Evangeline Lilly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Evangeline Lilly
Lilly na edição de 2014 da San Diego Comic-Con International.
Nome completo Nicole Evangeline Lilly
Nascimento 3 de agosto de 1979 (35 anos)
Fort Saskatchewan, Alberta
 Canadá
Ocupação Atriz, escritora
Cônjuge Norman Kali - (2010-presente)

Dominic Monaghan - (2004-2009)

Atividade 2001-presente
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Elenco em Série Dramática
2006 - Lost
IMDb: (inglês)


Nicole Evangeline Lilly (Fort Saskatchewan, 3 de agosto de 1979) é uma atriz, modelo e escritora canadense. É conhecida por seu papel como Kate Austen na aclamada série de televisão americana Lost.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Infância e juventude[editar | editar código-fonte]

Lilly nasceu em Fort Saskatchewan, Alberta, Canadá, em uma família cristã evangélica. Seu pai é professor de economia doméstica e sua mãe consultora. Lilly tem duas irmãs. Sua irmã caçula, Andrea, foi descrita por Evangeline como "a atriz da família". Durante a infância, a família não dispunha de um aparelho de televisão em casa [1] .

Antes de deixar a cidade de Fort Saskatchewan com dez anos de idade, ela estudou em três escolas primárias: Fort Elementary, Rudolph Henning e James Mowat Elementary. Durante uma entrevista por telefone com um jornal local, o "The Record", Evangeline lembrou dizendo: "Quando eu era criança, Fort era uma cidade muito pequena. Eu podia, com cinco anos de idade, pedalar com minha bicicleta do fim da cidade para outra... Para mim, Fort Saskatchewan traz muitas boas lembranças. Eu a considero um pequeno refúgio feliz".

Lilly, por um breve período, atuou como missionária estrangeira e viveu em uma cabana nas Filipinas até completar dezoito anos. Lá foi-lhe oferecido um posto missionário por dois anos, ela quase aceitou, mas acabou recusando a pedido de seus pais [2] . Lilly foi aeromoça da Royal Airlines [3] e é fluente em francês. Também trabalhou no Green Bay Bible Camp, perto de Kelowna e no Earls Restaurant em Abbotsford, Colúmbia Britânica.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Lilly foi descoberta nas ruas de Kelowna, Colúmbia Britânica pela Agência de Modelos Ford. Embora, inicialmente, ela tenha pensado em deixar a carreira de modelo ela seguiu em frente e assinou um contrato com a Ford o que ajudou a pagar sua faculdade (University of British Columbia) e despesas. Apesar de ter assinado com a Agência Ford ela nunca atuou como modelo fashion, ela trabalhava, ao invés disso, no setor de interpretação que eles possuíam [4] .

Inicialmente ela começou aparecendo em vários comerciais provocativos para a televisão da empresa Chatline LiveLinks que oferecia um serviço com a seguinte chamada: "o melhor lugar para encontrar uma solteira, local para namorar, fazer amizades ou conversar por telefone". Sua imagem, ainda hoje, é usada para promover o serviço. Ela, também, participou no game show Judgment Day do canal G4 (2002), ainda nesse ano ela apareceu em um episódio da série Smallville numa cena na piscina. Em 2003 ela apareceu no filme Freddy vs. Jason no papel de uma colegial morta contra um armário (não creditada), ainda em 2003 ela fez uma participação no filme adolescente The Lizzie McGuire Movie como uma oficial da polícia italiana (não creditada). Ela foi convidada, também, para uma participação na série de horror sobrenatural Kingdom Hospital (2004). O primeiro papel em que Lilly apareceu falando foi em Lost (2004) interpretando a fugitiva Kate Austen.

Quando Lilly foi convidada para intrepretar Kate no seriado Lost, sua principal preocupação foi conseguir um visto de trabalho para poder entrar nos Estados Unidos. Faltando dias para o início das gravações e sem novidades sobre seu visto de entrada, os diretores de elenco foram forçados, irritadamente, a recomeçar a escalação para o papel de Kate. Após aproximadamente vinte audições, o visto de Lilly foi liberado mas ela só chegou aos sets de filmagem um dia depois.

Com o sucesso de sua personagem em Lost, ela foi votada para o Breakout Stars de 2004 pela Entertainment Weekly e em 2007 foi votada pela TV Guide como a mulher mais sexy da TV, e ainda ficou em oitavo lugar na lista das 100 mulheres mais sexy do mundo do FHM de 2006 e ficou com o segundo lugar na lista Hot 100 da Maxim, em 2005 [5] , no 67º lugar na lista de 2006 e no 68° na lista de 2007. Em 14 de dezembro de 2006, Evangeline foi indicada para o Globo de Ouro na categoria de melhor atriz em série de drama. O colunista Robert Bianco do USA Today elogiou o desenpenho de Lilly no episódio "Eggtown", dizendo que era digno de um Primetime Emmy Awards. Lilly teve bonecos de ação inspirados em sua personagem Kate Austen lançados durante as férias de 2006.

Protagonizou o suspense Depois de Partir (Afterwards) em 2008, e participou também dos filmes Guerra ao Terror (The Hurt Locker) em 2008, e Gigantes de Aço (Real Steel) da Warner Bros em 2011, ao lado de Hugh Jackman.

Lilly fez diversos trabalhos publicitários, ela foi o rosto do perfume feminino Cool Water, de Davidoff, e desde 2009 é modelo da marca de cosméticos L'Oréal.

Com o término de suas filmagens em Lost, Lilly fez planos para parar de atuar, ela recusou diversos trabalhos, porém em 2011 ela aceitou o convite do diretor Peter Jackson a estrelar o filme O Hobbit: A desolação de Smaug (The Hobbit: The Desolation of Smaug)' [6] segundo filme da franquia O Hobbit, baseado na obra de J.R.R Tolkien, onde é a única personagem feminina do filme, que aliás não está presente nos livros, mas Jackson achou que o filme precisaria de uma força feminina no elenco, e assim veio o convite. em 2014 Lilly volta a interpretar a elfa Tauriel na sequencia O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos (The Hobbit: The Battle of the Five Armies) último filme da trilogia.

Em 2015 Lilly vai estrelar o filme de super-herói Homem-Formiga (Ant-Man), da Marvel, ao lado de Paul Rudd e Michael Douglas.[7]

Literatura[editar | editar código-fonte]

Lilly na edição de 2013 da San Diego Comic-Con International.

Em 18 de julho de 2013, Lilly lançou o livro, intitulado Os Squickerwonkers. O evento de lançamento foi realizado na edição de 2013 da San Diego Comic-Con International, onde ela participou de uma sessão de autógrafos para o trabalho, além de fornecer um desempenho de leitura.[8] Lilly afirmou que a idéia do livro veio pela primeira vez quando ela tinha 14 anos. O prefácio do livro foi escrito pelo diretor Peter Jackson e pelas roteiristas Philippa Boyens e Fran Walsh. Ela descreveu o trabalho como uma série de livros gráfico projetado para crianças, afirmando que o livro é sobre uma jovem que se junta a um grupo de personagens que ela descreveu como "os Squickerwonkers, eles são criaturas estranhas que têm determinados vícios".

Lilly afirmou que os livros futuros irão cada um revelar um novo personagem.

O ilustrador do livro é Johnny Fraser-Allen, da Weta Workshop, empresa de design físico situada na Nova Zelândia, que trabalhou em filmes, incluindo a trilogia O Hobbit e a trilogia O Senhor dos Anéis. Lilly afirmou que o objetivo era fazer um livro que gostaria de ter lido quando criança.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Lilly foi casada com o jogador canadense de hockey Murray Hone [9] e, em 2009, reatou um namoro com o colega de trabalho, o também ator da série Lost, Dominic Monaghan. Seus apelidos conhecidos são "Evie" e "Monkey" (macaca), este último colocado pelos colegas de elenco devido sua grande habilidade para subir em árvores, que ela incorporou em sua personagem. Seu amigo de filmagens, o ator de Lost, Josh Holloway a apelidou de "Freckles" (Sardenta), incorporando um apelido que o seu personagem Sawyer deu à personagem dela. Também é conhecida nos sets de filmagens devido a seu comportamento de garoto, sua fé cristã e sua "boca de penico" [10] .

Já declarou que "vive numa bolha", pois ela não é familiarizada com a cultura popular e não assiste televisão nem mesmo seu próprio seriado. Já declarou, também, que não faria cenas de nudez ou atuaria em cenas de sexo o que ela considerou desnecessário.

Lilly aproveitou seu status de celebridade para ajudar a promover o Just Yell Fire, um vídeo promocional que ensina a adolescentes como se defender contra sequestradores. Lilly trabalha com organizações sem fins lucrativos, como a Campanha GO. Em 2009, ela leiloou lingeries personalizadas em apoio a Task Brasil, uma organização sem fins lucrativos dedicada a ajudar as crianças de rua do Brasil, proporcionando-lhes habitação segura. Em 2010, ela leiloou três almoços em Vancouver, Honolulu, e Los Angeles para ajudar viúvas e órfãos em Ruanda, um país onde ela fez inúmeras viagens como parte de seu trabalho de caridade.

Em 20 de dezembro de 2006, a casa de Lilly em Kailua, Hawaii ficou completamente destruída por um incêndio enquanto ela estava nos sets de filmagens de Lost [11] . A causa do incêndio foi determinada como sendo por falha elétrica.

Em 9 de maio de 2007 em um episódio do Jimmy Kimmel Live, Evangeline contou sobre sua profunda necessidade de deixar sua cidade natal após a formatura na escola secundária. Ela viajou muito até chegar ao ponto onde sua vida se encontra hoje, mudando de cidade em cidade, aproximadamente a cada seis meses. Declarou, também, que em cada cidade ela adotava uma personalidade diferente, por exemplo, ela poderia decidir que em uma cidade assumiria a identidade de uma "CDF" e em outra decidir que seria uma irresponsável líder de torcidas e, de brincadeira, declarou que dessa maneira poderia namorar diferentes homens.

Em maio de 2011 nasceu seu filho, fruto do relacionamento com seu namorado Norman Kali. [12]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Título Título (Brasil) Papel
2003 Stealing Sinatra Stealing Sinatra Modelo em comercial
The Lizzie McGuire Movie Lizzie McGuire - Um Sonho Popstar Oficial da Polícia
Freddy vs. Jason Freddy vs. Jason Colegial morta
2004 White Chicks As Branquelas Participante da festa
2005 The Long Weekend Quase Virgem Simone
2008 The Hurt Locker Guerra ao Terror Connie James
Afterwards Depois de Partir Claire
2011 Real Steel Gigantes de Aço Bailey Tallet
2013 The Hobbit: The Desolation of Smaug O Hobbit: A desolação de Smaug Tauriel
2014 The Hobbit: The Battle of the Five Armies O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos Tauriel
2015 Ant-Man Homem-Formiga Hope Van-Dyne
Televisão
Ano Título Papel Episódios
2002 Judgment Day Garota JD 1 Episódio
2002 / 2004 Smallville Namororada de Wade 5 episódios
2003 Tru Calling Participante da festa 1 episódio
2004 Kingdom Hospital Namorada de Benton 1 episódio
2007 Punk'd Ela mesma 1 episódio
2004 / 2010 Lost Kate Austen 114 episódios

Pricipais Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Globo de Ouro Golden Globe icon.svg
Ano Categoria Título Resultado
2007 Melhor atriz em série de drama Lost Indicado
Screen Actors Guild
Ano Categoria Título Resultado
2006 Melhor elenco Lost Venceu
2009 Melhor elenco Guerra ao Terror Indicado
Critics' Choice Awards
Ano Categoria Título Resultado
2014 Melhor atriz em filme de ação O Hobbit: A Desolação de Smaug Indicado
Satellite Awards
Ano Categoria Título Resultado
2005 Melhor atriz em série de drama Lost Indicado
Saturn Awards
Ano Categoria Título Resultado
2005 Melhor atriz em série de drama Lost Indicado
2006 Melhor atriz em série de drama Lost Indicado
2007 Melhor atriz em série de drama Lost Indicado
2008 Melhor atriz em série de drama Lost Indicado
2009 Melhor atriz em série de drama Lost Indicado
2010 Melhor atriz em série de drama Lost Indicado
2014 Melhor atriz coadjuvante em filme de ação O Hobbit: A Desolação de Smaug Indicado

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Evangeline Lilly