Jean-Marc Ayrault

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jean-Marc Ayrault
Primeiro-ministro Flag of France.svg França
Mandato 16 de maio de 2012
- 31 de março de 2014
Antecessor(a) François Fillon
Sucessor(a) Manuel Valls
Vida
Nascimento 25 de janeiro de 1950 (64 anos)
Maulévrier
Dados pessoais
Partido PS
linkWP:PPO#França

Jean-Marc Ayrault (Maulévrier, Maine-et-Loire, 25 de janeiro de 1950) é um professor de alemão, um político francês e membro do Partido Socialista. Foi prefeito de Nantes de 1989 até 2012 e atualmente é presidente do grupo do Partido Socialista na Assembleia Nacional Francesa.[1] Em 16 de maio de 2012 foi nomeado primeiro-ministro da França. [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Origens, estudos, família[editar | editar código-fonte]

Seu pai era um operário de uma indústria têxtil, cujo cargo foi mais tarde ocupado por um de seus irmãos. O mais velho de cinco filhos, Jean-Marc Ayrault nasceu em uma família católica, onde o trabalho e a disciplina são as principais virtudes. Logo no início, Jean-Marc Ayrault se engajou: em primeiro lugar no Mouvement rural de la jeunesse chrétienne (MRJC), depois na Jeunesse ouvrière chrétienne (JOC) para sua cidade natal que se estende entre Nantes, Angers e Cholet. Posteriormente, ele se juntou à 'Action catholique ouvrière (ACO), antes de ingressar no Partido Socialista após o congresso de Epinay, em 1972. Foi durante seus anos como um activista que ele conheceu sua esposa, uma nativa de Maulévrier, que se tornará um professor como ele. Depois de escolarização no ensino médio em Cholet, ele se formou na Escola Alemã de Nantes (CCFA).[3] No ano seguinte, passou o Certificat d'aptitude au professorat de l'enseignement du second degré (CAPES) para se tornar um professor de alemão.

Início do militantismo[editar | editar código-fonte]

Prefeito de Saint-Herblain[editar | editar código-fonte]

Juntamente com sua carreira de professor, Jean-Marc Ayrault foi ativista do Partido Socialista. Cinco anos depois de chegar ao PS, ele consegue se eleger prefeito de Saint-Herblain, anteriormente detido pelo RPR. Em 1977, aos 27 anos, ele se torna o mais jovem prefeito de uma comuna francesa de mais de 30 000 habitantes.[4] . Ele continuou a sua ascensão política, deixando a Câmara Municipal de Saint-Herblain para concorrer às eleições da Câmara municipal de Nantes, uma cidade dirigida pela direita.

Prefeito de Nantes[editar | editar código-fonte]

Jean-Marc Ayrault com a esposa, no Musée des beaux-arts de Nantes, em setembro 2011.

Em dezembro de 1988, Jean-Marc Ayrault é o candidato oficial do Partido Socialista à prefeitura de Nantes. Ele venceu as eleições desde o primeiro turno, com 50,19 % dos votos. Ele foi reeleito consecutivamente prefeito da cidade em 1995, 2001 e 2008.[5] Após o desmantelamento dos estaleiros navais em 1986, Nantes orientou-se para um outro tipo de desenvolvimento. Assim, desde 1989, Jean-Marc Ayrault mudou significativamente o perfil da cidade. Durante este período, a oposição ficou muito enfraquecida, sem encontrar uma força política capaz de se opor à administração do prefeito.[6] Junto com a sua legitimidade local, ele começou uma nova carreira, integrando a executiva nacional do Partido Socialista. Em 1997, reeleito no seu distrito eleitoral, Jean-Marc Ayrault foi nomeado presidente do Grupo Socialista na Assembleia Nacional Francesa.[7] Preferindo ignorar os críticos, ele continuou sua trajetória política, disputou e ganhou novo mandato como prefeito de Nantes em 2008, e participou ativamente da renovação do Partido Socialista. Nas eleições presidenciais de 2007, Ayrault apoiou Ségolène Royal, então companheira de François Hollande e candidata à presidência da República pelo Partido Socialista. Ela foi derrotada por Nicolas Sarkozy e Ayrault não realizou os seus sonhos de ser nomeado primeiro-ministro, se Ségolène Royal tivesse sido eleita.

Primeiro ministro[editar | editar código-fonte]

Em 15 de maio 2012 Jean-Marc Ayrault foi nomeado pelo presidente François Hollande, como Primeiro-Ministro da França.[8] [9] [2]

O governo Ayrault[editar | editar código-fonte]

Lista dos nomes do primeiro governo de Jean-Marc Ayrault. É o primeiro governo francês que respeita a igualdade dos sexos (17 homens e 17 mulheres), uma promessa contida no programa político do presidente François Hollande. [10]

Após a derrota eleitoral socialista de 30 de Março de 2014 pede demissão que é aceite. Será Manuel Valls, até aí responsável pela Administração Interna, o novo chefe do governo[11] .

Referências

  1. Perfil de Jean-Marc Ayrault na pagina da Assembleia Nacional da França visitada 15 de maio 2012 (fr)
  2. a b publico.pt. Jean-Marc Ayrault, germanófilo, o novo primeiro-ministro francês. Página visitada em 15-5-2012.
  3. Apresentação do Centro Cultural Alemãopagina visitada em 15 de maio 2012 (fr)
  4. Ville de Nantes: Jean-Marc Ayraultpágina visitada em 15 de maio 2012 (fr)
  5. Perfil de Jean-arc Ayraul no site da prefeitura de Nantes pagina visitada 18 de maio 2012 (fr)
  6. Ville de Nantes: Jean-Marc Ayraultpagina visitada em 15 de maio 2012 (fr)
  7. Pagina oficial do grupo de Socialistas na Assembleia Nacional pagina visitada em 15 de maio 2012 (fr)
  8. Hollande terá escolhido Jean-Marc Ayrault para PM DN Online, 15 de maio 2012
  9. Hollande nomeia germanófilo Ayrault como primeiro-ministro Estadão Online, pagina visitada em 15 de maio 2012
  10. [1], página visitada em 18 de maio 2012 (fr)
  11. Governo francês demite-se após derrota eleitoral, Manuel Valls substitui Ayrault, Visão, 31 de Março de 2014

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jean-Marc Ayrault
Precedido por
François Fillon
Primeiro-ministro da França
2012 - 2014
Sucedido por
Manuel Valls