Justinus Kerner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Justinus Kerner, 1852.
Justinus Kerner.
Autógrafo com a chamada 'Klecksographia'.

Justinus Andreas Christian Kerner (Ludwigsburg, 18 de Setembro de 1786 - Weinsberg, 21 de Fevereiro de 1862) foi um médico, escritor e poeta alemão.

Obra[editar | editar código-fonte]

Foi o primeiro a fazer uma descrição detalhada do botulismo, sendo ainda o precursor das aplicações terapêuticas da toxina botulínica, experimentando em diversos animais, e em si próprio, os seus efeitos.

Estudioso do magnetismo animal, em 1825 teve a oportunidade de estudar os fenómenos espíritas através da mediunidade de Frederica Hauffe, uma paciente que acolheu em sua própria residência durante quatro anos. Publicou em 1830 o resultado destas suas observações na obra "Die Seherin von Prevorst, Eröffnungen über das innere Leben des Menschen und über das Hineinragen einer Geisterwelt in die unsere" ("A Vidente de Prevorst", editada no Brasil pela Editora Espírita O Clarim).

A sua residência em Weinsberg, no Sudoeste da Alemanha, é actualmente um museu em sua homenagem.

Destacou-se como poeta, tento formado com Johann Uhland, Schwab e Mörike, a chamada "escola Suaba". Publicou cinco coleções de poesia entre 1826 e 1854, e, em prosa, a obra "Silhuetas de Viagem" (1811), "Livro Ilustrado da Minha Adolescência" (1849), além do citado "A Vidente de Prevorst" (1829).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outras mídias sobre Justinus Kerner
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.