexada ao projeto como diretora, houve também "o potencial para explorar um personagem, assim o esperamos, mais três filmes"; e ela quis interpretar uma vampira.[41] "[Ela] pensava que os vampiros eram basicamente a melhor metáfora para a ansiedade humana e questões sobre estar vivo."[41] Christian Serratos inicialmente audicionou para Jessica Stanley, mas "se apaixonou completamente por Angela" depois de ler os livros e teve sucesso numa audição posterior para interpretar Angela Weber.[42] O papel de Jessica Stanley passou para Anna Kendrick.[43] Michael Welch chegou a fazer a audição para Edward, mas acabou interpretando Mike Newton, papel com o qual diz "estar feliz".[44] O intérprete de Eric Yorkie, Justin Chon, revelou que não estava inicialmente interessado no papel, mas mudou de opinião após saber que Hardwicke e Kristen Stewart estavam envolvidas no projeto.[45]

Filmagem e pós-produção[editar | editar código-fonte]

A fotografia principal levou 44 dias,[46] depois de mais de uma semana de ensaios,[47] concluídos em 2 de Maio de 2008.[48] Semelhante à sua estréia como diretora, Thirteen, Hardwicke optou por um uso extensivo de aparelho portátil, para fazer o filme "parecer real".[8] [49] Meyer visitou o set de produção três vezes, e foi consultada sobre diversos aspectos da história,[50] tendo feito também uma pequena participação no filme.[51] Foi dito ao elenco para evitar a luz solar durante as gravações, para manter a sua pela pálida, embora também tenha sido aplicada maquiagem para conseguir esse efeito, além das lentes de contato usadas para caracterizar os Cullen:[31] "Colocamos cor de ouro, por que os Cullens têm olhos dourados. E, depois, quando estão famintos, temos que colocar a cor preta nos olhos", explicou Facinelli.[8] Eles também participaram de ensaios com um coreógrafo de dança para tornar seus movimentos corporais mais graciosos.[8] [38] [52] A atriz Kristen Stewart tem olhos verdes; por isso, para viver Bella, teve de usar lentes de contato de cor castanha,[31] [53] e o ator Taylor Lautner teve que usar peruca para que o seu cabelo parecesse mais comprido, como é descrito o seu personagem no livro, Jacob.[54]

As cenas foram filmadas principalmente em Portland, Oregon,[10] e o elenco fez a sua maior parte de trabalho de dublê.[55] A sequência de luta entre os personagens de Gigandet e Pattinson num estúdio de balé foi filmada durante a primeira semana de gravações e acarretou um trabalho especial de produção, uma vez que os vampiros da história têm força e velocidade sobre-humana.[52] Gigandet usou algumas técnicas de artes marciais misturadas nessa sequência. Bella, a protagonista, está inconsciente durante esses eventos, e uma vez que o romance é contado a partir de seu ponto de vista, essas seqüências são ilustradas em exclusivo para o filme.[32]

Ao invés de filmar na própria Forks High School, as cenas que ocorrem na escola foram filmadas na Kalama High School[56] e na Madison High School.[57] Outras cenas foram filmadas em St. Helens, Oregon,[58] e Hardwicke conduziu algumas refilmagens em Pasadena, Califórnia, em Agosto.[46] [59] Crepúsculo estava originalmente programado para ser lançado nos Estados Unidos em 12 de Dezembro de 2008, mas a sua data de lançamento foi alterada para 21 de Novembro após Harry Potter and the Half-Blood Prince ser adiado para Julho de 2009.[60] Dois trailers, bem como algumas cenas adicionais, foram liberados para o filme, assim como um trailer final que foi lançado em 9 de Outubro.[61] [62] Uma apresentação de 15 minutos com trechos de Crepúsculo foi exibida durante o "International Rome Film Festival", em Itália.[63]

Música[editar | editar código-fonte]

O score foi composto por Carter Burwell, com o resto da trilha sonora escolhida por Alexandra Patsavas. Meyer foi consultada sobre a trilha, que inclui Muse e Linkin Park, bandas que ela escutava enquanto escrevia os livros da série.[64] [65] Twilight: Original Motion Picture Soundtrack foi lançado em 4 de Novembro pela Chop Shop Records em conjunto com a Atlantic Records e o Twilight: The Score em 9 de Dezembro de 2008.[66]

Comparação com o livro[editar | editar código-fonte]

Os cineastas por trás de Crepúsculo trabalharam para criar um filme que fosse tão fiel ao livro quanto achavam ser possível ao se converter uma história para outro meio, como o produtor Greg Mooradian disse, "É muito importante distinguir que estamos fazendo uma peça de arte separada que, obviamente, vai ficar muito, muito fiel ao livro… Mas, ao mesmo tempo, temos a responsabilidade de fazer o melhor filme que se pode fazer".[67] A fim de assegurar uma adaptação fiel, a autora Stephenie Meyer foi mantida envolvida no processo de produção, tendo sido convidada a visitar o set durante a filmagem e até a dar opiniões sobre o roteiro.[68] Sobre este processo, Meyer disse: "Foi uma troca muito agradável [entre mim e os cineastas] desde o começo, que eu acho que não é muito típica. Eles estavam realmente interessados nas minhas idéias",[69] e "…eles me mantiveram por perto e, sobre o roteiro, me deixaram ver e disseram, 'Quais seus pensamentos?'… Me deixaram dar minha opinião e eu acho que pegaram 90% do que eu disse e incorporaram nele".[68] Meyer lutou para que uma cena em particular, uma das mais conhecidas do livro sobre "o leão e o cordeiro", fosse mantida na íntegra no filme: "Eu realmente acho que o jeito que a Melissa [Rosenberg] escreveu soou melhor para o filme… O problema é que essa cena, na realidade, está tatuada nos corpos das pessoas… Mas eu disse 'Você sabe que se tiver que pegar isso e mudar, será uma potencial situação de retrocesso'".[68] Ela também foi convidada a fazer uma lista de coisas do livro que não deveriam ser alteradas no filme, como as presas dos vampiros ou matar personagens que não morrem no livro, que o estúdio aceitou seguir.[68] [69] O consenso entre os críticos é que os cineastas conseguiram fazer um filme que é muito fiel ao seu material de origem.[70] [71]

No entanto, como é frequente nos casos de adaptações livro-para-filme, existem diferenças entre eles. Algumas cenas do livro foram cortadas do filme, como uma cena na sala de biologia em que a classe de Bella faz tipagem sanguínea. Hardwicke explica, "Bem, [o livro tem] quase 500 páginas - você tem que fazer a versão leite condensado açucarado disso… nós já temos duas cenas da aula de biologia: a primeira vez que eles estão lá dentro e a segunda vez em que os dois estão juntos. Em um filme, quando você condensa, não quer deixar a mesma coisa várias vezes. Então, [a cena] não está lá".[72] Os cenários de certas conversas no livro também foram alterados para fazer as cenas mais "visualmente dinâmicas" na tela, tal como Bella revelando que sabe que Edward é um vampiro numa campina no filme, diferente do carro de Edward no romance.[72] Uma excursão de biologia é adicionada ao filme, a fim de mostrar os momentos de frustração em que Bella tenta explicar como Edward salvou-a de ser esmagada por uma van.[67] Uma das maiores mudanças foi a introdução dos vampiros vilões muito mais cedo do que eles aparecem no livro, com Rosenberg explicando que "você não ver o James e os outros vilões até o último quarto do livro realmente não funcionaria num filme. Você precisa de uma tensão fatal. Precisávamos vê-los e o perigo iminente desde o inicio. Então eu tive que criar uma história anterior para eles, o que eram até aquilo, para exercitar eles como personagens".[23] Rosenberg também combinou alguns dos humanos do ensino médio, com Lauren Mallory e Jessica Stanley se tornando a personagem de Jessica no filme, e uma "combinação de vários personagens humanos diferentes" se tornando Eric Yorkie.[25] Sobre estas diferenças do livro, Mooradian declarou, "Eu acho que nós fizemos realmente um criterioso trabalho de destilação [do livro]. Nossa maior crítica, Stephenie Meyer, ama o roteiro, e diz que temos feito todas as opções corretas em termos do que manter e perder. Invariavelmente, você vai perder partes que alguns membros do público vão querer desesperadamente ver, mas há apenas uma realidade, não estamos fazendo 'Twilight: O Livro' O filme".[67]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme Crepúsculo alcançou aproximadamente 36 milhões de dólares em bilhetes no primeiro dia de exibição[73] e, no primeiro final de semana, os 69,6 milhões[74] - quase o dobro do seu orçamento, que foi de 37 milhões.[1] Obteve um lucro de US$408.773.703 mundialmente,[2] tornando-se o segundo filme de temática vampírica mais lucrativo da história do cinema, atrás de sua sequência, Lua Nova.[75] Crepúsculo tem, até o momento, a 116ª maior bilheteria de todos os tempos[76] e a maior estréia de um filme dirigido por alguém do sexo feminino nos Estados Unidos.[77] No Brasil, estreou em segundo lugar nas bilheterias com R$3,3 milhões e 365.000 espectadores,[78] público que chegou aos 1.200.000 até o dia 10 de Janeiro de 2009.[35] No total, o filme arrecadou R$11,7 milhões no país.[79] Em Portugal, atraiu cerca de 208.420 espectadores nos primeiros 69 dias de exibição, alcançando uma receita bruta de 912.027,25.[80]

Crítica[editar | editar código-fonte]

A recepção da crítica para Crepúsculo foi geralmente mista ou média. Baseado em 187 críticas recolhidas pela Rotten Tomatoes, a partir de 21 de Dezembro de 2008, o filme recebeu uma classificação global de aprovação de 49%, com uma média ponderada de 5.5/10. Segundo o site, o consenso entre os críticos é que o filme "irá agradar aos devotados fãs, mas faz pouco aos não iniciados."[81] Por comparação, Metacritic, que atribui uma avaliação normalizada em 100 a partir de comentários críticos, calculou uma pontuação média de 56, através de 36 de opiniões recolhidas.[82] Crepúsculo é o 32° filme mais bem avaliado da história perante o público com uma média ponderada de 7.84/10, no The Numbers,[83] e com uma média 9.41, o mais avaliado entre os menores de 18 anos.[84]

O crítico Armond White do New York Press chamou o filme de "um genuino clássico pop".[85] Will Lawrence, da Empire, deu ao filme quatro de um total de cinco estrelas, dizendo que "a diretora [Hardwicke], é claro, entende do público adolescente e criou um dos mais belos filmes do ano".[86] Já no USA Today, Claudia Puig escreveu que "apesar do questionável elenco, representação desajeitada, diálogo absurdo e verdadeiramente terrível maquiagem, é provável que nada faça as garotas pararem de lotar essa adaptação barata do popular romance de Stephenie Meyer".[87] Em sua crítica no Los Angeles Times, Kenneth Turan afirmou que "Twilight é sem vergonha nenhuma um romance. Toda a história é a própria estupidez desse lado, na intenção de transmitir a magia do encontro com uma pessoa especial que você vinha esperando. Talvez seja possível ter 13 anos e ser do sexo feminino por algumas horas depois de tudo".[88] A Entertainment Weekly deu ao filme uma avaliação "B", com Owen Gleiberman elogiando a direção de Hardwicke: "Ela reconstruiu o romance de Meyer com nuvens de humor em um céu tempestuoso, ondulando hormônios, e sem dar importância aos efeitos visuais".[89]

Prêmios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Prêmio Categoria Indicado(s) Resultado
Bravo A-List Awards[90] A-List Breakout Robert Pattinson Vencedor
International Film Music Critics[91] Melhor Score Original Para um Filme de Terror/Thriller Carter Burwell Nomeado
Young Artist Awards[92] Melhor Performance em um Longa-Metragem - Jovem Atriz de Apoio Christian Serratos Vencedora
MTV Movie Awards[93] Melhor Filme Twilight Vencedor
Ator Revelação Robert Pattinson Vencedor
Ator Revelação Taylor Lautner Nomeado
Melhor Atriz Kristen Stewart Vencedora
Melhor Beijo Kristen Stewart e Robert Pattinson Vencedores
Melhor Luta Robert Pattinson e Cam Gigandet Vencedores
Melhor Canção Para um Filme Decode, por Paramore Nomeada
Saturn Awards[94] Melhor Filme de Fantasia Twilight Nomeado
Vision Awards[95] Filme de Visão Twilight Vencedor
Young Hollywood Awards[96] Diretor Catherine Hardwicke Vencedora
Teen Choice Awards[97] Filme de Drama Twilight Vencedor
Filme de Romance Twilight Vencedor
Ator em um Drama Robert Pattinson Vencedor
Atriz em um Drama Kristen Stewart Vencedora
Vilão Cam Gigandet Vencedor
Atriz Revelação Ashley Greene Vencedora
Atriz Revelação Nikki Reed Nomeada
Ator Revelação Taylor Lautner Vencedor
Melhor Beijo Kristen Stewart e Robert Pattinson Vencedores
Melhor Briga Robert Pattinson vs. Cam Gigandet Vencedores
Trilha Sonora Twilight Soundtrack Vencedora
Homem Mais Sensual Robert Pattinson Vencedor
Digital Spy Movie Awards[98] Melhor Blockbuster Twilight Vencedor
Melhor Atriz Kristen Stewart Vencedora
Scream Awards[99]
The Ultimate Scream Twilight Nomeado
Melhor Filme de Fantasia Twilight Vencedor
Melhor Ator Robert Pattinson Vencedor
Melhor Atriz Kristen Stewart Vencedora
Melhor Atriz Coadjuvante Ashley Greene Nomeada
Melhor Elenco Elenco de Twilight Nomeado
Melhor Revelação Masculina Taylor Lautner Vencedor
Melhor Revelação Masculina Robert Pattinson Nomeado
Melhor Música Decode, por Paramore Nomeada
Melhor Vilão Cam Gigandet Nomeado
People's Choice Awards[100] Melhor Filme Twilight Vencedor
Melhor Ator Robert Pattinson Nomeado
Melhor Atriz Kristen Stewart Nomeada
Melhor Saga de Filmes Twilight Vencedor
Ator Revelação Taylor Lautner Vencedor
Atriz Revelação Anna Kendrick Nomeada
Melhor Elenco Elenco de Twilight Vencedor

Lançamento em DVD e blu-ray[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado em DVD na América do Norte em 21 de Março de 2009[101] e vendeu cerca de três milhões de cópias no primeiro dia.[102] Em 53 semanas, arrecadou US$191.062.383 com a venda de 10.502.935 DVDs na região.[5] Hardwicke havia revelado anteriormente que os bônus incluem cerca de 10 a 12 cenas deletadas ou estendidas, montagens e vídeos musicais, entrevistas por trás das cenas, making of e comentários de Hardwicke, Stewart e Pattinson.[103] [104] Uma versão blu-ray do filme foi lançada no mesmo dia apenas em locais selecionados, mas foi disponibizada em outras lojas a partir de 5 de Maio de 2009.[105]

O DVD foi lançado em Portugal no dia 7 de Abril de 2009 e vendeu aproximadamente 5.000 cópias no primeiro dia; chegou a 10.000 em uma semana, tornando-se o DVD mais vendido do país - onde a versão blu-ray também está disponível.[106] No Brasil foi lançado apenas para locação em 8 de Abril de 2009, em edição simples.[107] Em 2 de Julho de 2009 foi disponibilizado para compras no país, em edição especial, contendo os bônus.

Sequências[editar | editar código-fonte]

Em 22 de Novembro de 2008, foi confirmada a sequência de Crepúsculo pela Summit Entertainment.[108] [109] O novo filme, baseado em Lua Nova (segundo livro da série), foi dirigido por Chris Weitz.[110] Assim como no primeiro filme, Melissa Rosenberg escreveu o roteiro.[111] Lua Nova foi lançado no dia 20 de Novembro de 2009.[1]

A Summit Entertainment também já adquiriu os direitos para produzir as adaptações dos dois últimos livros da série, Eclipse, que foi lançada em 30 de Junho de 2010,[112] e Amanhecer, que será dividida em duas partes. A primeira parte foi lançada dia 18 de novembro de 2011, e a segunda, no dia 15 de novembro de 2012.[111]

Referências

  1. a b c Brandon Gray (15 de Dezembro de 2008). ‘Twilight’ Sequel Nabs Release Date. Box Office Mojo. Página visitada em 13-1-2009.
  2. a b c Twilight(2008). Box Office Mojo. Página visitada em 21-04-2010.
  3. Joshua Rich (22 de Novembro de 2008). 'Twilight' grosses $35.7 mil on Friday. Entertainment EW.com. Página visitada em 24-10-2008.
  4. Release datas for Twilight. IMDb. Página visitada em 18-1-2009.
  5. a b Twilight - DVD Sales. The Numbers (21-04-2010). Página visitada em 24-07-2009.
  6. James Montgomery (2008-09-18). 'Twilight' Exclusive: Paramore To Contribute Two New Songs To Film's Soundtrack. MTV. Página visitada em 2008-09-19.
  7. a b c d Gregory Ellwood (2008-04-22). Set Visit: 'Twilight' Shines on Pattinson. MSN. Página visitada em 2008-04-27.
  8. a b c d e f Sona Charaipotra. Exclusive Interview: Peter Facinelli on 'Twilight'. Premiere.com. Hachette Filipacchi Media. Página visitada em 2008-10-25.
  9. a b c d Larry Carroll (2008-02-19). 'Twilight' Film's First Family Revealed: Peter Facinelli, Elizabeth Reaser Lead Cullen Clan. MTV. Página visitada em 2008-02-21.
  10. a b c d e Larry Carroll (2008-02-14). 'Twilight' Finds Its Latest Victims: Nikki Reed, Rachelle Lefevre Added To Cast. MTV. Página visitada em 2008-02-21.
  11. Marilyn Beck & Stacy Jenel Smith (2008-02-25). Tyson Beckford Enjoying Men's "Supermodel" Success/"Reno 911's Lennon Delivers the State of the State. Página visitada em 2008-02-26.
  12. a b c d Full Cast & Crew. Hollywood. Página visitada em 2008-03-03. Cópia arquivada em 2012-12-04.
  13. 'Twilight' to film one or two days in LaPush. Peninusula Daily News (2008-03-09). Página visitada em 2008-03-10.
  14. a b c ***April 12, 2008***. Stephenie Meyer.com (2008-04-12). Página visitada em 2008-04-16.
  15. Role in Twilight lets student shine. Daily Vanguard (2008-03-05). Página visitada em 2008-03-05.
  16. a b Full cast and crew for Twilight. IMDb. Página visitada em 2009-01-19.
  17. a b c Nicole Sperling (2008-07-10). 'Twilight': Inside the First Stephenie Meyer Movie. Entertainment Weekly. Time Inc. Página visitada em 2008-07-26.
  18. a b c Christina Radish (2008-09-17). Twilight's Author and Director Talk About Bringing The Film To Life. MediaBlvd Magazine. Página visitada em 2008-10-31.
  19. Dave McNary (2007-06-07). New Summit unveils new projects. Variety. Reed Business Information. Página visitada em 2008-02-18.
  20. Steven Zeitchik (2007-12-26). Pattinson bites into 'Twilight' role. The Hollywood Reporter. Nielsen Business Media. Página visitada em 2008-02-18.
  21. Carolyn Giardina (2007-11-16). Stewart enters 'Twilight' zone. The Hollywood Reporter. Nielsen Business Media. Página visitada em 2008-02-18.
  22. Michael Fleming (2007-10-02). Hardwicke to direct Meyer's 'Twilight'. Variety. Reed Business Information. Página visitada em 2008-02-18.
  23. a b c d Sona Charaipotra. Exclusive Interview: 'Twilight' Screenwriter Melissa Rosenberg. Premiere.com. Hachette Filipacchi Media. Página visitada em 2008-10-25.
  24. Filme - Crepúsculo (Twilight). Cine Pop. Página visitada em 2009-01-13.
  25. a b Larry Carroll (2008-09-16). 'Twilight' Tuesday: Screenwriter Melissa Rosenberg Was Inspired By 'Brokeback Mountain'. MTV. Página visitada em 2008-10-13.
  26. Ryan Rotten (2008-08-19). Exclusive Interview: Twilight's Melissa Rosenberg. ShockTillYouDrop.com. Página visitada em 2008-10-13.
  27. Larry Carroll (2008-09-02). 'Twilight' Tuesday: Catherine Hardwicke Gets Swept Up By Bella And Edward's 'Obsessive Love'. MTV. Página visitada em 2008-10-13.
  28. Larry Carroll (29-04-2009). Emily Browning Addresses Her 'Twilight' Notoriety. MTV. Página visitada em 30-04-2009.
  29. Stephenie Meyer. Twilight the Movie. Stephenie Meyer.com. Página visitada em 2008-09-02.
  30. Stephenie Meyer (2007-07-07). Twilight the Movie ***July 7, 2007 Update***. Stephenie Meyer.com. Página visitada em 2008-09-02.
  31. a b c Heloísa Dall'Antonia (2008-12-18). Sabia que Edward de "Crepúsculo" também é músico? Veja 21 curiosidades sobre o filme. UOL. Página visitada em 2008-02-18.
  32. a b c Pamela Chelin. 'Twilight's Robert Pattinson and Rachelle Lefevre. Premiere.com. Hachette Filipacchi Media. Página visitada em 2008-10-29.
  33. Cassandra Handley (2008-11-5). Q&A: Twilight's Robert Pattinson. Vanity Fair. Página visitada em 2009-01-13.
  34. Larry Carroll (2008-04-15). 'Twilight' Set Visit Confirms Edward And Bella's Chemistry, Offers A 'Midnight Sun' Preview. MTV. Página visitada em 2008-10-29.
  35. a b Erika Azevedo (10-01-2009). Robert Pattinson e Kristen Stewart veem suas carreiras deslancharem com o filme 'Crepúsculo'. O Globo Online. Página visitada em 06-02-2009.
  36. Stephenie Meyer. Twilight the Movie. StephenieMeyer.com. Página visitada em 2008-10-30.
  37. Interviews: Cam Gigandet. Movies.ie.com. Página visitada em 2009-01-13.
  38. a b Larry Carroll (2008-03-19). 'Twilight' Star Ashley Greene Responds To Books' Fans Who Think She And Her Hair Aren't Short Enough. MTV. Página visitada em 2009-01-11.
  39. Larry Carroll (2008-07-22). 'Twilight' Tuesday: Nikki Reed Hopes To Make Us Understand What's Beneath Rosalie's Beautiful, Hard Exterior. MTV. Página visitada em 2008-10-28.
  40. a b Larry Carroll (2008-03-19). 'Twilight' Tuesday: Kellan Lutz Recalls How He Almost Wasn't Cast As Belligerent 'Goofball' Emmett. MTV. Página visitada em 2009-01-11.
  41. a b Larry Carroll (2008-02-28). 'Twilight' Star Rachelle Lefevre Addresses 'OMG!' Fans, Blog Haters From Book-Turned-Movie's Set. MTV. Página visitada em 2008-10-28.
  42. Larry Carroll (2008-10-14). 'Twilight' Tuesday: Christian Serratos Says Playing Angela Was A Day At The Beach. MTV. Página visitada em 2008-10-28.
  43. Larry Carroll (2008-10-21). 'Twilight' Tuesday: Anna Kendrick Says It Was 'Easy To Get Googly Eyed' At Robert Pattinson. MTV. Página visitada em 2008-10-28.
  44. Eleni (07-2008). Michael Welch Interview. Portrait Magazine. Página visitada em 2008-02-18.
  45. Justin Chon’s Adventure With 'Twilight'. The Korea Times (24-01-2010). Página visitada em 25-01-2010.
  46. a b Nicole Sperling (2009-10-29). 'Twilight' reshoots: Why is Catherine Hardwicke filming again?. Entertainment Weekly. Time Inc. Página visitada em 2008-10-13.
  47. Christina Radish (2008-08-08). Kellan Lutz And His High Profile Projects. MediaBlvd Magazine. Página visitada em 2008-10-31.
  48. Michelle Graham (2008-05-03). Twilight Finishes Principle Photography. Film School Rejects. Página visitada em 2008-06-14.
  49. Mike Russell (2008-05-11). 'Twilight' taps teen-vampire romance. Los Angeles Times. Tribune Company. Página visitada em 2008-10-25.
  50. Pamela Chelin (07-2008). The 'Twilight' Phenomenon: The Director and Author at Comic-Con 2008. Premiere.com. Hachette Filipacchi Media. Página visitada em 2008-10-25.
  51. Larry Carroll (2008-04-08). 'Twilight' Author Stephenie Meyer's Cameo: More Details Emerge From Book-Turned-Movie's Set. MTV. Página visitada em 2008-10-27.
  52. a b Pamela Chelin. 'Twilight's Bad Boy Vampire: Cam Gigandet. Premiere.com. Hachette Filippachi Media. Página visitada em 2008-10-29.
  53. Kristen Stewart no Yahoo! Cinema. Yahoo! Cinema. Página visitada em 2008-02-18.
  54. Twilight’s Taylor Lautner. Vanity Fair. Página visitada em 2009-01-13.
  55. Erin Cadwallader (2008-07-24). It's TWILIGHT at Comic-Con!. IESB.net. Página visitada em 2008-10-29.
  56. Paige Dickerson (2008-03-09). 'Twilight' to film one or two days in LaPush. Peninsula Daily News. Página visitada em 2008-03-10.
  57. Sarah Skidmore (2008-04-15). Teen vampire-love story `Twilight' being filmed in Oregon. San Francisco Chronicle. Hearst Communications. Página visitada em 2008-10-31.
  58. Darryl Swan (2008-04-02). 'Twilight' descends on St. Helens. South Country Spotlight. Página visitada em 2008-05-03.
  59. Sabrina Rojas Weiss (2008-08-25). 'Twilight' Cast Heads Back To The Set To Shoot New Scenes. MTV. Página visitada em 2008-10-13.
  60. Anne Thompson (2008-08-15). 'Twilight' moves into 'Potter's' place. Variety. Reed Business Information. Página visitada em 2008-10-13.
  61. Brian Linder (2008-10-09). Twilight Trailer Tonight. IGN Entertainment. Página visitada em 2008-10-13.
  62. Larry Carroll (2008-10-09). Final 'Twilight' Trailer, Shot By Shot: Romance, Violence … And Prom!. MTV. Página visitada em 2008-10-13.
  63. Larry Carroll (2008-10-02). 'Twilight' Sneak Peek To Premiere At International Rome Film Festival. MTV. Página visitada em 2008-10-24.
  64. Erica Futterman (2008-08-08). "Twilight" Author Stephenie Meyer on Her Musical Muses, Upcoming Movie and Mermaid Dreams. Rolling Stone. Página visitada em 2008-11-01.
  65. James Montgomery (2008-10-06). 'Twilight' Soundtrack To Include Muse, Linkin Park And, Of Course, Robert Pattinson. MTV. Página visitada em 2008-11-01.
  66. 'Score' Album Announced!. TwilightTheSoundtrack.com (2008-11-10). Página visitada em 2008-11-14.
  67. a b c Larry Carroll (2008-06-17). 'Twilight' Tuesday: How Faithful Will The Movie Be To The Book? We Visit The Set To Find Out. MTV. Página visitada em 2008-12-26.
  68. a b c d Rebecca Murray (2008-11-11). Interview with 'Twilight' Author Stephenie Meyer. About.com. Página visitada em 2008-12-26.
  69. a b Larry Carroll (2008-11-14). 'Twilight' Author Stephenie Meyer Recalls Robert Pattinson Spat, Seeing Movie The First Time. MTV. Página visitada em 2008-12-27.
  70. Manohla Dargis (2008-11-21). The Love That Dare Not Bare Its Fangs. The New York Times. Página visitada em 2008-12-26.
  71. Richard Corliss (2008-11-20). Twilight Review: Swooningly True to the Book. Time. Página visitada em 2008-12-29.
  72. a b 'Twilight' Countdown: Catherine Hardwicke talks about the meadow and making Robert Pattinson 'dazzle'. Los Angeles Times (2008-11-04). Página visitada em 2008-12-16.
  73. Twilight (2008) Daily Box Office Results. Box Office Mojo. Página visitada em 2009-01-20.
  74. Twilight (2008) Weekend Box Office Results. Box Office Mojo. Página visitada em 2009-01-13.
  75. Vampire Movies. Box Office Mojo. Página visitada em 2009-01-13.
  76. All-Time Worldwide Box office Grosses. Box Office Mojo. Página visitada em 24-07-2009.
  77. Diretora Catherine Hardwicke não fará seqüência de "Crepúsculo". Folha Online. Página visitada em 2009-01-20.
  78. 'Crepúsculo' não supera 'Madagascar 2' e fica em segundo na lista de filmes mais vistos. O Globo. Página visitada em 2009-01-13.
  79. "Amanhecer", novo livro da série "Crepúsculo", chega às livrarias. EXTRA Online. Página visitada em 24-07-2009.
  80. RANKING DA SEMANA: 29-01-2009/04-02-2009. Instituto do Cinema e do Audiovisual. Página visitada em 2009-01-31.
  81. Twilight. Rotten Tomatoes. IGN Entertainment. Página visitada em 2008-12-21.
  82. Twilight (2008): Reviews. Metacritic. CNET Netobras. Página visitada em 2008-11-20.
  83. All-Time Top Rated Movies. The Numbers. Página visitada em 19-02-2009.
  84. Top Rated Movies by Numbers Readers Under 18. The Numbers. Página visitada em 27-01-2010.
  85. Armond White. "Twilight: Bronte Never Dies". New York Press. Página visitada em 2009-01-13.
  86. Will Lawrence. Twilight (12A). Empire. Página visitada em 2009-01-21.
  87. Claudia Puig (2008-11-20). 'Twilight' barely gets the blood flowing. USA Today. Página visitada em 2009-01-21.
  88. Kenneth Turan (21-11-2008). Movie Review: 'Twilight'. Los Angeles Times. Página visitada em 16-06-2009.
  89. Owen Gleiberman (19-11-2008). Movie Review: Twilight (2008). Ew.com. Entertainment Weekly. Página visitada em 16-06-2009.
  90. A-List Award Nominess. Bravo. Página visitada em 24-04-2009.
  91. 30th Annual Young Artist Awards. Young Artist Awards. Young Artist Foundation. Página visitada em 24-04-2009.
  92. Awards for Twilight. IMDb. Página visitada em 17-07-2009.
  93. YHA Winners - 2009. Young Hollywood Award. Página visitada em 17-07-2009.
  94. Michael Essany (10-08-2009). 2009 Teen Choice Awards full results and winners list. Examiner.com. Página visitada em 10-08-2009.
  95. Simon Reynolds (05-10-2009). Digital Spy Movie Awards 2009: The Winners. Digital Spy. Página visitada em 20-10-2009.
  96. Desenhista brasileiro é indicado ao Scream Awards 2009. G1.com (08-09-2009). Página visitada em 20-09-2009.
  97. Twilight DVD Date, Art. Shock Till You Drop (2009-01-07). Página visitada em 2009-01-07.
  98. DVD de Crepúsculo entra para os mais vendidos em um dia nos Estados Unidos. CineClick (23-03-2009). Página visitada em 23-03-2009.
  99. Larry Carroll (2008-12-11). 'Twilight' Director Catherine Hardwicke Reveals DVD Details. MTV. Página visitada em 2009-01-07.
  100. Larry Carroll (2008-11-12). 'Twilight' Director Catherine Hardwicke Talks About Edward And Bella's Chemistry, Potential Sequels. MTV. Página visitada em 2009-01-07.
  101. Twilight Blu-ray Mystery Solved. The HD Room (2009-02-02). Página visitada em 2009-02-02.
  102. Luis Silveira e Castro (24-04-2009). Crepúsculo bate records de vendas. MSN. Página visitada em 26-04-2009.
  103. Marcelo Hessel (10-03-2009). DVD de Crepúsculo já tem data para sair no Brasil. Omelete. Página visitada em 26-04-2009.
  104. 'Twilight' sequel 'New Moon' gets the greenlight from Summit. Los Angeles Times (22-11-2008). Página visitada em 2008-11-24.
  105. Dave McNary (2008-11-22). Summit announces 'Twilight' sequel. Variety. Reed Business Information. Página visitada em 22-11-2008.
  106. Chris Weitz to helm 'Twilight' Sequel. omg! news on Yahoo!. Yahoo! (13-12-2008). Página visitada em 13-12-2008.
  107. a b Rick Marshall (14 de Novembro de 2008). ‘Twilight’ Sequels Optioned; Studio Acquires ‘New Moon,’ ‘Eclipse’ & ‘Breaking Dawn’. MTV. Página visitada em 15-1-2009.
  108. Joshua Rich (2009-02-20). 'Twilight': Third film in series, 'Eclipse,' set for June 2010. Entertainment Weekly. Página visitada em 2009-02-20.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]