Shannon Rutherford

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Shannon
Personagem de Lost
Maggie Grace by David Shankbone.jpg
Maggie Grace interpretou Shannon Rutherford
Nome Shannon Rutherford
Idade 20
Residência
formal
Los Angeles, Califórnia, EUA
Profissão (Formal) Instrutora de Ballet e Babá
Interpretado por(s) Maggie Grace
Projeto Lost

Shannon Rutherford é uma personagem fictícia do seriado norte-americano de suspense/drama Lost, da ABC, interpretada por Maggie Grace.

Informações da personagem[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Shannon Rutherford era uma jovem meiga e sensível cujo o único desejo era entrar para uma famosa escola de balé. Só que com a morte do seu pai, Shannon é expulsa de casa pela madrasta e se torna uma menina mimada e egoísta. Ela é uma dos sobreviventes do vôo 815 da Oceanic Airlines. Ela tem um meio irmão, Boone, que morre na 1ª temporada da série enquanto ela estava em um "encontro" com o ex-militar iraquiano Sayid. Ela insiste que John Locke é o culpado pela morte do irmão. No início da segunda temporada Shannon é baleada acidentalmente por Ana Lucia e morre nos braços de Sayid.

Antes do acidente[editar | editar código-fonte]

Após a morte de sua mãe, quando Shannon era pequena, seu pai casou-se com Sabrina Carlyle, quando Shannon tinha 8 anos. Shannon era muito ligada ao seu pai e protegida por ele. Quando Shannon tinha 18 anos, ela era professora de balé. Depois de dar uma aula, Shannon recebeu uma ligação de sua madrasta dizendo que seu pai havia sofrido um acidente de carro. Adam foi levado para o hospital em que Jack era o médico de plantão no pronto-socorro, mas ele não resistiu ao ferimentos e faleceu.

A morte de Adam causou uma imensa dor em Shannon. Shannon conseguiu uma bolsa para ir para a prestigiosa escola de dança Martha Graham em Nova Iorque, mas não tinha dinheiro suficiente para ir, visto que sua madrasta havia cortado o dinheiro que ela recebia anteriormente do pai, e Shannon tinha ficado sem direito à herança. Embora Boone tivesse oferecido dinheiro, Shannon não aceitou, pois queria provar que podia se virar sozinha. Sendo assim, Shannon foi para a França, onde passou um ano trabalhando como babá. O emprego tinha sido oferecido a sua amiga por Philippe, e mesmo ela tendo avisado a Nora que não era uma boa idéia aceitar o emprego, ela mesma acabou aceitando.

Enquanto esteve em Paris, Shannon aprendeu francês cuidando dos filhos de Philipe. é desconhecido se ela teve uma caso com Philipe. Depois do trabalho como babá, Shannon começou a enganar e tirar dinheiro de seu meio-irmão e/ou sua mãe. Boone disse que já havia pago a três homens para terminarem com ela. Um dos últimos golpes de Shannon foi dizer a Boone que seu atual namorado usava dela, embora morassem juntos. Boone foi até Sydney para salvar a "irmã" e descobriu que era um truque. Depois que Bryan fugiu como todo o dinheiro dela, Shannon procurou o irmão, o seduziu e os dois transaram (ressaltando na manhã seguinte que não deveriam se lembrar desse ocorrido em Los Angeles). Na manhã seguinte, Shannon e Boone pegam o Vôo Oceanic 815 para "retornar" a Los Angeles.

De acordo com Boone, Shannon foi casada uma vez, mas não era mais. No aeporto esperando o vôo, Nikki e Paulo foram interrompidos por Shannon reclamando num tom de voz alto sobre uma carência de assentos na área de espera e sobre Boone ser responsável por não ter conseguido passagens de primeira classe. Boone educadamente pede Paulo que o empreste sua cadeira extra, e ele concorda, mas Shannon vai embora alegando que precisa se apressar para não perder o vôo.

Shannon depois é vista na área de espera completando um jogo de palavras-cruzadas. Sayid a pede que tome conta de sua bagagem que ele estaria de volta em um momento, ao que Shannon replica rudemente que "Ok, tanto faz". Ela logo vai embora com Boone, deixando as bagagens embaixo da cadeira sem atenção. Depois, Shannon conta ao guarda de segurança que "algum cara árabe deixou sua bagagem abaixo das cadeiras noutro andar e simplesmente saiu andando", procurando provar a Boone que ela é capaz de coisas que ele não imaginaria. Shannon está sentada na poltrana 9F, Classe Executiva, ao lado de Boone no avião.

Na ilha[editar | editar código-fonte]

1ª temporada[editar | editar código-fonte]

Na época do acidente na ilha, Shannon tinha 20 anos. Inicialmente, ela não queria fazer nada para ajudar e se recusou a ajudar a construir um acampamento, acreditando que logo eles seriam resgatados. Seu irmão Boone lhe ofereceu uma barra de chocolate o que ela rapidamente rejeitou dizendo que não iria desistir de sua dieta e que logo eles estariam fora da ilha.

Quando Boone a criticou por não ajudar em nada, ela foi junto com Sayid, Kate, Charlie, Sawyer e Boone em uma trilha para provar que não era inútil. Sua ida foi de vital importância na tradução da transmissão da francesa Rousseau que Sayid recebeu no rádio do avião. Depois de Boone sair para ajudar Jack, que havia sido preso nas cavernas, ele deixou Shannon responsável pelo triangulamento do sinal de rádio. Embora muito distraída, Shannon conseguiu com sucesso ativar o rádio e disparar o sinalizador.

Mais tarde, Shannon começou a ter ataques de asma o que parecia estranho, visto que algumas doenças e problemas de alguns sobreviventes curaram depois do acidente. Para piorar, Boone não conseguiu encontrar os inaladores que ele havia trazido. Quando os ataques de Shan começaram a piorar, Boone começou a desconfiar que Sawyer estava guardando os inaladores, assim como ele fez com vários outros objetos dos sobreviventes. O problema foi resolvido quando Sawyer for torturado por Sayid, mas ao final ele não estava com os inaladores. Shannon foi salva por Sun, que com seus conhecimentos em ervas medicinais cuidou de Shan com eucalipto.

Depois de Sayid voltar de seu encontro com a francesa Rousseau, ele pediu a ajuda de Shannon para traduzir os mapas e anotações que estavam escritos em francês. Relutante, Shannon aceitou mas teve alguns problemas no começo e começou a se frustrar com Sayid e com ela mesma. Foi durante esses trabalhos com Sayid que Shan começou a sentir algo mais do que amizade por eleA atração de Shannon por Sayid chamou a atenção de Boone, que ficou visivelmente irritado. Ele explicou para Locke: "Você não conhece a Shannon. Ela é inteligente, e especial de várias maneiras".

Quando Boone fala com Sayid, levando o iraquiano a repensar no relacionamento com Shan, a garota entra na floresta para brigar com Boone, mas apenas encontra Locke. Na conversa dos dois, Locke explica a ela que todos ganharam uma nova vida na ilha, e aconselha-a a começar a dela. Um conselho com o qual ela volta determinada para o acampamento apenas para encontrar um desejoso Sayid.

Quando Boone caiu do avião dos contrabandistas e acabou morrendo devido a seus machucados, Shannon ficou perturbada e procurou alguém para culpar. Visto que Locke esteve com Boone por muito tempo na floresta e ainda mais quando Boone caiu doa vião, Shannon assumiu que ele era o culpado pela morte de seu irmão. Depois de escutar de Kate sobre as armas dentro da maleta Halliburton, Shan roubou a chave de Jack e pegou uma das armas para matar Locke. Assim que Shannon estava pronta para atirar, Sayid interveio e o tiro passou de raspão na cabeça de Locke. Conseqüentemente, isso levou com que Shan e Sayid se afastassem, mas finalmente, a loirinha perdoou o iraquiano. Logo depois de Walt ir na jangada com Michael, Jin e Sawyer, ele deixou a responsabilidade de cuidar de Vincent para Shannon a qual ela orgulhosamente aceitou. Depois de Claire ser atacada por Rousseau, Shan foi a primeira a querar ir junto com Sayid e Charlie atrás de Aaron. Logo depois de Sayid voltar, ela correu de volta para os braços de seu namorado.

2ª Temporada[editar | editar código-fonte]

Depois de Michael, Walt, Sawyer e Jin estarem longe por algum tempo, Shan começou a ter visões de Walt na floresta, nas quais ele aparecia molhado e fala de trás para frente com ela. }

Ela foi a segunda a saber que a jangada tinha sido destruída, depois de Claire contar a ela. Elas sabiam disso pois Claire encontrou a garrafa de mensagens que havia sido levada junto na jangada, na praia. Junto com a recém mamãe, Shan entregou a garrafa para Sun, visto que Jin estava na jangada.

Logo depois, Sayid construiu uma nova barraca para ele e Shan perto da praia, na qual eles fizeram amor na mesma noite. Alguns momentos depois, quando Sayid saiu para pegar um pouco de água, Shannon teve outra visão de Walt. Depois de muita gritaria e de todos os sobreviventes ficarem alarmados, Shannon contou a Sayid. O iraquiano não acreditou nela, dizendo que era apenas um sonho. Mais uma vez na ilha, Shannon teve a sensação de que ninguém a levava a sério na ilha, e deixou Sayid por estar frustrada.

No dia 48, Shannon ficou determinada em encontrar Walt. Ela foi atrás dos sobreviventes para saber aonde ficavam as roupas de Michael e Walt. Ela pegou Vincent e o fez cheirar algumas roupas de Walt para que ele encontrasse o garoto. Vincent escapou de suas mãos e correu para dentro da floresta e ela foi atrás. Lá, Sayid encontra ela e pede desculpas por duvidar das visões dela. Em um momento emocionante, Shan diz que sabe que ele a deixará logo depois deles sairem da ilha, mas Sayid diz que nunca a deixará, pois ele acredita nela, e o mais importante, ama ela. Após se beijaram, os dois vêem Walt e Sayid descobre que Shan realmente estava certa. Ela corre atrás de Walt no mesmo momento em que os sussurros começam na floresta. Sayid corre atrás dela e escuta um tiro. Ele encontra Shan logo antes dela cair morta em seus braços com um tiro no peito. Ele olha para frente e vê Ana Lucia, que acidentalmente atirou em Shannon, pensando que ela era uma dos Outros.

6ª temporada[editar | editar código-fonte]

Shannon aparece novamente no último episódio da série. Nele, mostra os personagens mortos se reencontrando. Shannon tem um reencontro emocionante com Saiyd (que acontece com a ajuda de Boone e Hurley)e, depois a maioria dos principais personagens se reencontrando em uma igreja e se preparando para "seguir em frente", dando entender que iriam para o céu ou algo do tipo.

Trivia[editar | editar código-fonte]

Shannon Rutherford após morta reapareceria três vezes na história. Duas em cenas excluídas da terceira temporada, e uma no episódio Exposé. Na primeira cena cortada da terceira temporada, Shannon havia reaparecido do além-tumulo para reconciliar -se com Sayid. A ideia desta cena não foi aceita pelos produtores, sendo descartada. Em sua segunda cena cortada, Shannon estaria sendo mantida prisioneira pelos Outros, pois estes a raptaram do túmulo ainda estando viva e a levaram para a sede. No episódio; Shannon fugiria e seria morta no episódio seguinte. Por causa de 3 votos a cena foi descartada.Por curiosidade, no episódio em que seria morta cuja ideia não foi aceita, Sayid a mataria achando que era uma peça pregada pelos Outros. Seu corpo desapareceria e seria encontrado na balsa no fundo do mar por Sawyer.

Ver também[editar | editar código-fonte]