Léo Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Léo Lima
Léo Lima
Comemoração gol de Léo Lima em 2010 no São Paulo.
Informações pessoais
Nome completo Leonardo Lima da Silva
Data de nasc. 14 de janeiro de 1982 (32 anos)
Local de nasc. Rio de Janeiro (RJ),  Brasil
Altura 1,88 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual =Emirados Árabes Unidos Al-Nasr
Número 27
Posição Volante, Meia
Clubes de juventude
1998–1999
1999–2000
Brasil Madureira
Brasil Vasco da Gama
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2001–2003
2003
2004
2005–2007
2005–2006
2006
2007
2008
2009
2009
2010
2010–
Brasil Vasco da Gama
Bulgária CSKA Sofia
Portugal Marítimo
Portugal Porto
Brasil Santos (emp.)
Brasil Grêmio (emp.)
Brasil Flamengo
Brasil Palmeiras
Brasil Vasco da Gama
Brasil Goiás (emp.)
Brasil São Paulo
=Emirados Árabes Unidos Al-Nasr
062 0000(6)
011 0000(4)
025 0000(2)
007 0000(0)
024 0000(3)
016 0000(2)
012 0000(1)
029 0000(1)
013 0000(3)
022 0000(7)
019 0000(4)
060 0000(10)
Seleção nacional3
1999
2001
2003
Brasil Brasil Sub-17
Brasil Brasil Sub-20
Brasil Brasil
00? 0000(?)
00? 0000(?)
004 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 16 de dezembro de 2012.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 22 de março de 2003.

Leonardo Lima da Silva, mais conhecido como Léo Lima (Rio de Janeiro, 14 de janeiro de 1982), é um futebolista brasileiro que atua como volante ou meia. Atualmente, joga pelo Al-Nasr.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Formado nas divisões de base do Madureira, Léo Lima foi levado para o Vasco da Gama no ano de 1999. Todavia, somente dois anos mais tarde passou a atuar entre os profissionais.

Em 1999, jogando pela Seleção Brasileira Sub-17, sagrou-se campeão do Mundial da categoria.

No Vasco, Léo Lima reeditou sua parceria com Souza, que também surgira no Madureira. Conquistou o Campeonato Carioca de 2003, quando ficou famoso pelo cruzamento de letra que fez na final contra o Fluminense, que acabou resultando no gol de Souza, o segundo do Vasco naquela partida.

Em 2004, Léo Lima partiu para a Europa, onde jogou no CSKA Sofia, Marítimo e Porto.

Retornou ao Brasil em meados de 2005, vestindo a camisa do Santos e, posteriormente, atuou pelo Grêmio, de onde foi dispensado por mau comportamento.

Em 2007, veio parar no Flamengo, aonde tornou a encontrar Souza, seu velho companheiro. No Rubro-negro, as más exibições, aliadas ao seu comportamento polêmico, fizeram com que o seu contrato fosse rescindido por "falta de produtividade".[1]

Em 18 de janeiro de 2008, com o aval do técnico Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras anunciou a contratação de Léo Lima.[2]

Léo Lima atuou toda a temporada de 2008 pelo Palmeiras, e no fim do mesmo ano, foi dispensado pelo clube.

No dia 29 de dezembro, Léo Lima retorna ao Vasco da Gama como novo reforço para 2009, e assina contrato de um ano.

Em 20 de julho, Leo Lima acertou com o Goiás um contrato até o final do ano e deixou o Vasco. O time carioica não recebeu compensação financeira.[3]

Ao final de 2009 Leo Lima foi contratado pelo São Paulo, em um "pacotão" de seis reforços (ele, Marcelinho Paraíba, Xandão, André Luís, Carlinhos Paraíba e Fernandinho), com um contrato de 3 temporadas. Em junho de 2010 acertou com o Al-Nasr, dos Emirados Árabes.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Brasil Seleção Brasileira


Brasil Vasco da Gama


Brasil Santos


Brasil Flamengo


Brasil Palmeiras


Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Brasil Vasco da Gama


Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.