Kate Austen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde julho de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.


Kate
Personagem de Lost
Evangeline Lilly-D.jpg
Evangeline Lilly é Kate
Nome Katherine Anne Austen
Residência
formal
Sioux City, Iowa, EUA
Interpretado por(s) Evangeline Lilly
Projeto Lost

Katherine Anne Austen, mais conhecida como Kate, é uma personagem fictícia do aclamado seriado norte americano de suspense/drama Lost, interpretada pela atriz Evangeline Lilly. É apresentado pelo canal ABC.

Antes da ilha[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Kate nasceu em 1977 em Iowa (EUA) e lá foi criada por sua mãe Diane (garçonete de um pequeno restaurante em Iowa) e Sam Austen (soldado do exército americano e veterano da Guerra do Golfo), foi Sam quem ensinou Kate a rastrear e caçar cervos na floresta durante sua infância. Quando jovem, Kate e seu amigo Tom enterraram juntos uma cápsula do tempo sob uma imensa árvore. Mais tarde, os pais de Kate se divorciaram e Diane casou-se novamente, com um alcoólatra abusivo chamado Wayne, com quem já tinha se relacionado anteriormente. Kate detestava Wayne intensamente, porque ele abusava de sua mãe e, quando bêbado, assediava Kate também. Já adulta, Kate percebeu que a única maneira de ajudar sua mãe era matando Wayne, então ela faz uma apólice de seguro para a casa de sua mãe antes de explodi-lá com Wayne em seu interior, em seguida confessa a sua mãe o que fez para, então, desaparecer. Diane, ao invés de ficar agradecida, chama a polícia, resultando na prisão de Kate numa estação de ônibus pelo agente federal Edward Mars (“What Kate Did”).

Enquanto Mars a leva para uma delegacia, um cavalo negro cruza na estrada o faz perder o controle do veículo causando um acidente, Kate aproveita para fugir deixando Mars machucado para trás (“What Kate Did”). Kate viaja para se encontrar com Sam, que revela a ela que no momento de sua concepção ele se encontrava na Coréia sendo Wayne seu pai biológico e não ele, e que Kate havia assassinado seu verdadeiro pai (“What Kate Did”). Debilitada devido sua relação com Wayne, Kate continua seu estilo de vida como fugitiva, porém ainda determinada a saber quais foram os motivos que levaram sua mãe a denunciá-la para a polícia. Sob o nome falso de Lucy, ela conhece uma desafortunada artista chamada Cassidy Phillips, que a ajuda a encontrar Diane no restaurante, onde descobre que mesmo com o comportamento abusivo de Wayne, Diane ainda o amava. Antes da saída de Kate, Diane a avisa não chamará a polícia mas que na próxima vez que elas se encontrassem, ela imediatamente chamaria por ajuda. Após esse encontro, Kate agradece a ajuda de Cassidy e admite em uma conversa que nunca pode perdoar a mãe pelo que ela fez e antes de deixar sua nova amiga, revela que seu verdadeiro não é Lucy (“Left Behind”).

Kate foge para Miami, onde conhece, se apaixona e se casa com um policial chamado Kevin Callis, desta vez ela assume o nome de Mônica. Antes do casamento, Kate telefona para Mars e implora para que ele pare de procurar por ela, o que ele concorda em fazer desde que Kate prometa que finalmente irá se estabilizar nesse lugar, coisa que Kate e Mars sabem que ela é incapaz de fazer. Depois de quase ficar grávida e Kevin comprar duas passagens da Oceanic Airlines para a Costa Rica para sua lua de mel, Kate confessa seu passado como fugitiva e coloca um forte sedativo na bebida de Kevin, drogando-o, antes de desaparecer novamente (“I Do”).

Depois de meses viajando pelo país sob numerosas identidades, carros e penteados, Kate descobre que Diane está muito doente podendo morrer por causa de um câncer e decide visitá-la. Kate se reencontra com seu amigo de infância Tom, que a ajuda a desenterrar sua cápsula do tempo, que contem uma grande variedade de itens, incluindo um pequeno avião de brinquedo que pertencia a Tom. Tom, agora é médico, e consegue fazer com que Kate se encontre com Diane. Kate tenta se desculpar com sua mãe, mas Diane grita por socorro, fazendo com que Kate fuja do hospital com Tom. Durante a fuga de carro, uma policial abre fogo contra eles matando Tom e forçando Kate a fugir da cena do acidente, deixando para trás Tom e seu brinquedo de infância (“Born to Run”).

Numa tentativa de prender Kate, Mars a avisa que o aviãozinho de brinquedo (que ele sabia que tinha grande valor sentimental para Kate) estava guardado em um banco no Novo México e meses depois Kate simula um assalto a este banco juntamente com muitos criminosos na tentativa de se infiltrar no cofre, onde o avião de brinquedo estava guardado, nessa ocasião ela atira na perna do líder do grupo Jason, pelo qual estava apaixonada, para evitar que ele ferisse os outros clientes, em seguida chamou a polícia. Nessa ocasião ela estava disfarçada sob o nome de Maggie (“Whatever The Case May Be”).

Ainda fugindo, ela segue para a Austrália onde, enquanto dormia em um celeiro, acaba sendo descoberta por um fazendeiro, Ray Mullen. Se identificando como uma andarilha canadense, Kate permanece na fazenda onde trabalha por três meses, guardando seu salário num buraco na despensa da casa. O fazendeiro flagra Kate tentando ir embora escondida e oferece uma carona para a cidade mais próxima na manhã seguinte. Porém, durante essa viagem, Kate descobre que o fazendeiro havia descoberto sua real identidade através de um cartaz de procurada no correio local e comunicou seu paradeiro a Edward Mars, em troca de uma recompensa de US$23,000. Kate toma, à força, a direção do caminhão fazendo com que ele tombasse em um campo, mas ao invés de fugir, ela resolve ajudar o fazendeiro inconsciente que estava preso dentro do veículo, permitindo que Mars a capturasse (“Tabula Rasa”).

Escoltando ela, algemada, para o aeroporto de Sydney, Mars revela às autoridades locais o passado criminoso de Kate e mostra sua bagagem de mão lacrada com cinco armas de fogo. Eles embarcam no voo 815 da Oceanic Airlines com destino a Los Angeles. A bordo do avião, Mars algema Kate em sua poltrona no meio da fila, na sessão intermediárial do avião. Enquanto o avião atravessava uma forte turbulência, Mars é nocauteado por uma mala que cai do compartimento de bagagens sobre sua cabeça. Kate aproveita a situação e rouba as chaves das algemas e posiciona a máscara de oxigênio no rosto de Mars antes de fazer o mesmo consigo, nesse momento o avião se despedaça e cai na ilha.

Na ilha[editar | editar código-fonte]

Primeira Temporada[editar | editar código-fonte]

Tendo sobrevivido ao acidente, Kate se livra das algemas (essas mesmas algemas são encontradas, posteriormente, por Walt e usadas para prender Jin) e cambaleante segue para dentro da floresta para encontrar um ferido Jack, onde concorda em suturar seus ferimentos. Naquela mesma noite, os dois, acompanhados por Charlie, exploram o interior da floresta a procura da cabine do piloto que estava desaparecida. Os três descobrem a cabine e, também, Seth Norris, o piloto que havia sobrevivido à queda. Assim que eles recuperam o rádio transceiver são surpreendidos com a chegada do “Monstro”, que enfurecido ataca e mata Seth. Kate regressa à praia com Jack e Charlie e se une a inúmeros outros sobreviventes e, junto com Sayid, descobre um pedido de socorro pelo rádio, era um sinal em loop enviado pela francesa Danielle Rousseau e que parecia estar rodando por 16 anos (“Pilot – Part 02”).

Mais tarde, Jack conta a Kate que ele sabe que ela é uma fugitiva da polícia. Ela examina o gravemente ferido Edward Mars, que estava sendo tratado por Jack, somente para ser estrangulada. Após esse incidente, ela pede que Sawyer o mate em seu nome mas isso não foi necessário, Mars acaba por tirar a própria vida, sabendo que seu ferimento era letal e que lhe restariam apenas alguns poucos e dolorosos dias de vida. Posteriormente, Jack acaba descobrindo as cavernas mais no interior da ilha, porém Kate decide permanecer na praia e se prepara para ajudar Sayid a localizar a origem do sinal de socorro que eles estavam captando, mas Sawyer a informa que Jack está preso dentro de uma caverna, Kate abandona sua missão ao lado de Sayid para tentar ajudá-lo. Quando Sawyer está sendo torturado por Sayid para encontrar o inalador para asma de Shannon, que todos acreditavam estar de posse dele, Sawyer diz que somente contará se Kate o beijar (eles trocam seu primeiro beijo). Depois do beijo ele revela que não sabe onde o inalador está e Kate lhe dá um soco (“Confidence Man”).

Kate ajuda Sun em seu jardim e descobre que a coreana entende e fala inglês. Kate mantém uma atitude solidária ajudando todos no acampamento, como quando ela participa do grupo que saiu a procura dos desaparecidos Claire e Charlie, conseguindo encontrar Charlie dependurado pelo pescoço (“All The Best Cowboys Have Daddy Issues”).

Mais tarde, Kate e Sawyer descobrem o paradeiro da maleta do agente federal dentro de uma cachoeira e acabam brigando pela posse da mesma, mas Sawyer não consegue abri-la de maneira alguma. Kate eventualmente conta para Jack sobre o conteúdo da maleta, eles exumam o corpo de Mars atrás das chaves, e uma vez aberta ele acaba confiscando o conteúdo. Kate não se importa pois o que ela queria mesmo era o aviãozinho de Tom que também estava na maleta ("Whatever the Case May Be"). Mais tarde ela informa a Nikki e Paulo o conteúdo original da maleta e onde ela a encontrou (“Exposé”).

Duas semanas mais tarde, quando Claire retorna, ela também ajuda na captura de Ethan Rom. Depois, Sawyer pede ajuda de Kate para rastrear um javali que, segundo ele, o estava incomodando constantemente. Kate caçoa da situação de Sawyer, mas apesar de tudo, concorda em ajudá-lo. De volta ao acampamento, Kate acaba por confessar, em um jogo do tipo “Eu nunca…”, que já matou alguém, nesse mesmo jogo ela acaba conhecendo alguns segredos obscuros de Sawyer. No momento em que se encontrava nas cavernas com Jack, ela é enviada para buscar álcool quando Locke aparece carregando um mortalmente ferido Boone. Ela desvia seu caminho até a praia quando descobre Claire no meio da floresta em trabalho de parto e sabe que deve fazer o parto sem a ajuda de Jack (“Do No Harm”).

Kate começa a se preocupar com o bem estar de Jack e, por isso, o droga para que conseguisse um merecido sono. Mais tarde, Jack e Kate descobrem que a chave da maleta de armas está desaparecida, e eles encontram, mais tarde, na floresta, Shannon apontando uma das armas na direção de Locke. Depois Rousseau chega à praia para informar aos sobreviventes sobre a chegada iminente dos Outros, ela leva Kate, Jack, Locke, Hurley e Dr. Arzt até o navio Rocha Negra, onde eles tentam conseguir alguma dinamite para levar até à escotilha recém descoberta na floresta. Após a morte súbita de Dr. Arzt, Kate oferece-se para carregar a dinamite em sua mochila; ela descobre que Jack trocou com sua mochila com a dela momentos antes de entregá-la. Chegando à escotilha, Kate ajuda a preparar a detonação. Uma vez com a porta da escotilha aberta, ela e os outros entram (“Exodus – Parte 03”).

Segunda Temporada[editar | editar código-fonte]

A despeito das objeções de Jack, Kate e Locke decidem descer para dentro da escotilha. Kate é quem desce primeiro e, uma vez lá dentro, ela é capturada por Desmond que ordena que ela prenda Locke, enquanto este revela a Desmond o passado criminoso de Kate. Kate é presa, amordaçada e trancafiada dentro do depósito de mantimentos onde Locke, disfarçadamente, lhe entrega uma faca com a qual ela consegue se libertar. Kate arrasta-se através dos dutos de ar e chega até uma sala com um computador, onde ela domina Desmond após a chegada de Jack. Acidentalmente Kate danifica o computador com um disparo, deixando Desmond em pânico que foge em seguida para a floresta (“Orientation”).

Quando Jack retorna, Kate é colocada para digitar os números no computador que foi consertado por Sayid. Após isso, Jack e Kate estão jogando golfe quando eles encontram Mr. Eko surgindo do meio da floresta carregando Sawyer gravemente ferido. Os demais sobreviventes da parte traseira do avião também chegam ao acampamento acompanhados por Jin e Michael. Kate permanece ao lado de Sawyer por bastante tempo enquanto ele estava inconsciente. Jack faz com que ela descanse um pouco e pede para que ela traga um pouco de comida para Sawyer. Enquanto pegava algumas frutas Kate se depara com o cavalo negro de seu passado. Ao retornar para a escotilha, Kate alucina que Wayne está falando através de Sawyer, emocionando-se e abandonando seu posto de cuidadora de Sawyer e de digitar os números no computador da Escotilha Cisne. Mais tarde ela encontra-se sentada na floresta quando Jack a encontra e pergunta admirado o que ela está fazendo ali fora ao invés de estar cuidando de Sawyer, Kate se desculpa dizendo que ela não é tão perfeita quando ele e que esse lugar (a ilha) a está deixando maluca. Kate, então, beija Jack mas logo em seguida corre de volta para Sawyer. Ela confessa, parcialmente, seu crime para Sawyer que acabara de recobrar a consciência. Kate o auxilia a sair da escotilha e ambos vêem o cavalo negro (“What Kate Did”).

Quando Michael desaparece para procurar seu filho, Kate se oferece para segui-lo, mas sua oferta é descartada por Jack. Inflexível sobre o fato de ajudá-los na procura por Michael, elas os segue de longe, mas acaba sendo capturada e amordaçada por Tom. Os Outros trocam a liberdade de Kate pelas armas que os sobreviventes tinham no arsenal da escotilha. Sawyer fica furioso e ameaça Tom enquanto Jack hesita em entregar as armas. Após entregarem as armas e resgatarem Kate, Sawyer simpatiza com as ações da moça, enquanto Jack passa a tratá-la friamente.

Algum tempo depois, Kate se viu vítima de um golpe, arquitetado por Sawyer, supostamente para conseguir acesso às armas remanescentes do arsenal da escotilha e aos remédios do acampamento. Quando o bebê de Claire adoece, Kate se une a ela para irem à floresta a procura de Rousseau. As três caminham ilha a dentro e descobrem uma nova escotilha: a Estação Médica (Escotilha Cajado). Lá dentro, Kate explora o vestiário e descobre uma caixa contendo materiais para disfarce, incluindo uma barba falsa que anteriormente havia sido usada por Tom. Como não conseguem encontrar o que Claire estava procurando ambas retornam ao acampamento. Kate conta a Jack suas descobertas que deduz que os Outros não são a gentalha desorganizada que parecem ser (“Maternity Leave”).

Sun confidencia à Kate que está grávida, e a ajuda a lidar com a novidade. Posteriormente, Jack e Kate descobrem um misterioso e despercebido carregamento de comida na floresta. Eles retornam à escotilha, onde o refém “Henry Gale” é desmacarado como sendo um impostor. Mais tarde, Kate se une a Jack numa viagem ao local onde eles, anteriormente, haviam encontrado os Outros. No caminho eles são, momentaneamente, capturados por uma das armadilhas de Rousseau. Ambos montam um acampamento, onde Kate se desculpa por ter beijado Jack e ele diz que não se desculpa por ela ter o beijado, quando Michael, exausto e cambaleante, surge por entre os arbustos (“S.O.S.”).

Michael, quando se recupera, convida Kate a segui-lo até o acampamento dos Outros, ela prontamente aceita. Quando descobrem que Ana Lucia havia roubado a arma que estava de posse de Sawyer, Kate, Jack, Locke e Sawyer dirigem-se para a escotilha e encontram Ana Lucia morta, Michael e Libby gravemente feridos e Henry Gale desaparecido. Kate censura Jack quando ele decide sair para procurar Henry que havia fugido lembrando-o que Libby estava em estado grave precisando de assistência médica. Kate ajuda carregar os dois corpos (de Ana Lucia e Libbiy) até a praia onde acaba confortando Hurley pela perda de Libby. No dia seguinte, Kate, Jack, Sawyer e Hurley unem-se a Michael e dirigem-se ao acampamento dos Outros. No caminho, Kate e Sawyer, matam dois dos Outros que tentavam emboscá-los e acabam fazendo com que Michael revelasse suas verdadeiras intenções ao trazê-los juntos com ele. Mais a frente, eles são emboscados, amordaçados, amarrados e levados até um píer (Pala Balsa). Kate, ainda, testemunha Michael deixar a ilha junto com seu filho Walt, enquanto ela, Jack e Sawyer são levados embora junto com os Outros (“Live Together, Die Alone”).

Terceira Temporada[editar | editar código-fonte]

Kate desperta em um vestiário sob a supervisão de Tom. Ela é forçada a retirar suas roupas e se banhar para então ser levada na companhia de Ben para um café da manhã. Ben obriga Kate a algemar-se e lhe revela que as próximas duas semanas serão muito desagradáveis. Após esse evento ela é trancafiada em uma jaula próxima e àquela que Sawyer está preso (“A Tale of Two Cities”).

Os dois são forçados a trabalhar para os Outros, em uma espécie de pedreira, sob o olhar atento de Pickett. Sawyer se rebela e beija Kate,fazendo com que os Outros se enfurecessem mas mesmo assim Sawyer consegue manter o controle da situação e só se rende quando Kate é colocada sob mira de uma arma apontada por Juliet (“The Glass Ballerina”). Mais tarde, Kate escala para fora de sua jaula e tenta escapar com Sawyer que se recusa a sair e finalmente revela que não existe meio de deixar o local porque eles estão em uma ilha diferente daquela que eles caíram.Kate o beija,eles fazem sexo e trocam carícias,e mais tarde são observados por Jack na sala de vigilância. Um pouco mais cedo, no mesmo dia, Juliet pede para Kate convencer Jack a fazer a cirurgia em Ben, dizendo que Pickett matará Sawyer do contrário. Kate tenta convencer Jack,mas Jack não aceita.

No dia seguinte Kate é forçada a assistir Pickett ameaçar matar Sawyer, em vingança pela morte de sua esposa.Ela tenta impedir a morte de Sawyer a qualquer custo,dizendo que faria o que Picket pedisse para Sawyer não morrer.Ele quer que ela assista. Jack se comunica com Kate através do rádio de Pickett informando a ela que ele ganharia tempo para a fuga deles. Pickett é trancado em uma das jaulas e eles fogem em direção à praia (“I Do”), no caminho encontram Alex que lhes dá um barco por ajudarem no resgate de seu namorado Karl. Ao chegarem na praia são abordados e Sawyer é novamente colocado sob a mira da arma de Pickett e Kate se desespera.Mas antes que ele pudesse fazer qualquer coisa Juliet chega e o mata. Novamente Jack se comunica com Kate através do rádio e pede a ela que não retorne para tentar resgatá-lo.Kate e Sawyer vão para ilha do seu acampamento.

Durante a travessia, Kate pede que retornem para resgatar Jack, mas Sawyer diz que eles quase foram mortos quando estavam com os Outros e não deixa. Ao chegarem na ilha, Karl lhes revela que os Outros moram nessa mesma ilha e acaba fugindo logo após (Stranger In a Stranger Land”). Ao chegarem a praia, Kate convence Sayid e Locke a resgatar Jack. Eles avançam floresta a dentro a procura de Rousseau que concorda em ajudá-los após saber da situação de sua filha Alex (“Tricia Tanaka is Dead”). Os quatro cruzam a floresta e culminam por descobrir a existência de uma nova estação: a estação Chama. Lá são recebidos por Mikhail que se faz passar por um inocente sobrevivente da Iniciativa Dharma, mas acaba por ser revelado com membro dos Outros. Kate e Sayid o capturam como refém, assim como Bea, que foi encontrada escondida no porão da Estação. Eles abandonam a Estação Flama durante a noite e são surpreendidos por sua destruição ("Enter 77"). Os quatro, agora acompanhados por Mikhail, retomam sua longa caminhada à procura de Jack e no caminho acabam encontrando uma cerca sônica. Kate sugere que eles a cruzem passando por sobre a barreira sônica e eventualmente chegam quartel dos Outros, onde Kate fica chocada ao ver Jack jogando futebol americano com Tom, um Outro (“Par Avion”).

Kate espera o anoitecer para tentar resgatar Jack mas acaba capturada. Suas mãos e tornozelos são amarrados e ela é amordaçada e levada como refém. Kate acorda presa e algemada na sala de jogos dos Outros e recebe a visita de Jack,que veio se despedir.Ele lhe explica que havia feito um acordo com os Outros,em troca da cirurgia feita em Ben,ele iria embora da ilha através do submarino, mas que voltaria para resgatá-los (“The Man From Talahasse”). Mais tarde ela desmaia pelo efeito de gás sonífero e quando acorda, na manhã seguinte, se descobre algemada à Juliet no meio da floresta. As duas brigam constantemente até o momento em que são caçadas pelo “Monstro” e conseguem escapar dele se refugiando dentro da área demarcada pela cerca sônica e é nesse momento que Juliet retira as algemas, revelando que sempre esteve com as chaves. Nessa mesma ocasião Juliet revela à Kate que Jack havia visto ela e Sawyer através das câmeras da Estação Hydra e que ele havia pedido que ela não retornasse pois estava magoado com ela. De volta ao quartel dos Outros, Kate encontra Jack inconsciente dentro de uma das casas, assim que ele acorda Kate se desculpa insistentemente por todos os problemas que ela causou e Jack a ignora,com raiva. Juntamente com Sayid,Jack e Juliet, para a praia (“Left Behind”).

Ao chegarem à praia, Kate fica feliz em ver Sawyer e ele aliviado em ver que ela estava bem.Os dois se abraçam fortemente.

Kate continua muito cautelosa em relação à Juliet,que antes havia apontado uma arma em sua cabeça. Quando Claire cai, repentinamente, doente Juliet explica para Kate e Jack sobre as mortes das mulheres grávidas na ilha (“One of Us”). Kate fica preocupada com a situação de Sun e lhe conta que quando Claire ficou doente, Juliet pôde ajudar porque sabia o que estava acontecendo com ela graças à pesquisa que tinha feito. Sun, então foi procurar Juliet e Kate tentou impedir, mas não conseguiu. ("D.O.C.") Tempos depois, ela descobre que Sayid possui um telefone via satélite e acaba sabendo da chegada de Naomi na ilha e dos verdadeiros motivos que levaram Juliet a estar no acampamento. Kate quebra sua promessa com Sayid e informa Jack sobre a presença de Naomi e diz que seus amigos não confiavam mais nele,e Jack ignora o comentário. Naquela mesma noite, durante uma discussão no acampamento, Jack e Juliet confessam que estavam sendo desonestos até aquele momento e contam sobre o seqüestro que os Outros realizariam na manhã seguinte e sobre seus planos para detê-los (“The Brig”). Todavia, Karl chega ao acampamento prevenindo-os da iminente chegada dos Outros que haviam adiantado seus planos, Kate vai juntamente com a maioria dos sobreviventes até a torre de rádio. No meio do caminho, Kate percebe que Sawyer vinha agindo fria e estranhamente e o pergunta o porque disso e se assusta por ele chama-la de Kate(Sawyer apelida Kate de Sardenta).Kate comenta que está preocupada com os sobreviventes que ficaram na praia e que pensa em voltar para ajudá-los e Sawyer não mostra muito interesse em voltar. Ela também conta a Sawyer que Juliet havia se infiltrado no grupo para descobrir quais mulheres estavam grávidas e que ela podia estar entre elas.Sawyer disse que deveriam torcer para que ela não estivesse. De volta a caminhada, ela se assustou com o fato de Sawyer ter decidido de repente voltar à praia para saber o que tinha acontecido com os sobreviventes. Quando se ofereceu para ir junto, Sawyer se recusou a deixa-la acompanha-lo e retrucou dizendo que o golpista a pouco tempo nem queria ir.Sawyer é grosso e respondeu que não queria era ir com ela. Juliet então se ofereceu para ir com o golpista e se despediu de Jack com um romântico beijo.

Durante a caminhada, ela parou para tirar pedras dos sapatos,Jack percebeu a tristeza de Kate em razão da discussão com Sawyer anteriormente e se aproximou para conversar. Ele disse que Sawyer tinha recusou sua companhia simplesmente porque queria protegê-la, coisa que ele tentou fazer sem sucesso quando pediu para ela não voltar para busca-lo(I Do). Sem entender nada, a Sardenta perguntou porque o médico estava defendendo o golpista e ele respondeu que é porque ele a ama. Kate ficou muito surpresa com a resposta. No caminho para a torre de rádio o grupo de sobreviventes encontra Ben e Alex na floresta, nesse momento Ben é feito refém e Alex finalmente se reencontra com Rousseau. Finalmente eles alcançaram a Torre de Rádio e, na sala de controle, Rousseau interrompeu sua mensagem. Naomi resolveu sair para conseguir um sinal e ao detectar um, foi atingida nas costa por uma facada dada por Locke. Ele também tentou impedir e chegou a atirar na direção de Jack para que ele não fizesse ligação com o mundo exterior, mas não conseguiu o que queria. O médico falou através do telefone e pediu que determinassem sua localização e enviassem resgate. Ao ouvir as boas novas,Kate ficou extremamente feliz ("Through the Looking Glass").

Quarta Temporada[editar | editar código-fonte]

Kate, assim como os demais sobreviventes, está animada com a possibilidade de finalmente ser resgatada. Porém, quando Naomi desaparece, ela acha o que acredita ser uma trilha. Jack, entretanto, pretende seguir uma diferente trilha achada por Rousseau, e diz a Kate para ela levar o resto dos sobreviventes de volta para a praia. Kate parece concordar e dá um abraço em Jack, mas nesse momento, ela rouba de Jack o telefone via satélite pertencente a Naomi e parte para seguir a trilha que ela achou. Kate descobre estar correta, e depois de uma breve conversa com Minkowski pelo telefone, na qual ela diz que eles estão "procurando por" Naomi, ela é atacada por Naomi, que acredita que os sobreviventes querem matá-la. Kate se esforça para convencer Naomi que Locke a atacou sozinho, e quando Naomi fala pelo telefone com Minkowski, ela não revela como foi ferida.

Depois de Naomi definitivamente morrer por causa do ferimento ocasionando pela facada dada por Locke, Kate se reencontra com os demais sobreviventes na floresta, na cabine do piloto do avião onde ela notifica a todos sobre a morte de Naomi. Quando o grupo de sobreviventes se divide entre aqueles que querem permanecer na ilha e aqueles que querem ser resgatados, Kate permanece ao lado de Jack e aqueles que tentam deixar a ilha. Com o grupo dividido, Kate segue Jack na tentativa de fazer contato com a equipe de resgate. Kate fica preocupada ao ver que Sawyer seguirá com Locke e o grupo que quer permanecer na ilha. Enquanto ela e Jack se encaram dentro do que sobrou da cabine do piloto do avião eles relembram de Charlie, nesse momento eles ouvem os rotores de um helicóptero sobre suas cabeças. Kate está ao lado de Jack quando Daniel Faraday cai de pára-quedas na ilha e comunica a eles que é membro de uma equipe que está lá para resgatá-los ("The Beginning of the End").

Kate e Jack concordam em ajudar Daniel Faraday, o pára-quedista, a encontrar os outros membros de sua equipe, que foram forçados a pular do helicóptero por problemas mecânicos. Kate acha que Daniel realmente veio resgatá-los e quando Minkowski pergunta se Daniel está no viva-voz e o físico se desculpa, Kate ainda diz que Naomi mentiu por eles. Jack duvida e mostra a Kate que Daniel está com uma arma nas costas. Quando encontram Miles, o caçador de fantasmas finge estar morto e mantém Jack e Kate na mira de uma arma. Kate tenta pegar a arma de Daniel Faraday, mas Miles a interrompe, perguntando aonde estava Naomi, alegando que Kate havia matado a pára-quedista. Quando Miles conta que "apenas diga para a minha irmã que eu a amo", é um código para: "estou na mira de uma arma", Kate conta que foi Locke quem matou Naomi, mas diz que ele não está mais com eles agora. Eles levam Miles até o corpo de Naomi e ele, de algum jeito, se comunica com a alma de Naomi e sabe que foi realmente Locke quem a matou. Mesmo com os comentários de Daniel, dizendo que Jack e Kate são boas pessoas, Miles ainda têm suspeitas.

Juliet e Sayid chegam a tempo de desarmar Miles e Daniel. O grupo continua a procurar o helicóptero e seu piloto, mas acabam presumindo que Charlotte foi capturada pelo grupo de Locke quando encontram Vincent carregando o rádio localizador dela. Eles continuam procurando o piloto do helicóptero Frank Lapidus, mas ainda estão inseguros sobre as intenções do grupo que caiu na ilha. Uma vez reunidos com Frank, este conta que conseguiu aterrissar com segurança o helicóptero após serem atingidos por uma tempestade elétrica e que a aeronave possui combustível suficiente para tirá-los da ilha. Kate, ainda, fica assustada ao saber que o grupo está, na verdade, procurando por Benjamin Linus. ("Confirmed Dead")

No episódio “The Economist”, Kate se une a Sayid e Miles em sua viagem ao quartel de Locke para tentar resgatar Charlotte, ao entrarem na vila tudo parece estar vazio, mas chegando lá, Kate escuta gritos abafados vindo de dentro de uma das casas. Com Sayid e Miles, ela investiga o barulho e encontra Hurley amarrado dentro de um armário. Ele diz ao grupo que Locke ficou louco e que o amarrou, e depois iria embora da vila, mas antes passaria na casa de Ben. O grupo vai até a casa de Ben para investigar, e enquanto Kate está investigando o quarto de Ben, Sawyer entra e faz sinal para ela não fazer barulho. O grupo é capturado e separado na esperança de revelarem algum informação útil sobre o grupo que chegou à ilha. Kate é presa no mesmo quarto que está Sawyer que lhe pergunta o motivo de querer sair da ilha, uma vez que lá fora era será presa e acabará numa cela e pede a ela uma chance de arrumar as coisas, Kate concorda em ficar. Mais tarde, quando Sayid volta com Charlotte, ele diz a Jack que Kate decidiu ficar e o médico fica visivelmente triste com a notícia.

Kate fica na vila dos Outros no quartel juntamente com Sawyer por um período de dois dias, ela está muito interessada em saber como Miles sabia a respeito de seu passado, então ela pede permissão a Locke para ver e falar com Miles, mas Locke frustrado por não ter obtido nenhum progresso no interrogatório de seu prisioneiro lhe diz não. Mas Kate não aceita essa resposta e descobre onde Miles está sendo mantido aprisionado e pede para ele contar o que sabe sobre seu passado. Miles lhe propõe um acordo prometendo contar tudo a ela se Kate conseguir um encontro entre ele e Ben. Kate visita Sawyer e lhe pede ajuda. Então Sawyer distrai Locke tempo suficiente para Kate libertar Miles, após isso Sawyer conta a Locke sobre os planos de Kate. Locke pega sua arma e uma lanterna e vai verificar seu prisioneiro apenas para descobrir que ele não estava mais lá. Enquanto isso, Kate leva Miles para ver Bem e testemunha Miles pedindo 3,2 milhões de dólares a Ben e em troca, dirá a todos que o líder dos Outros está morto. Após a conversa deles, Milles conta a Kate que a tripulação do cargueiro sabia que ela é uma criminosa e que ela será processada e presa se deixar a ilha. Eles são capturados por Locke que bani Kate do quartel. Ela vai até a casa de Sawyer, aonde eles dormem juntos, mas não fazem sexo. Pela manhã, os dois acabam brigando sobre Kate não estar grávida e diz a Kate que ela está procurando uma razão para ir embora. Ele diz que depois de uma semana na praia, ela irá brigar com Jack e voltará aos braços dele. Kate lhe dá um tapa e começa a voltar para a praia. ("Eggtown")

No caminho de volta, Kate encontra Daniel e Charlotte indo para a Estação Tempestade. Ela descobre que eles estão mentindo e encontra suas máscaras de gás, mas Charlotte bate em sua cabeça e Kate desmaia. Jack e Juliet encontram Kate desmaiada e enquanto Jack a ajuda, Juliet foge para a estação Estação Tempestade. Indo atrás de Juliet, Kate conta a Jack que ficou na vila para saber se os tripulantes do cargueiro sabiam que ela era uma fugitiva. Mais tarde, os dois encontram a referida estação quando Juliet já havia controlado a situação. Kate aponta uma arma para Charlotte, mas a ruiva se desculpa e pede para Kate entrar com ela, para que expliquem que eles acabaram de salvar a todos. ("The Other Woman")

No dia seguinte, Kate, junto de Jack, Juliet, Faraday e Charlotte voltam à praia. Sun e Jin vão falar com a morena e perguntam o que aconteceu. Kate conta que Charlotte bateu nela e fala sobre os acontecimentos na estação Tempestade. Ela ainda diz que Juliet mentiu sobre a estação e quando Sun pergunta se eles falaram sobre resgate, Kate diz que eles já falaram de tudo, mas nada tinha a ver com resgate. Mais tarde, quando Sun decide ir até o acampamento de Locke com Jin, ela pede ajuda a Kate. A fugitiva desenha um mapa até o caminho e dá algumas instruções. Kate diz que terá de contar a Jack, mas que dará vantagem a eles. Ela abraça Sun e se despede, mas quando Juliet chega para impedí-los, Kate presencia toda a cena dos três. ("Ji Yeon")

Fora da ilha[editar | editar código-fonte]

Kate retorna à Califórnia, como uma heroína por ter salvo 5 vidas durando o acidente do vôo 815 da Oceanic Airlines. Entretanto, Kate vai a julgamento por suas ações no passado (o assassinato de Wayne). Mesmo depois de Jack ter testemunhado a favor de Kate, o júri não parece ir a favor de Kate, principalmente porque sua mãe é a testemunha principal da acusação. Mas Kate recebe a visita de sua mãe, ainda doente, que diz que não irá testemunhar contra a filha porque tudo mudou depois que ela achou que Kate estivesse morta. Sua mãe ainda diz que quer conhecer o neto, mas Kate nega. Diane não testemunha por "problemas médicos" e com isso a acusação oferece um trato com Kate: 10 anos sem sair do estado. Kate diz que tem um filho e que não sairá do estado. Quando retorna para casa, Jack a encontra. Kate diz que ele deve ir visitá-la, mas o médico se recusa. Kate diz então que enquanto ele não aceitar o filho dela e ir visitá-los, não existirá um encontro entre eles. Chegando em casa, Kate vai ver seu filho, que está dormindo. A criança acorda e chama Kate de mãe, ela o abraça e o chama de Aaron, que está com 2 anos agora. ("Eggtown") Após receber uma ligação de Jack, Kate aceitou se encontrar com ele na frente do aeroporto de Los Angeles. Kate mencionou ter visto Jack nos noticiários, mas logo demonstrou que não queria estar ali. Jack explicou que andava usando o "bilhete Livre" que ganhou da Oceanic para viajar a vários lugares, sempre esperando que o avião caísse novamente. Kate explicou que precisava ir embora e voltar para "ele" e se afastou. Jack começou a gritar, dizendo que eles "precisam voltar", mas Kate foi embora mesmo assim. ("Through the Looking Glass")