LeAnn Rimes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Leann Rimes
LeAnn Rimes.jpg
Informação geral
Nome completo Margaret LeAnn Rimes
Nascimento 28 de Agosto de 1982 (32 anos)
Origem Jackson, Mississipi
País  Estados Unidos
Gênero(s) Country, Pop
Ocupação(ões) Cantora
Período em atividade 1996 - atualmente
Gravadora(s) Curb Records
Página oficial http://www.leannrimesworld.com/

Margaret LeAnn Rimes (Jackson, 28 de agosto de 1982) mais conhecida como LeAnn Rimes, é uma cantora de música country e pop americana. Descoberta em 1996 na música country, aos 13 anos. Seu debut álbum, “Blue”, chegou a # 1 no Top Country Álbuns e foi certificado “multi-platina” em vendas. Aos 20 anos, já tinha vendido mais de 34 milhões de cópias.

O começo da carreira[editar | editar código-fonte]

Natural de Jackson, no Mississipi, a cantora começou a cantar antes dos dois anos, e aos 11, já vivendo no Texas, tinha gravado "All That", o seu primeiro álbum de originais. O sucesso que o registro, lançado por uma pequena editora independente, veio a alcançar, chamou a atenção da Curb Records, que editou "Blue", segundo disco de LeAnn Rimes, quando a artista tinha apenas 13 anos. Por detrás do tema-título está uma história que, até hoje, é associada à cantora: a canção "Blue" fora escrita nos anos 1960 por um radialista e promotor discográfico que, ao encontrar Leann, se rendeu aos seus talentos e lhe sugeriu que cantasse a música.

Assumindo o papel de "padrinho" da artista, Bill Mak garante ter escrito "Blue" para Patsy Cline antes da morte da cantora, espalhando o rumor de que tinha esperado 30 anos até encontrar outra voz capaz de interpretar a canção. Inspirada na história e nas semelhanças de Leann com a lenda, a imprensa começa a apresentar a jovem como sucessora de Patsy Cline. Mais tarde, porém, descobriu-se que a música já tinha sido gravada por três artistas diferentes. A constatação não retirou impacto ao disco, um sucesso de vendas nos EUA.

A partir de então, o aplauso do público e os recordes batidos ("You Light Up My Life: Inspirational Songs", de 1997, foi o primeiro disco country a entrar diretamente para as tabelas Pop, country e cristã contemporânea) marcam o percurso de Leann. Depois do lançamento de uma coletânea com os seus primeiros temas, a cantora vendeu milhões de cópias de "Sitting On Top of the World", lançado em 1998. Para trás ficaram dois Grammys, tendo Leann sido a primeira cantora country a vencer na categoria de Melhor Artista Revelação.

A reforçar a comparação com Patsy Cline, a artista interpretou, em 1999, o clássico "Crazy", numa coleção de 11 standards da country a que deu o seu nome. Seguiram-se "Written In The Stars", um dueto com Elton John para o musical da Broadway, "Aida", e dezenas de concertos pelos EUA.

Rimes está atualmente em turnê com o superstar country Kenny Chesney, onde ela está abrindo cada show da "Poets and Pirates Tour 2008", junto com outros artistas, como Brooks & Dunn, Keith Urban, Sammy Hagar, Gary Allan, Big & Rich, e Luke Bryan.

Ela planeja voltar para estúdio ainda em 2008, para começar a gravar um novo álbum para o qual ela já tem escrito muitas músicas.

LeAnn fez parte da canção, "Just Stand Up", juntamente com muitos outros artistas do sexo feminino, incluindo, Carrie Underwood, Ciara, Beyoncé, Mariah Carey, Miley Cyrus, Leona Lewis, Fergie, Mary J. Blige, Rihanna, Ashanti, Natasha Beginfield, Keyshia Cole, que é uma canção para ajudar na campanha "Stand Up For Cancer".

Reconhecimento Mundial[editar | editar código-fonte]

O reconhecimento em nível mundial veio com a banda-sonora de "Coyotte Ugly" (ShowBar) , para o qual gravou quatro músicas de Diane Warren, entre as quais o êxito "Can't Fight the Moonlight". No filme, Leann faz também uma pequena aparição, naquela que foi a sua segunda incursão pelo cinema, após a estréia em "Holiday in Your Heart", filme adaptado de um livro co-escrito pela cantora. Em 2001, e na ressaca dos atentados de 11 de Setembro, surge no mercado "God Bless America", uma coleção de sucessos da artista, alternados com versões de clássicos da canção norte-americana, para emprestar ânimo aos povo dos EUA, abalado pela tragédia. Um ano depois, a cantora lança "Twisted Angels", mais um conjunto de originais.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Papel Outras notas
1997 Holiday in Your Heart Ela mesma Main Role
1998 Days of Our Lives Madison Episode 1
2000 Coyote Ugly Ela Mesma cameo appearance
2003 American Dreams Connie Francis "Where the Boys Are"
2006 Holly Hobbie and Friends: Christmas Wishes Kelly Deegan Filme para TV
2008 Good Intentions Pam
2009 Northern Lights Meg Galligan Filme para TV
I Get That a Lot Waitress Especial de TV (1 episódio)

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Country Music Association[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Notas
1997 Horizon Award Prêmio da Country Music Association

Academy of Country Music[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Notas
1996 Top Artista feminino Revelação
Single do ano por "Blue"
Música do ano para "Blue" Prêmio entregue ao compositor de Blue, Bill Mack.
2009 Prêmio Humanitário

Grammy[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Gravação
1997 Best New Artist
Best Female Country Vocal Performance "Blue"

American music awards[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Notas
1997 Favorite New Artist Premiação somente a música americana

CMT music awards[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Video
2008 Collaborative Video of the Year "'Til We Ain't Strangers Anymore" (w/ Bon Jovi)

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Música Melhores posições[1] [2] [3] [4] Álbum
US Country US US AC US Dance US Pop CAN Country
CAN CAN AC UK IRL AUS
1996 "Blue"[A] 10 26 1 23 10 Blue
"Hurt Me" 43 35 89
"One Way Ticket (Because I Can)" 1 4 52
1997 "Unchained Melody" 3 3 Unchained Melody:
The Early Years
"The Light in Your Eyes" 5 13 Blue
"How Do I Live"[B][C] 43 2 1 82 2 13 7 14 17 You Light Up My Life:
Inspirational Songs
"You Light Up My Life"[A] 48 34 57 76
1998 "On the Side of Angels" 4 9
"Commitment"[A] 4 4 38 59 Sittin' on Top of the World
"Looking Through Your Eyes" 18 4 7 38
"Nothin' New Under the Moon" 10 7
"These Arms of Mine" 41 52
1999 "Feels Like Home" 17
"Crazy" 36 LeAnn Rimes
"Big Deal" 6 25 3
"Cattle Call" (with Eddy Arnold)[D] Blue
2000 "I Need You" 8 7 2 20 18 2 13 19 51 I Need You
"Can't Fight the Moonlight"[A][B][E] 61 11 15 17 6 1 1 1
2001 "But I Do Love You" 18 103 * 20
"Soon" 14
2002 "Life Goes On"[B] 60 110 9 7 11 27 7 Twisted Angel
2003 "Tic Toc" 10
"Suddenly" 43 * 47 53
"We Can" 16 19 27 37 51 Greatest Hits
2004 "This Love" 37 * 54 26
"Nothin' 'Bout Love Makes Sense" 5 52 1 This Woman
2005 "Probably Wouldn't Be This Way" 3 54 8 19
2006 "Something's Gotta Give" 2 51 99 2
"Some People" 34
"And It Feels Like" 22 24 Whatever We Wanna
"Everybody's Someone"
(with Brian McFadden)
48 27
2007 "Strong"
"Nothin' Better to Do" 14 73 16 8 89 25 48 Family
2008 "Good Friend and a Glass of Wine" 35
"What I Cannot Change" 1

Referências

  1. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas CA
  2. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas uk
  3. Billboard Chart Positions - Singles allmusic. Visitado em 2008-08-22.
  4. ARIA charts search results - singles australian-charts.com. Visitado em 2008-08-22.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre LeAnn Rimes
Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.