Ipuaçu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Ipuaçu
Bandeira desconhecida
Brasão de Ipuaçu
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Aniversário 30 de março de 1992
Fundação 9 de janeiro de 1992 (23 anos)
Gentílico ipuaçuense
Prefeito(a) Denilso Casal (PSDB)
(2009–2012)
Localização
Localização de Ipuaçu
Localização de Ipuaçu em Santa Catarina
Ipuaçu está localizado em: Brasil
Ipuaçu
Localização de Ipuaçu no Brasil
26° 37' 51" S 52° 27' 18" O26° 37' 51" S 52° 27' 18" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Oeste Catarinense IBGE/2008 [1]
Microrregião Xanxerê IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes São Domingos, Bom Jesus, Ouro Verde, Abelardo Luz, Entre Rios, Xanxerê
Distância até a capital 580 km
Características geográficas
Área 261,391 km² [2]
População 6 802 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 26,02 hab./km²
Altitude 720 m
Clima Mesotérmico úmido, com verão quente e temperatura média de 18,7°C
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,716 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 87 955,058 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 12 904,20 IBGE/2008[5]
Página oficial

Ipuaçu é um município do estado de Santa Catarina, no Brasil. Localiza-se a uma latitude 26º37'53" sul e a uma longitude 52º27'18" oeste, estando a uma altitude de 720 metros. Sua população estimada em 2004 era de 6 275 habitantes.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Ipuaçu" é um termo de origem tupi que significa "grande barulho de água", através da junção dos termos 'y (água), pu (barulho) e gûasu (grande)[6] .

Alternativamente, segundo o Dicionário Aurélio, "ipu" vem do tupi ipo'ú, que significa "alagadiço"[7] . "Ipuaçu" significaria, portanto, "grande alagadiço".

História[editar | editar código-fonte]

Ipuaçu é um município indígena de Santa Catarina. Segundo o censo de 2000, 47,9% de seus habitantes são índios guaranis ou caingangues, etnias estas que habitavam a região desde antes da chegada dos primeiros colonizadores de origem europeia, a partir do século XVI. O restante da população é basicamente de origem europeia, descendente de italianos, alemães e poloneses que chegaram à região a partir do século XIX.

Desde 2008,[8] a cidade tem sido palco do aparecimento de círculos nas plantações, fenômeno que ocorre preferencialmente em outubro e novembro e é sempre estudado por ufólogos brasileiros.[9] [10]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm
  7. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.967
  8. Conheça os Agroglifos de Ipuaçu Município de Ipuaçu (17 de outubro de 2014). Visitado em 24 de março de 2015.
  9. Gevaerd, Ademar José (Janeiro de 2015). "Surgem novamente os agroglifos nas plantaçoes de Santa Catarina". Revista UFO (219): 66 p. 38-43. Campo Grande: Mythos Editora. Visitado em 24 de março de 2015.
  10. Marcas misteriosas voltam a aparecer em plantações no Oeste de SC G1 Grupo Globo (27 de outubro de 2014). Visitado em 24 de março de 2015.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.