Ilha do Rei George

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilha do Rei George
Livingston-Location.JPG
Localização da Ilha do Rei George, Antártica.
Geografia física
País Antártica
Localização Antártica
Arquipélago Ilhas Shetland do Sul
Área 1.150  km²
King George Island map-en.svg
Mapa da Ilha do Rei George, Antártica.

Ilha Rei George (Argentina: Isla 25 de Mayo, Chile: Isla Rey Jorge, nome histórico Russo - Vaterlo (Waterloo)) é a maior das Ilhas Shetland do Sul, situado na coordenada 62° 23' S 58° 27' O a 120 km da Península Antártica e 849 quilômetros do sul do Cabo Horn, no Sul da América do Sul.[1]

A ilha foi reclamada pela Grã-Bretanha em 16 de outubro de 1819, formalmente anexada pela como parte das Ilhas Falkland e dependências, em 1908, agora como parte separada do Território Antártico Britânico. O console foi reivindicada pelo Chile em 1940, agora como parte do Território Antártico Chileno. Alegou-se também pela Argentina, em 1943, agora como parte da província argentina de Terra do Fogo, Antártida e Ilhas do Atlântico Sul, chamada pelos argentinos Isla Veinticinco de Mayo, em honra do seu dia nacional. Os Estados Unidos e a Rússia não reconhecem esses créditos e formalmente reservaram o direito de reivindicar território antártico.

História e Geografia[editar | editar código-fonte]

A ilha foi descoberta e nomeado pelo explorador britânico William Smith em 1819. Tem cerca de 95 quilômetros de comprimento e 25 quilômetros de largura, com uma área de 1250 quilômetros quadrados, sendo que 1158 km² são permanentementes cobertos por gelo e uma espessura máxima de 357 metros.

Por se localizar ao norte da Península Antártica a temperatura não é tão fria quanto no interior do continente, sendo registrada a média anual de -2,8 °C, variando entre 14 °C e -28 °C.

As zonas costeiras da ilha são o lar de uma selecção relativamente diversificada de vida vegetal e animal, incluindo o elefante, leopardo e focas Weddell e pinguins papua e barbicha[1] .

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima da ilha se enquadra como o clima de tundra. A temperatura média de Julho (Inverno) é -6.3°C; em Janeiro (Verão) é 1.4°C; a média anual é de -2.4°C.

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Ilha do Rei George (Base Frei) Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima registada (°C) 13,0 9,2 8,3 5,9 4,6 4,2 5,0 3,8 4,4 4,4 6,0 8,2 13,0
Temperatura máxima média (°C) 2,7 2,9 2,2 0,6 -0,8 -1,5 -0,9 -2,2 -1,3 -0,8 0,0 2,1 0,3
Temperatura média (°C) 1,5 1,6 0,4 -1,7 -3,8 -5,5 -6,5 -6,5 -4,5 -2,6 -1,0 0,6 -2,3
Temperatura mínima média (°C) 0,3 0,6 -1,2 -4,8 -8,2 -9,4 -13,2 -11,3 -8,0 -5,6 -2,8 -0,3 -5,3
Temperatura mínima registada (°C) -5,1 -5,8 -9,9 -16,8 -23,6 -24,2 -28,5 -28,7 -23,0 -17,0 -10,7 -6,8 -28,7
Precipitação (mm) 53,8 52,3 52,5 46,6 31,0 29,2 32,2 34,5 42,0 47,7 41,0 30,1 492,9
Humidade relativa (%) 91 89 89 89 88 90 89 88 89 90 89 81 89
Horas de sol 83,8 71,2 57,3 23,6 8,3 1,2 3,9 15,8 44,2 93,2 104,5 98,1 605,1
Fonte: [2]

Povoação[editar | editar código-fonte]

A habitação humana na Ilha Rei George é limitada às estações de pesquisa da Argentina, Brasil, Chile, China, Equador, Coreia do Sul, Peru, Polônia, Rússia e Uruguai. As estações do Chile e da Argentina são exploradas como aldeias permanentes e oficialmente considerados como parte do território do país anfitrião, mas a lacuna de pesquisa permite que o Chile e a Argentina para resolver lá sem abertamente perseguir suas reivindicações territoriais na região.

Em 2004, uma igreja ortodoxa russa, Igreja da Trindade, foi inaugurada na ilha perto da Estação Bellingshausen. A igreja, uma das mais austrais do mundo é uma das poucas estruturas permanentes na Antártida, ela é permanentemente ocupado por um sacerdote.

Uma pequena quantidade de atividade turística especializada também ocorre durante o verão, incluindo uma maratona anual, conhecida como a Maratona da Antártica.

Bases de Pesquisas[editar | editar código-fonte]

Na ilha se encontra a maior quantidade de bases na Antártida. Estão assentadas na ilha as bases de Eduardo Frei Montalva (Chile), que inclui um importante aeroporto e o povoado civil de Villa Las Estrellas, Estação Profesor Julio Escudero, também do Chile, Estação Bellingshausen (Rússia), Estação Grande Muralha (República Popular da China), Estação King Sejong (Coreia do Sul), Estação Jubany (Argentina), Estação Henryk Arctowski (Polônia), Estação de Pesquisas Macchu Pichu (Peru), Estação General Artigas (Uruguai) e Estação Comandante Ferraz (Brasil).

Villa las Estrellas, base chilena de Frei e russa de Bellingshausen.

Referências

  1. a b ?. Disponível em: http://www.ufrgs.br/antartica/antartica-antartida.html#localizacao. Acesso em 07 de fev de 2010

  2. Dirección Meteorológica de Chile (temperature data:1970-2004, all other 1990-2000) CLIMATOLOGÍA DE LA PENINSULA ANTARTICA Y DE LA BASE PRESIDENTE EDUARDO FREI MONTALVA (PDF) (em castelhano). Dirección Meteorológica de Chile (2007).