John Fabian

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Fabian

Astronauta da NASA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Nascimento 28 de Janeiro de 1939 (75 anos)
Goosecreek, EUA
Tempo no espaço 13 d 4 h 2 min
Missões STS-7, STS-51-G
Insígnia
da missão
Insígnia STS 7 Insígnia STS 51g

John McCreary Fabian (Goosecreek, 28 de janeiro de 1939) é um ex-astronauta norte-americano, veterano de duas missões do ônibus espacial.

Formado em engenharia mecânica e Engenharia aeroespacial, graduou-se como oficial da Força Aérea dos Estados Unidos e passou cinco anos como piloto de K-135, avião de reabastecimento aéreo. Durante a Guerra do Vietnã, participou de noventa missões de combate.

Fabian foi qualificado como astronauta em 1979, após um ano de treinamento no quartel-general e centor de treinamento da NASA, em Houston, Texas. Durante seus primeiros anos na agência espacial, trabalhou um funções em Terra, incluindo o desenvolvimento do braço róbotico do futuro ônibus espacial.

Sua primeira missão espacial foi como especialista de missão da STS-7 Challenger, em junho de 1983, a primeira com cinco tripulantes em um ônibus espacial e a primeira ida de uma mulher norte-americana ao espaço, a astronauta Sally Ride. Nela, ele foi o primeiro astronauta a operar em órbita o Canadarm canadense, capturando no espaço um satélite para trazê-lo de volta à Terra para reparos.

Sua segunda missão, a STS-51-G, foi uma missão de tripulação internacional lançada em junho de 1985, que teve entre seus integrantes um astronauta francês e o primeiro saudita a ir ao espaço. Nela, a tripulação colocou em órbita satélites da Liga Árabe, do México e dos Estados Unidos.

Fabian esteve selecionado para uma terceira missão espacial, uma missão científica de pesquisas biológicas a ser realizada em maio de 1986. Entretanto, com o acidente da Challenger em janeiro deste ano, todas as missões espaciais norte-americanas foram suspensas por dois anos e ele deixou a NASA em início de 1986 para exercer funções de comando no quartel-general da Força Aérea.

Após se desligar da USAF em 1987, ele passou a integrar a direção de um instituto público de pesquisas aeroespaciais e segurança nacional sem intuito lucrativo, do qual se aposentou em 1998.

Na última década, tem trabalho como consultor independente de aeroespaço e como porta-voz da NASA, participando de programas de interação com o público visitante do Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]