Rod Stewart

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rod Stewart
Rod Stewart em 1971
Informação geral
Nome completo Roderick David Stewart
Também conhecido(a) como Rod The Mod
Nascimento 10 de janeiro de 1945 (69 anos)
Origem Londres
País Inglaterra
Gênero(s) Rock, pop, blues-rock
Instrumento(s) Vocal, guitarra, banjo, gaita
Período em atividade 1964 - atualidade
Afiliação(ões) The Steampacket, Jeff Beck Group , The Faces
Página oficial rodstewart.com

Roderick David Stewart CBE, conhecido como Rod Stewart, (Highgate, Londres, 10 de janeiro de 1945) é um cantor e compositor britânico, com ascendência escocesa.

Conhecido por sua voz áspera e rouca, Rod Stewart começou a ficar conhecido no final dos anos 60 quando participou da Jeff Beck Group e depois juntou-se ao The Faces, iniciando paralelamente sua carreira solo que já dura cinco décadas.

Ao longo de sua carreira, Rod atingiu várias vezes as paradas de sucesso, principalmente no Reino Unido, onde ele atingiu o primeiro lugar com seis álbuns e por 24 vezes ficou entre o top 10 e seis vezes na posição número 1 entre as músicas mais executadas, e 9 vezes nº1 a nível mundial. Rod Stewart já vendeu 265 milhões de álbuns desde o início de sua carreira ,[1] [2]

Tem hits como : "Maggie May", "Da Ya Think I'm Sexy?" , "I Don't Want to Talk About It" , "Sailing" , "Young Turks" , "Baby Jane" , "Have I Told You Lately" , "Tonight The Night" , "The First Cut Is The Deepest" , "You're in My Heart" , "Rhythm of My Heart " , "Forever Young" , "Downtown Train" , "Hot Legs" , "Passion" , "Some Guys Have All The Luck" "Tonight I'm Yours (Don't Hurt me)" , "People Get Ready" , "Every Beat Of My Heart" , "My Heart Can´t Tell You No" e "It's Over".

Rod é o 23º na lista de melhores artistas da história e 17º na de mais bem sucedidos de todos os tempos.[3] Com 2 Grammy vencidos tornou uma das figuras mais irreverentes do mundo.

Sua canção mais vendida foi o hit "Da Ya Think I'm Sexy?" de 1978, que atingiu o número 1 em praticamente todos os países e vendeu mais de 4 milhões em todo mundo.[4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

Roderick Stewart era o mais novo de cinco filhos do casal Robert e Elsie Stewart.[5] Rod foi o único dos filhos do casal a nascer na Inglaterra depois que a família se mudou da Escócia. Frequentou a William Grimshaw School em Hornsey.[6]

O estímulo musical surgiu da família Stewart, que era grande fã do cantor Al Jolson. Rod colecionava seus álbuns, lia livros sobre ele e exerceu grande influência em seu estilo.[7] . Rod decidiu aprender a tocar guitarra e, aos 11 anos, formou um grupo de skiffle com colegas da escola chamado Kool Kats[7] , tocando canções de Lonnie Donegan e Chas McDevitt.

1960–1969[editar | editar código-fonte]

Depois de deixar a escola, Rod Stewart trabalhou pouco tempo como pintor de silk screen[7] , além de jogar futebol no Brentford Football Club (situado em Londres).[5] Trabalhou também como coveiro[8] , entre outras coisas. Rod apoiava a campanha de desarmamento nuclear e participou de um protesto em Aldermaston, onde foi preso [7] . No início dos anos 60, ele passou com o cantor de folk Wizz Jones e viajou por toda Europa como busker (pessoa que toca em lugares públicos em troca de dinheiro). Ele foi deportado da Espanha por vadiagem.[5] .

Na primavera de 1962, Rod ajudou a fundar o The Ray Davies Quartet, que tinha entre os integrantes Ray Davies - que faria sucesso com a banda The Kinks. Ele tocou com a banda em uma ocasião, mas logo largou-a devido a reclamações sobre sua voz e também por diferenças pessoais e musicais com o resto da banda.

Depois de voltar a Londres ele juntou-se a Jimmy Powell & the Five Dimensions em 1964 como vocalista onde também tocava gaita. Juntos eles gravaram um single pela Pye Records. Long John Baldry descobriu Rod tocando em trens por dinheiro ("busking") e o convidou para juntar-se na The Hoochie Coochie Men com a qual gravou um single "Good Morning Little Schoolgirl". The Hoochie Coochie Men evoluiu para a Steampacket com Rod Stewart, Long John Baldry, Julie Driscoll, Brian Auger, Mickey Waller e Rick Brown. A Steampacket viajou com os Rolling Stones e os the Walker Brothers na tournê de verão de 1965. Eles também gravaram canções que não foram lançadas em um álbum até 1970, depois que Rod Stewart tornou-se bem conhecido no meio musical. Nos anos 60, Rod Stewart ganhou o apelido de "Rod the Mod" devido a sua aparição em um documentário da BBC sobre o estilo de vida dos Mods.

O Steampacket acabou em 1966 e Rod Stewart juntou-se ao Shotgun Express como líder vocal junto a Beryl Marsden. Entre os integrantes do Shotgun Express estavam Mick Fleetwood e Peter Green (que formariam o Fleetwood Mac), além de Peter Bardens. Shotgun Express lançou somente um single antes de acabar.

Rod Stewart então juntou-se ao Jeff Beck Group como vocalista, onde tocou com Ronnie Wood. Em 1968, o primeiro álbum da banda Truth tornou-se um sucesso. O segundo álbum Beck-Ola (Cosa Nostra) também foi um hit em 1969 mas os integrantes foram abandonando o grupo que chegou ao fim no final do mesmo ano.

1969–1975[editar | editar código-fonte]

O grupo norte-americano Cactus ofereceu a Rod um emprego como líder vocal mas ele e Ronnie Wood decidiram juntar-se ao The Faces (remanescentes do Small Faces depois que o cantor Steve Marriott deixou o grupo).

Rod Stewart também assinou um contrato solo para gravar com a Mercury Records. An Old Raincoat Won't Ever Let You Down foi seu primeiro álbum solo em 1969 (conhecido também como The Rod Stewart Album nos Estados Unidos). O álbum incluiu alguns covers entre eles a canção "Handbags and Gladrags".

O álbum de estréia do The Faces foi lançado em 1970, First Step com um rock similar ao estilo dos Rolling Stones distanciando-se do rock psicodélico do Small Faces. No mesmo ano, Rod Stewart lançou seu segundo álbum solo, Gasoline Alley, logo, Rod iniciou sua tournê solo. No mesmo ano, ele participou como cantor convidado na canção "In a Broken Dream" do grupo australiano Python Lee Jackson e quando a canção foi lançada em 1972 tornou-se um hit mundial.

Em 1971 Rod Stewart atingiu o primeiro lugar nas paradas de sucesso com a canção "Maggie Mae" e também com o álbum Every Picture Tells a Story tanto nos Estados Unidos como no Reino Unido. Paralelamente a carreira solo, o segundo álbum do The Faces foi lançado no mesmo ano, Long Player (pouco meses antes do álbum solo Every Picture Tells a Story). O único sucesso do The Faces a atingir o Top 40 nos Estados Unidos foi a canção "Stay With Me" do terceiro álbum da banda, A Nod Is as Good as a Wink...To a Blind Horse lançado no final de 1971. O The Faces tinha uma turnê em 1972, mas a tensão no grupo crescia a cada instante na medida em que a carreira solo de Rod Stewart atingia mais sucesso que a banda. Stewart lançou outro álbum solo ainda no mesmo ano, Never a Dull Moment, repetindo a fórmula de Every Picture, o álbum atingiu o primeiro lugar no Reino Unido e o segundo nos Estados Unidos.

O The Faces lançou seu último álbum, Ooh La La, em 1973. O álbum atingiu o número 1 no Reino Unido e a vigésima primeira posição nos Estados Unidos. A última tournê do The Faces foi em 1974 e no ano seguinte a banda chegou ao fim com Ronnie Wood juntando-se aos Rolling Stones como guitarrista e Rod Stewart prosseguindo em sua carreira solo.

Ainda em 1974, Rod Stewart lançou seu quinto álbum solo, Smiler, que segundo a crítica foi o mais fraco da carreira solo durante a década de 70. Mas, mesmo assim, o álbum atingiu o número 1 no Reino Unido.

1975–1981[editar | editar código-fonte]

Rod Stewart em Dublin na Irlanda em 1981.

Em 1975 Rod Stewart mudou-se para os Estados Unidos e pediu a cidadania norte-americana devido ao romance que tinha com a atriz Britt Ekland. Ele lançou o álbum Atlantic Crossing por uma nova gravadora. Com Atlantic Crossing ele voltou ao Top 10 da Billboard. A canção de maior sucesso do álbum foi "Sailing" que acabou atingindo o número 1 no Reino Unido. Outra canção bem conhecida do álbum foi "I Don't Want To Talk About It".

Em 1976 teve grande sucesso com a canção "Tonight's the Night" que fez parte do álbum A Night on the Town, o primeiro álbum a ganhar um disco de platina pelas vendas. Outras duas canções do álbum "The First Cut is the Deepest", um cover de Cat Stevens, e "The Killing of Georgie (Part 1 and 2)" também fizeram muito sucesso.

O oitavo álbum de Rod Stewart, Foot Loose & Fancy Free de 1977 emplacou sucessos como "You're In My Heart" (primeiro lugar nos Estados Unidos), "Hot Legs" e "I Was Only Joking". A música "You're In My Heart", inclusive, foi dedicada ao seu amor ao seu país de origem, a Escócia. Esta paixão pode ser confirmada no videoclipe da música, onde as suas imagens dividem espaço com lances de partidas de futebol da Seleção da Escócia, que mostram a garra e a determinação de seus jogadores. Uma das cenas, por exemplo, mostra um atacante correndo atrás da bola e, sem deixá-la sair pela linha de fundo, consegue cruzá-la para a dentro da grande área.

Em 1978 lançou a canção "Da Ya Think I'm Sexy?" que em 2004 entrou na lista das 500 melhores canções da revista Rolling Stone (#301). A canção impulsionou o álbum Blondes Have More Fun...or do they? a vender 4 milhões de cópias e este foi o último álbum e Rod Stewart que chegou ao número 1 na Billboard. A canção perderia um processo por plágio para o cantor brasileiro Jorge Ben Jor, que a acusou de copiar o refrão de "Taj Mahal". Como punição Rod Stewart concordou em doar os royalties da sua canção para a UNICEF em 1979 e cantá-la no Music for UNICEF Concert feito na Assembléia Geral das Nações Unidas realizado ainda no mesmo ano.

Em 1980, Rod lançou o álbum, Foolish Behaviour, com influência new wave que não foi bem recebido. A influência new wave continuou no próximo álbum, Tonight I'm Yours que fez sucesso com as canções "Young Turks" assim como a que dava título ao álbum.

Em 18 de dezembro de 1981 Rod Stewart tocou no Los Angeles Forum, com Kim Carnes e Tina Turner. Este show foi transmitido para o mundo todo chegando a uma audiência de 35 milhões de pessoas.

1982–2001[editar | editar código-fonte]

A carreira de Rod Stewart teve uma baixa entre os álbuns Tonight I'm Yours (1981) e Out of Order (1988) segundo os críticos embora tenha conseguido alguns sucessos mas em menor proporção dos anos anteriores. Em 1983 a canção "Baby Jane" do álbum Body Wishes tornou-se sua última canção a alcançar o número 1 no Reino Unido. Neste álbum, "What Am I Gonna Do (I'm so in Love with you)" também obteve sucesso porém modesto. No ano seguinte, o álbum Camouflage ganhou o disco de ouro no Reino Unido e as canções "Infatuation" e "Some Guys Have All The Luck" alcançaram certo sucesso. Rod também se reuniu com o velho amigo Jeff Beck para gravar a canção "People Get Ready".

Em janeiro de 1985 apresentou-se no Rock in Rio para uma audiência estimada de 100.000 espectadores. Em 1986 foi a vez do lançamento do álbum Every Beat Of My Heart, cuja canção homônima atingiu grande sucesso. Em 1988 lançou o álbum Out Of Order, produzido por Andy Taylor do Duran Duran e Bernard Edwards do Chic. "Forever Young" e "Lost in You" deste álbum foram significante hits na Billboard Hot 100. "Forever Young" foi uma inconsciente revisão da canção homônima de Bob Dylan e ambos concordaram em dividir os royalties.

Em 1989 Rod fez uma versão para a canção de Tom Waits, "Downtown Train" que atingiu o número 2 nos Estados Unidos em 1990. Esta canção foi lançada em single e depois em coletâneas. O álbum Vagabond Heart de 1991 trouxe alguns sucessos como "Rhythm of My Heart", "Motown Song", "Have I Told You Lately" e "It Takes Two" esta última gravada com Tina Turner.

Em 1993 gravou "All For Love" com Sting e Bryan Adams para a trilha sonora do filme Os Três Mosqueteiros. Ainda no mesmo ano, Rod Stewart reuniu-se com Ronnie Wood para gravar o especial MTV Unplugged. No ano seguinte, ele entrou para o Rock and Roll Hall of Fame e no dia 31 de dezembro tocou para 3,5 milhões de pessoas na Praia de Copacabana no Rio de Janeiro. (recorde histórico)

Em 1995, depois de 4 anos sem lançar um álbum gravado em estúdio Rod Stewart lança A Spanner in the Works sem muito sucesso. Em 1998, ele lançou seu último álbum pela Warner Bros. contendo versões de velhas canções suas e algumas inéditas. Em 2000 Rod Stewart deixou a Warner Bros. Records e mudou-se para a Atlantic Records. No mesmo ano lançou o álbum Human. Por causa das baixas vendas, a Atlantic Records cancelou o contrato com Rod Stewart e ele acabou assinando contrato com o produtor Clive Davis e a nova gravadora J Records.

2002 — atualmente[editar | editar código-fonte]

Rod Stewart em Zaragoza na Espanha em 2006.

Atualmente Rod Stewart têm se concentrado regravando canções dos anos 30 e 40 do "Great American Songbook". O "Great American Songbook" é um termo dado para canções dos musicais da Broadway escritas por compositores como Irving Berlin, Cole Porter, George Gershwin e Ira Gershwin. O primeiro álbum da série deste songbook foi It Had to Be You ... The Great American Songbook lançado em 2002, atingiu o número 1 nos Estados Unidos e oito no Reino Unido.

O segundo álbum da série, As Time Goes By: the Great American Songbook 2, atingiu o número 2 nos Estados Unidos e quatro no Reino Unido. Em 2004 foi lançado o terceiro álbum da série, Stardust ... The Great American Songbook 3 que atingiu o primeiro lugar nos Estados Unidos vendendo mais de 200.000 cópias em sua primeira semana. Em 2005 o álbum Thanks for the Memory: The Great American Songbook 4 foi lançado.

No ano seguinte, Rod Stewart retornou ao rock com o lançamento de Still the Same... Great Rock Classics of Our Time, novamente um álbum de regravações mas com alguns clássicos do rock como a canção do Creedence Clearwater Revival, "Have You Ever Seen The Rain".

Recentemente, em 2010, o cantor lançou o penúltimo álbum da série, Fly me to the Moon: The Great American Songbook 5. Em 2011, lançou o último álbum da série, The Best Of The Great American Songbook.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Antes de fazer sucesso, Rod Stewart era coveiro.
  • Rod Stewart casou-se três vezes e teve oito filhos:
    • Casamento com Alana Hamilton: 1979-1984], com quem teve dois filhos.(Kimberly e Sean). Ex-mulher de George Hamilton ;
    • Casamento com Rachel Hunter: 1990-2006 com com quem teve dois filhos (Renee e Liam).
    • Casamento com Penny Lancaster: 2007 até hoje com com quem teve 2 filhos (Alastair Wallace)&(Aiden Stewart "born 16 February 2011").
    • Rod teve mais dois filhos com duas namoradas (Susannah Boffey e Kelly Emberg)
  • Aos 17 anos teve uma filha com Susannah Boffey, chamada Sarah. O cantor ainda vivia em casa dos pais e tocava harmónica em pub, no norte de Inglaterra, enquanto Susannah, de 17 anos, era uma estudante de arte. Depois de ter sido dada para adoção, Sarah passou vários anos em centros de acolhimento, até que foi adotada por um casal, quando tinha cinco anos. Aos 18, soube que Rod Stewart era seu pai[9] .
  • Em 1999 Rod Stewart foi diagnosticado com câncer na tireóide e por isso teve que fazer uma cirurgia em 2000[10] .
  • Ele é grande fã de futebol e torce para o clube escocês Celtic Football Club, tendo inclusivamente sido apanhado a chorar compulsivamente aquando a vitória deste clube contra o Barcelona, por 2-1, em jogo a contar para a fase de grupos da Champions League. Na Inglaterra, ele prefere o Manchester United.
  • Em 2004 recebeu uma estrela com seu nome na Calçada da Fama.
  • Em 2006 recebeu o título de Comandante do Império Britânico pela rainha Elizabeth II. Ele disse que estava muito feliz com o prêmio, quando recebeu a notícia em sua casa em Palm Springs, na California.
  • Rod Stewart actuou cinco vezes em Portugal, em 1981 no Estádio do Restelo, em Julho de 2003 no Estádio do Restelo, em Julho de 2005 no Pavilhão Atlântico a 7 de Outubro de 2007 no Casino Estoril e a 1 de Junho de 2008 no Rock in Rio.
  • Rod Stewart fez um show em 1994 na praia de Copacabana da cidade do Rio de Janeiro para 3,5 milhões de pessoas durante a comemoração do ano novo, um recorde histórico.
  • A música Hard luck woman do Kiss, foi escrita para Rod Stewart, mas ele a rejeitou.
  • A música Young Turks está presente no jogo Grand Theft Auto San Andreas , na rádio K-DST.
  • Por causa de sua paixão pelo futebol, e sua amizade com os ex-craques Paulo Cesar Caju e Marinho Chagas, nos anos 70 o cantor declarou o seu amor pelo Rio de Janeiro e pelo Fluminense Football Club, que na época possuía um time de grandes jogadores como Rivelino, Dirceu, Doval, Paulo Cesar, Carlos Alberto Torres e onde posteriormente jogou Marinho Chagas.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Sucessos em Tele-Novelas[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências

  1. Matthew Taylor (30 de dezembro de 2006). Five decades of rocking and 62 hits earn Rod CBE (em inglês) guardian.co.uk. Visitado em 29 de junho de 2011.
  2. [1] Barry's Tickets; Accessed December 2006; Claims 250 million records
  3. Matthew Taylor (30 de dezembro de 2006). The Billboard Hot 100 Top Artists of History (20-01) (em inglês) billboard.com. Visitado em 29 de junho de 2011.
  4. Mason, Stewart, "Da Ya Think I'm Sexy?" from Allmusic.com
  5. a b c Enduring career of Rod the Mod. BBC News, 29 October 2004
  6. Dafydd Rees & Luke Crampton,Q Encyclopedia of Rock Stars, (1996), Dorling Kindersley, ISBN 0-7513-0393-3
  7. a b c d Rod Stewart the Visual Documentary by John Gray, (1992), Omnibus Press, ISBN 0-7119-2906-8
  8. http://www.spinner.com/2007/04/27/20-worst-pre-rock-star-jobs-no-7/
  9. Rod Stewart dedica música a filha que deu para adoção.
  10. http://edition.cnn.com/2001/SHOWBIZ/Music/02/03/stewart/
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rod Stewart

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]