Lords of Dogtown

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Os Reis de Dogtown
Lords of Dogtown
Pôster promocional
 Estados Unidos
2005 • cor • 107 min 
Direção Catherine Hardwicke
Produção John Linson
Roteiro Stacy Peralta
Elenco Heath Ledger
Emile Hirsch
John Robinson
Victor Rasuk
Michael Angarano
Nikki Reed
Rebecca De Mornay
William Mapother
Idioma Inglês
Espanhol
Música Mark Mothersbaugh
Cinematografia Elliot Davis
Edição Nancy Richardson
Estúdio Art Linson Productions
Indelible Pictures
Linson Films
Senator International
Distribuição Columbia Pictures
TriStar Pictures
Lançamento Estados Unidos 3 de junho de 2005
Brasil 25 de setembro de 2005 (Festival do Rio)
Orçamento US$25 milhões[1]
Receita US$13,411,957[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)
Portal A Wikipédia possui o
Portal de Skate.

Lords of Dogtown (Brasil e Portugal: Os Reis de Dogtown) é um filme estadunidense de 2005, dirigido por Catherine Hardwicke e escrito por Stacy Peralta. O longa-metragem tem como base a história dos Z-Boys, um influente grupo de skateboaders que revolucionaram o esporte.

Catherine Hardwicke, que fez sua estreia como diretora com o filme Aos Treze, mostra como um grupo de jovens surfistas revolucionou o skate nos anos 70. Baseado no documentário Dogtown and Z-Boys, e com uma trilha sonora que vai do glam rock ao punk, Hardwick recria a saga dos reis de Dogtown: Tony Alva, Jay Adams e Stacy Peralta, que se tornaram as primeiras estrelas do skate. Tony Hawk também faz uma ponta. O filme é dedicado à memória do comediante Mitch Hedberg, que aparece no filme, mas morreu antes do filme ser lançado.

O filme tem uma relação estreita com Thrashin', de 1986 clássico original de skate culto, dirigido por David Winters, onde Catherine Hardwicke começou sua carreira no cinema como desenhista de produção e teve a oportunidade de trabalhar com muitos skatistas famosos como Tony Alva, Tony Falcão, Christian Hosoi e Steve Caballero.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Lords de Dogtown foi o primeiro filme a ser lançado pelos dois Columbia Pictures e TriStar Pictures, ambos de marca registrada pela Sony Pictures Entertainment, e às vezes são referidos como Columbia TriStar Pictures.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Interpretação de Skip Engblom de Ledger foi aplaudido por seu realismo e é considerado um dos principais destaques do filme. Joe Donnoly, que conhecia Engblom, ficou impressionado com a atenção de Ledger ao detalhe, dizendo: "Ele é quase assustador em quão precisamente ele pregou não só os maneirismos, cadência e presença física de Skip... mas também como ele levanta o espírito de Skip, que é o coração e alma, e mais o que é realmente grande em um não-totalmente-grande filme". [2]

Luke Davies do The Monthly admite como flamboyant o personagem é, mas diz que o filme é salvo por profundidade emocional de Ledger: "O desempenho constantemente navega perto de hammy - Engblom era, segundo todos os relatos, um personagem extravagante - mas é puxado para trás, a selvageria compensada por uma surpreendente profundidade de tristeza. Assim como em uma série de papéis de Ledger, uma espécie de sabedoria animal e melancolia existe lado a lado com a comédia desengonçada".[2]

A.O. Scott do The New York Times também destacou as performances de Ledger, afirmando: "Ir é sempre volátil, frequentemente bêbado e consistentemente a figura mais divertido no filme". Ele também elogiou o filme como um todo, afirmando: "Lords de Dogtown do início ao fim é praticamente uma explosão".[3]

Lords of Dogtown detém actualmente uma classificação de "podre" de 55% sobre a revisão do site de cinema Rotten Tomatoes, com o consenso afirmando que "Lords of Dogtown, enquanto espertamente feito e editado, não tem o valor de profundidade e divertido do documentário muito superior na mesma assunto, Dogtown and Z-Boys".[4]

Prêmios e reconhecimento[editar | editar código-fonte]

A Central Ohio Film Critics Association nomeou Heath Ledger Ator do Ano para este filme.[5]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora oficial do filme (Lords of Dogtown: Music From the Motion Picture) conta com músicas de artistas como David Bowie, Cher, Jimi Hendrix, Iggy Pop, Deep Purple, Rod Stewart, Black Sabbath,Budgie,Alice Cooper, Nazareth entre outros.

Referências

  1. a b Lords of Dogtown Box Office Mojo. Visitado em July 27, 2014.
  2. a b Davies, Luke (March 2008). "Heath Ledger, 1979-2008". The Monthly. Retrieved November 26, 2010.
  3. Scott, A.O. (June 3, 2005). "When California Started Sliding on Little Wheels". The New York Times. Retrieved January 22, 2010.
  4. "Lords of Dogtown". Rotten Tomatoes. Retrieved July 8, 2012.
  5. "Heath Ledger Movies". Retrieved March 27, 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]