Adrian Smith

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adrian Smith
Adrian Smith 30nov2006.jpg
Informação geral
Nome completo Adrian Frederik Smith
Nascimento 27 de Fevereiro de 1957 (57 anos)
Origem Londres
País Inglaterra, Reino Unido
Gênero(s) Heavy metal, rock progressivo, hard rock, album-oriented rock
Instrumento(s) Guitarra, Vocal
Período em atividade 1972 - atualmente
Gravadora(s) EMI
Afiliação(ões) Urchin, Iron Maiden, ASAP, Psycho Motel, Bruce Dickinson, The Eastenders

Adrian Frederik "H" Smith (Londres, 27 de Fevereiro de 1957) é um guitarrista inglês conhecido por tocar na banda de heavy metal Iron Maiden. É considerado junto de Dave Murray um dos melhores e mais influentes guitarristas atualmente. Integrou-se à banda Iron Maiden, logo após a saída de Dennis Straton, por indicação de seu amigo Dave Murray. Adrian se manteve no Maiden durante 9 anos (1981-1990) para a entrada de Janick Gers, e voltou junto a Bruce Dickinson em 1999, com quem gravou dois álbuns solo Accident of Birth e Chemical Wedding. Antes disso trabalhou em outros projetos como o ASAP, gravando inclusive linhas vocais e Psycho Motel.

Juventude[editar | editar código-fonte]

Ele deixou a escola aos 15 anos para seguir seu sonho. Começou a tocar guitarra aos 16, através de uma sugestão de seu amigo Dave Murray. Os primeiros esboços de banda começaram no porão de sua casa. Adrian formou sua primeira banda chamada 'Evil Ways', junto com Dave Murray. O shows eram geralmente tocando covers dos Stones, Pink Floyd e Beatles. Cinco anos depois a banda assinou com a DJM Records, esta sociedade rendeu dois singles. Nesta época a banda havia mudado seu nome para Urchin. Quando as gravadoras começaram a investir no Punk, a banda se separou da gravadora. A banda também mudou sua formação com a entrada do jovem guitarrista Andy Barnet. A banda Urchin acabou em 1979.

Iron Maiden[editar | editar código-fonte]

Dave Murray e Adrian Smith em 1982.
Dave Murray e Adrian Smith em 2010.

Pórem a grande oportunidade nasceu em 1980, quando foi chamado para substituir Dennis Straton no Iron Maiden, banda na qual pertencia seu antigo amigo Dave Murray, com o Iron em 1981 lançou Killers. Em 1982, aconteceu uma das principais mudanças do Iron Maiden, o vocalista Paul Di'Anno abandonou a banda e foi substituído por Bruce Dickinson, que comandou o Iron Maiden durante sua melhor fase e se tornaria seu parceiro no futuro. Nesse mesmo ano, essa formação lançou The Number of the Beast, um dos mairores clássicos da história do Heavy metal, além da faixa título, viraram sucessos "Run to the Hills", "Hallowed Be Thy Name", entre outras…

Já consagrado pelo público, em 1983, o lançamento de Piece of Mind e mais sucesso. Adrian Smith ainda lançaria com o Iron Maiden os bem sucedidos Powerslave (1984), Live After Death (1985), que é o primeiro ao vivo oficial, Somewhere in Time (1986) e Seventh Son of a Seventh Son (1988). Ainda no Iron Maiden, Adrian lançou em 1989, seu primeiro disco solo, "Silver And Gold". Através do projeto A.S.A.P. (Adrian Smith And Project), no qual participou Andy Barnet (ex-Urchin). No mesmo ano Adrian Smith anunciou sua saída da banda.

Logo após sua saída do Iron, Adrian formou o The Untouchables, que mais tarde passou a se chamar Psycho Motel. O primeiro disco com a nova banda só veio em 1995, com o lançamento de "State of Mind". O disco foi bastante aclamado por público e crítica, apesar de ser bem diferente do som do Iron Maiden. No ano seguinte Adrian participou do disco solo de Michael Kiske (ex-Helloween), juntamente com Kai Hansen (Gamma Ray, também ex-Helloween), o disco chama-se "Instant Clarity". Em 1997 veio o novo do Psycho Motel, "Welcome to the World".

No mesmo ano, Adrian Smith volta definitivamente à mídia, após ser convidado para ingressar na banda solo de Bruce Dickinson, que também havia saido do Iron Maiden. Com o Bruce Dickinson, Adrian lançou o excelente disco "Accident of Birth". No ano seguinte veio o que se tornaria o melhor disco de Bruce Dickinson, "The Chemical Wedding". A turnê deste disco chegou a passar pelo Brasil, onde foi gravado o disco ao vivo de Bruce Dickinson, "Scream For Me Brazil" (1999). Mas ainda em 1998 foi anunciada a volta de Bruce Dickinson e Adrian Smith ao Iron Maiden, que passaria a contar com três guitarras.

Durante a sua carreira na banda Smith foi um guitarrista diferente dos demais, pois sempre deu preferencia ao feeling do que a técnica, conseguindo inclusive dois prêmios de melhor guitarrista na década de 1980.

Discografias[editar | editar código-fonte]

Urchin[editar | editar código-fonte]

Iron Maiden[editar | editar código-fonte]

ASAP[editar | editar código-fonte]

Psycho Motel[editar | editar código-fonte]

Bruce Dickinson[editar | editar código-fonte]

Michael Kiske[editar | editar código-fonte]

Videografia com o Iron Maiden[editar | editar código-fonte]

Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.