It's Not Right but It's Okay

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"It's Not Right But I'ts Okay"
Single de Whitney Houston
do álbum My Love Is Your Love
Lançamento 25 de janeiro de 1999
Formato(s) CD single, disco de vinil
Gravação 1998
Gênero(s) R&B, dance, soul
Duração 4:52
Gravadora(s) Arista
Composição LaShawn Daniels, Rodney Jerkins, Fred Jerkins III, Isaac Phillips, Toni Estes
Produção Darkchild
Cronologia de singles de Whitney Houston
Último
Último
"Heartbreak Hotel"
(1998)
"My Love Is Your Love"
(1999)
Próximo
Próximo
Lista de faixas de My Love Is Your Love
Último
Último
"Heartbreak Hotel"
(2)
Próximo
Próximo

"It's Not Right but It's Okay" é uma canção da cantora norte-americana Whitney Houston, gravada para seu quarto álbum de estúdio My Love Is Your Love.[1] Foi escrita por LaShawn Daniels, Rodney Jerkins, Fred Jerkins III, Isaac Phillips e Toni Estes, enquanto que sua produção ficou a cargo de Darkchild. Deriva de origens estilísticas de R&B e soul que influde ao som de dance music. Liricamente, a canção retrata o ponto de vista de uma mulher sobre a infidelidade de seu parceiro enquanto o confronta.

Inicialmente, a canção seria apenas uma B-side de "Heartbreak Hotel", o single anterior da cantora, porém a gravadora de Whitney decidiu lançá-la como single. A sua estreia ocorreu em 25 de janeiro de 1999, e semanas após seus lançamento, a canção já ocupava bons desempenhos nas tabelas musicais. "It's Not Right but It's Okay" alcançou a quarta posição na Billboard Hot 100, enquanto ocupou a 1.ª colocação na Hot Dance Club Songs, que marca as canções mais executadas nas discotecas.[2] Na Espanha, a canção também obteve um bom desempenho, alcançando a primeira posição na tabela do país. No Reino Unido, a faixa alcançou a terceira posição pela tabela UK Singles Charts. Este desenvolvimento positivo resultou em certificações para a faixa, recebendo certificado platina pela Recording Industry Association of America (RIAA), e disco de ouro atribuída pela British Phonographic Industry (BPI). No final do ano de 1999, posicionou-se em grande parte das listas de canções mais reproduzidas em vários países e acabou por vencer na categoria "Best Female R&B Vocal Performance" da 42.ª edição dos Grammy Awards.[3]

O vídeo de "It's Not Right but It's Okay" foi dirigido por Kevin Bray e lançado a 12 de fevereiro de 1999. No vídeo, Whitney esta vestida com um vestido longo, inteiramente preto e apertado. No início do vídeo, ela está sentada com os braços cruzados em uma mesa de vidro enquanto canta a canção. Após isso, ela se levanta e canta o refrão da canção rodeada de mulheres bravas, como se estivessem confrontando seu parceiro pela infidelidade. Em outra cena, mulheres vestidas com roupas do exército aparecem dançando a canção. Whitney continua em pé, dançando a canção e movendo seus lábios conforme a música. Durante algumas cenas do vídeo, a cantora ri da infidelidade do parceiro como se não se importasse mais com ele. No final, Whitney encerra o vídeo sorrindo para a câmera em volta de várias mulheres. A faixa recebeu várias interpretações ao vivo como parte da sua divulgação, como na cerimônia Brit Awards e no programa The Oprah Winfrey Show. A faixa esteve presente no álbum de grandes êxitos da cantora The Ultimate Collection (2007).[4]

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Depois de passar a maior parte dos anos 90s em trabalhos com filmes e suas trilhas sonoras, como em The Bodyguard que lhe rendeu o hit "I Will Always Love You", Whitney decidiu se dedicar a seu próximo trabalho em oito anos, o aclamado My Love Is Your Love que foi lançado em novembro de 1998. Embora o álbum tenha sido programado para ser um álbum de grandes êxitos com novas canções, a gravadora de Whitney decidiu lançar um trabalho novo e ousado da cantora, e então foi lançado como álbum de estúdio. Gravado e produzido em apenas seis semanas, a obra apresentou produções de Rodney Jerkins, Wyclef Jean e Missy Elliott. O álbum estreou na 13.ª posição, se tornando sua posição de pico na Billboard 200.[5] Nesse trabalho, havia algo diferente aos trabalhos anteriores de Houston, e tinha um som ousado como funk, R&B, hip hop e soul.[6]

O primeiro single do álbum foi "When You Believe", um dueto com a cantora Mariah Carey, que foi incluído na trilha sonora de The Prince of Egypt, e que foi vencedor do Oscar de "Melhor Canção Original". O lado A de "It's Not Right but It's Okay", "Heartbreak Hotel" foi o segundo single do álbum, um dueto com Kelly Price e Faith Evans. No inicio, "It's Not Right but It's Okay" não se tornaria single, já que era apenas o lado B do single anterior da cantora, mas a gravadora de Whitney decidiu lançá-la como single, em 25 de Janeiro de 1999.[7]

Além da canção original, também foi lançada um remix de Thunderpuss, popularizando ainda mais a música. A versão remixada de Thunderpuss foi incluída no álbum de grandes êxitos de Whitney, lançado em 2000 e a versão orginal também aparece no The Ultimate Collection de 2007. Há também uma versão balada, intitulada "Mix Smooth Mix".[8]

Recepção e covers[editar | editar código-fonte]

Darren Criss fez um cover da canção na série Glee.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Em uma revisão faixa a faixa de My Love Is Your Love, Jon Pareles do jornal The New York Times, elogiou a faixa juntamente com "Heartbreak Hotel" e "My Love Is Your Love" dizendo que as faixas tem fortes influências sobre o novo estilo de Whitney Houston.[9] Mark Bautz da revista Entertainment Weekly, escreveu que a canção "é facilmente classificada como seu melhor", e elogiou a diversidade musical dizendo "Houston nunca foi tão sutil como agora."[10]

Covers[editar | editar código-fonte]

A canção foi cantada por Darren Criss na série da FOX, Glee. Blaine, personagem de Criss, cantou a faixa em uma homenagem para Whitney Houston no especial "Dance with Somebody".[11]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento e lançamento[editar | editar código-fonte]

Houston durante o vídeo.

O vídeo musical de "It's Not Right but It's Okay" foi dirigido por Kevin Bray e lançado a 12 de fevereiro de 1999. Para o vídeo, assim como o seu anterior de "Heartbreak Hotel", Whitney apareceu com os cabelos curtos e acima de seus olhos. Em algumas cenas do vídeo, mulheres se vestem com roupas do exército e interpretam a canção dançando como soldados.[12]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A trama, com uma duração superior a quatro minutos, foi concebida à semelhança da letra da canção. No vídeo, Whitney esta vestida com um vestido longo, inteiramente preto e apertado. No início do vídeo, ela está sentada com os braços cruzados em uma mesa de vidro enquanto canta a canção. Após isso, ela se levanta e canta o refrão da canção rodeada de mulheres bravas, como se estivessem confrontando seu parceiro pela infidelidade. Em outra cena, mulheres vestidas com roupas do exército aparecem dançando a canção. Whitney continua em pé, dançando a canção e movendo seus lábios conforme a música toca. Durante algumas cenas do vídeo, a cantora ri da infidelidade do parceiro como se não se importasse mais com ele. No final, Whitney encerra o vídeo sorrindo para a câmera em volta de várias mulheres.[13]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

CD Single[14]
N.º Título Duração
1. "It's Not Right but It's Okay" (Rodney Jerkins Smooth Mix) 4:30
2. "It's Not Right but It's Okay" (Rodney Jerkins Smooth Instrumental) 4:30
3. "I Will Always Love You" (Hex Hector Club Mix) 9:50

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, a obra teve uma boa receptividade nas tabelas musicais, alcançando a 4.ª colocação da Billboard Hot 100. A faixa também entrou em outras tabelas da Billboard, incluindo a tabela da R&B/Hip-Hop Songs, onde a faixa alcançou a 7.ª posição, tornando sua posição de pico.[15] Devido às execuções de "It's Not Right but It's Okay" nas boates, a canção se posicionou no primeiro lugar da Hot Dance Club Songs, sendo a segunda canção de quatro canções do álbum My Love Is Your Love a alcançar a primeira posição nesta tabela. Devido ao seu desempenho comercial no território, a Recording Industry Association of America (RIAA) certificou "It's Not Right but It's Okay" com platina. O registo posicionou-se no número quarenta e quatro na lista publicada pela Billboard que classificou as mais vendidas da Hot 100 em 1999, e décima primeira canção mais vendida pela Hot Dance Club Songs no mesmo ano.[16]

No Canadá, o tema alcançou a terceira posição na tabela da Canadian Hot 100, se tornando um sucesso no país.[17] Repetindo o desempenho do Canadá, a faixa também alcançou a terceira colocação em território britânico, recebendo o certificado ouro pela British Phonographic Industry (BPI). Na Áustria, a faixa teve um desempenho moderado na tabela Ö3 Austria Top 75, chegando a 20.ª posição no país.[18] Na Espanha, o single se tornou um sucesso instantâneo, ocupando a primeira posição da PROMUSICAE por três semanas.[19]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Todo o processo de elaboração da canção atribui os seguintes créditos pessoais:[43]

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Editora discográfica
 Estados Unidos[44] 25 de Janeiro de 1999 CD Single Arista Records
 Reino Unido[45] 19 de Abril de 1999

Referências

  1. Neil Strauss (November 26, 1998). THE POP LIFE; Garth Brooks, The Music Man. New York Times. Página visitada em June 5, 2010.
  2. Holiday Sales Keep Shania 'Up' On Top. Billboard (December 18, 2002). Página visitada em June 6, 2010.
  3. 2000 The 42nd Grammy Award Winners & Nominees. rockonthenet.com (February 23, 2000). Página visitada em July 4, 2010.
  4. Whitney Houston World Tour '99 Becomes Europe's Highest Grossing Arena Tour of the Year. Business Wire (October 19, 1999). Página visitada em June 7, 2010.
  5. The Billboard 200 chart listing for the week of December 5, 1998. Billboard. December 5, 1998 [cited October 29, 2011];110(49):126.
  6. "It's Not Right But It's Okay" on Spanish Singles Chart, Hits of the World. Billboard (April 24, 1999). Página visitada em October 6, 2010.
  7. "It's Not Right But It's Okay" on the German Singles Chart, Hits of the World. Billboard (April 3, 1999). Página visitada em October 6, 2010.
  8. "It's Not Right But It's Okay" on the Dutch Singles Chart. dutchcharts.nl (March 4, 1999). Página visitada em October 6, 2010.
  9. Jon Pareles (November 17, 1998). POP REVIEW; Whatever Love May Be, At Heart It's Ever Powerful. New York Times. Página visitada em June 5, 2010.
  10. Mark Bautz (December 18, 1998). Music Review: My Love Is Your Love by Whitney Houston. Entertainment Weekly. Página visitada em June 6, 2010.
  11. Darren Criss sings "It's Not Right but It's Okay (em inglês). WetPaint. Página visitada em 12 de Junho de 2013.
  12. 1999 ALMA Awards Winners & Nominees. IMDB.com (April 10, 1999). Página visitada em July 3, 2010.
  13. Entertainers Nominated For ALMA Awards. United Press International (March 4, 1999). Página visitada em July 3, 2010.
  14. ryanseacrest.com. WORLD PREMIERE: Whitney Houston & Jordin Sparks Duet ‘Celebrate’ From ‘Sparkle’ [AUDIO]; May 21, 2012 [citado em May 21, 2012].
  15. The Billboard Top R&B/Hip-Hop albums chart listing for the week of December 5, 1998. Billboard (December 5, 1998). Página visitada em June 5, 2010.
  16. Whitney Houston Singles Charts. Allmusic. Página visitada em November 18, 2010.
  17. Hits of the World: Canadian SoundScan Singles Chart for "It's Not Right But It's Okay". [S.l.]: Billboard, August 7, 1999. Página visitada em November 18, 2010.
  18. Whitney Houston Australian Singles Chart history. australian-charts.com. Página visitada em November 18, 2010.
  19. Hits of the World: Spanish AFYVE Singles Chart for "When You Believe". [S.l.]: Billboard, January 16, 1999. Página visitada em November 28, 2010.
  20. Die ganze Musik im Internet: Charts, News, Neuerscheinungen, Tickets, Genres, Genresuche, Genrelexikon, Künstler-Suche, Musik-Suche, Track-Suche, Ticket-Suche – musicline.de (em alemão). Media Control Charts. PhonoNet GmbH.
  21. Whitney Houston – It's Not Right But It's Okay Austriancharts.at (em alemão). Ö3 Austria Top 40. Hung Medien.
  22. Ultratop.be – Whitney Houston – It's Not Right But It's Okay (em neerlandês). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch.
  23. Hits of the World: Canadian SoundScan Singles Chart for "It's Not Right But It's Okay". [S.l.]: Billboard, August 7, 1999. Página visitada em April 9, 2011.
  24. Hits of the World: Spanish AFYVE Singles Chart for "It's Not Right But It's Okay". [S.l.]: Billboard, April 24, 1999. Página visitada em April 8, 2011.
  25. Whitney Houston Album & Song Chart History (em inglês) Billboard Hot 100 para Whitney Houston.
  26. Whitney Houston Album & Song Chart History (em inglês) Billboard Hot Dance/Club Play para Whitney Houston.
  27. Whitney Houston Album & Song Chart History (em inglês) Billboard R&B/Hip-Hop Songs para Whitney Houston.
  28. Lescharts.com – Whitney Houston – It's Not Right But It's Okay (em francês). Les classement single. Hung Medien.
  29. http://www.irishcharts.ie/search/placement?page=2
  30. It's Not Right But It's Okay - Chart positions. Hung Medien. Página visitada em 5 April 2011.
  31. Nederlandse Top 40 – Whitney Houston pesquisar resultados (em neerlandês) Dutch Top 40. Stichting Nederlandse Top 40.
  32. Top 40 Official UK Singles Archive (em inglês) UK Singles Chart. Página visitada em 2010-10-06.
  33. Swedishcharts.com – Whitney Houston – It's Not Right But It's Okay (em inglês). Singles Top 60. Hung Medien.
  34. Whitney Houston – It's Not Right But It's Okay swisscharts.com (em inglês). Swiss Singles Chart. Hung Medien.
  35. 1999 Billboard Hot 100. Billboard. Nielsen Business Media, Inc (December 31, 1999). Página visitada em July 24, 2011.
  36. 199 Billboard Hot Dance-Club Play Singles. Billboard. Nielsen Business Media, Inc (December 31, 1999). Página visitada em July 24, 2011.
  37. 1999 Billboard Hot R&B/Hip-Hop Singles & Tracks. Billboard. Nielsen Business Media, Inc (December 31, 1999). Página visitada em July 24, 2011.
  38. Dutchcharts.nl - Jaaroverzichten - Single 1999 (em dutch). Hung Medien. Página visitada em June 2, 2011.
  39. http://www.bpi.co.uk/assets/files/yearly%20best%20selling%20singles.pdf%7C British Phonographic Industry Yearly Best Selling Singles 1999. Retrieved Feb 25, 2012
  40. Sök alla listor > Årslistor > Välj år 1999 > Visa! (em swedish). Página visitada em 2011-05-28.
  41. RIAA Certification for My Love Is Your Love Album. RIAA (November 1, 1999). Página visitada em June 5, 2010.
  42. BPI Certification for My Love Is Your Love Album. BPI (January 28, 2000). Página visitada em June 5, 2010.
  43. (1998) Créditos do álbum My Love Is Your Love por Whitney Houston, pg. 5 [CD]. Arista Records.
  44. My Love Is Your Love release date. Página visitada em May 19, 2008.
  45. Sandra P. Angulo (November 6, 1998). Whitney Houston records her new album in just six weeks. Entertainment Weekly. Página visitada em June 7, 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]