Gary Moore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gary Moore
Gary Moore em concerto ao vivo
Informação geral
Nome completo Robert William Gary Moore
Nascimento 4 de Abril de 1952
Local de nascimento Belfast, Irlanda do Norte
 Reino Unido
Data de morte 6 de fevereiro de 2011 (58 anos)
Local de morte Estepona, Andaluzia
 Espanha
Gênero(s) Blues rock, hard rock, heavy metal, blues, jazz fusion
Ocupação(ões) Guitarrista
Instrumento(s) Voz, guitarra
Modelos de instrumentos Fender Stratocaster, Gary Moore Signature Les Paul
Período em atividade 19692011
Outras ocupações Produtor
Afiliação(ões) Skid Row, Thin Lizzy, Colosseum II, Phil Lynott, Greg Lake, BBM
Página oficial Site Oficial

Robert William Gary Moore (Belfast, 4 de Abril de 1952Estepona, 6 de Fevereiro de 2011[1] ), mais conhecido pelo nome artístico de Gary Moore, foi um conceituado guitarrista de blues e hard rock.

Biografia[editar | editar código-fonte]

A vida de quem cresceu em meio às bombas do Exército Republicano Irlandês (IRA) e às brigas religiosas do pós-guerra refletia-se em seu som de guitarra: extremamente triste e sofrido, mas também visceral e técnico quando solicitado.

Ele iniciou a trajetória profissional aos 16 anos de idade, tendo Eric Clapton, Peter Green e Jimi Hendrix como ídolos, e participando das gravações de um álbum da banda de folk Dr. Strangely Stranger. Pouco depois, Moore estava no Thin Lizzy(banda irlandesa), onde conheceu seu fiel comparsa, Mr. Phil Lynott.

Apesar do fanatismo pelo blues, o jazz também fazia sua cabeça, tanto que foi o estilo melhor explorado em seu primeiro álbum-solo, Grinding Stone (1973), e em sua breve jornada com a segunda encarnação do Colosseum, batizada de Colosseum II.

No Thin Lizzy, ele colaborou tocando em shows no inicio da banda, e no álbum Black Rose (1979).

Fez a sua carreira a solo e obteve muito sucesso pela Europa e Japão, com destaque em duas fases distintas: a mais pesada de discos como "Corridors Of Power, Victims Of Future e Wild Frontier" na década de 80 e a mais blueseira e comercialmente rentável de álbuns como Still Got the Blues (1990).

Os seus temas mais conhecidos são Parisienne Walkways, Still Got the Blues, Over The Hills And Far Away (esta coverizada pela banda finlandess Nightwish, que deu o mesmo título ao álbum), Out In The Fields e Empty Rooms .

Foi encontrado morto devido a uma parada cardíaca, num quarto de hotel, no dia 6 de Fevereiro de 2011, em Estepona, Espanha, onde se encontrava a passar férias.[2] [3] [4]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.