Hipódromo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O termo hipódromo designa uma área a descoberto, dotado de arena, em que se realizam exercícios de equitação, corrida de cavalos ou de corrida de bigas.

Quase todas as grandes cidades possuem hipódromos, onde as corridas de cavalos movimentam imensas quantias em apostas.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O termo hipódromo tem origem no grego clássico ἱππόδρομος, composto de ἵππος [híppos], "cavalo", e δρόμος [drómos]; "via para correr".

História[editar | editar código-fonte]

Na Grécia antiga, era costume escavar o hipódromo em terreno de encosta, usando o material retirado para construir um contraforte do outro lado. As arenas gregas, em forma de U com uma abertura de entrada, tinham até 215m de comprimento e 122m de largura, e nelas podiam competir juntos dez carros. O hipódromo de Olímpia, o maior da Hélade, tinha 770m de comprimento. As corridas faziam parte das cerimônias religiosas, e muitas cidades tinham hipódromos. Todos desapareceram, exceto o do monte Liceu, na Arcádia. Em Roma, as corridas eram tão pouplares quanto os espetáculos de gladiadores, como os do Coliseu. Além das corridas, realizavam-se demonstrações de adestramento de cavalos e espetáculos de palhaços. O maior hipódromo da antiguidade foi o de Bizâncio, que começou a ser construído no ano 203 da era cristã, pelo imperador Septímio Severo, e foi terminado por Constantino em 330. Existiam dois grupos de corredores, os verdes e os azuis e a rivalidade entre ambos às vezes viravam distúrbios sérios.

Hipódromos das Américas[editar | editar código-fonte]

Listam-se os mais importantes em plena atividade.

América do Sul[editar | editar código-fonte]

Argentina[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Chile[editar | editar código-fonte]

Peru[editar | editar código-fonte]

Uruguai[editar | editar código-fonte]

Hipódromos da Venezuela[editar | editar código-fonte]

América do Norte[editar | editar código-fonte]

Canadá[editar | editar código-fonte]

  • Woodbine Racetrack, em Toronto onde e disputado o Canadian International. Pertence ao Woodbine Entertainment Group.
Belmont Park, Estados Unidos

Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Hipódromos da Europa[editar | editar código-fonte]

França[editar | editar código-fonte]

Inglaterra[editar | editar código-fonte]

Irlanda[editar | editar código-fonte]

  • Curragh Racecourse, no Condado de Kildare, onde e disputado o Dubai Duty Free Irish Derby

Hipódromos da Ásia[editar | editar código-fonte]

Emirados Árabes[editar | editar código-fonte]

  • Meydan Racecourse , em Dubai , onde é disputada atualmente a Dubai World Cup. Pertence ao Dubai Racing Club.

China[editar | editar código-fonte]

  • Happy Valley Racecourse , em Hong Kong. Pertence ao The Hong Kong Jockey Club.
  • Taipa Island Racecourse, em Macau. Pertence ao Macau Jockey Club.
Nakayama , Japão

Japão[editar | editar código-fonte]

  • Nakayama Racecourse em Funabashi, onde é disputado o Arima Kinem (Nakayama Grand Prix) . Pertence a Japan Racing Association.
  • Tokyo Racecourse em Tóquio, onde é disputado o Japan Cup . Pertence a Japan Racing Association.

Singapura[editar | editar código-fonte]

  • Singapore Racecourse em Singapura, onde é disputada a Singapore International Cup. Pertence ao Singapore Turf Club.

Hipódromos da Oceania[editar | editar código-fonte]

Austrália[editar | editar código-fonte]

  • Flemington Racecourse , em Melbourne, onde e disputado a Melbourne Cup, pertence ao Victoria Racing Club.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]