Norah Jones

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Norah Jones
Norah.jpg
Norah Jones em apresentação, 2 de outubro de 2010.
Informação geral
Nome completo Geethali Norah Jones Shankar
Nascimento 30 de Março de 1979 (35 anos)
Nova Iorque, NY
 Estados Unidos
Gênero(s) Blues, jazz, country, pop
Instrumento(s) Vocal, piano/ teclados, guitarra
Período em atividade 2001 – presente
Gravadora(s) Blue Note Records (2002-presente)
Afiliação(ões) Wax Poetic, The Little Willies, El Madmo
Página oficial Site oficial

Norah Jones (Brooklyn, 30 de Março de 1979) é uma pianista, cantora e compositora estadunidense. Nascida Geetali Norah Jones Shankar, mudou oficialmente seu nome aos dezesseis anos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Norah nasceu na cidade de Nova Iorque, filha do falecido tocador de sitar indiano Ravi Shankar, tendo vivido sua infância com sua mãe, Sue Jones, que se mudou para Dallas, Texas, quando Norah tinha quatro anos. Jones estudou no Booker T. Washington High School for the Performing and Visual Arts e na University of North Texas, onde formou-se em jazz piano. Em 1999, após dois anos no programa, Norah voltou para Nova Iorque, onde toca com sua banda, Wax Poetic.

Atualmente[editar | editar código-fonte]

Norah é uma artista premiada (multi-Grammy Award) cuja carreira foi impulsionada em 2002 com seu álbum de estreia Come Away With Me, um álbum jazz piano com um toque de soul/folk, que obteve um grande êxito vendendo vinte e três milhões de cópias em todo mundo. Norah Jones obteve oito premiações nos Grammy Awards de 2003, incluindo o de "Best New Artist". Seu álbum Feels Like Home lançado em 9 de Fevereiro de 2004, foi mais influenciado pela música country ao invés de repetir o estilo suave de Come Away With Me. Com uma semana de lançamento, Feels Like Home havia vendido um milhão de cópias. Naquele mesmo ano, a revista TIME listou Jones entre as "pessoas mais influentes de 2004". Jones recebeu três prêmios nos Grammy Awards de 2005, dois para "Record of the Year" pela sua colaboração com Ray Charles na música Here We Go Again.

O álbum Not Too Late de 2007, conta 13 canções originais de autoria ou co-autoria de Norah com produção de Lee Alexander, há muito tempo seu parceiro de composição e baixista. Destaques para "Sinkin´ Soon", com os vocais do cantor-compositor M. Ward, e "Thinking About You", que Norah compôs com o líder da Wax Poetic, Ilhan Ersahin, em 1999.

Jones namorou seu baixista Lee Alexander por muito tempo, porém eles terminaram a relação em janeiro de 2008.[1]

Em 2007, Norah teve sua estreia como atriz e protagonista em "My Blueberry Nights" - Um Beijo Roubado, filme de Wong Kar-wai.[1] O filme abriu o festival de Cannes. Norah já havia participado em especiais como na Vila Sesamo Apresenta, cantando "Don't Know Why".

Em 2009 lança o álbum The Fall[1] e em 2010 uma coletânea ...Featuring com colaborações e parcerias de vários cantores famosos incluindo Ray Charles.

Seu mais recente trabalho, lançado em 1º de Maio de 2012, é ...Little Broken Hearts, produzido por Danger Mouse. Neste trabalho, a cantora mostra um novo estilo musical, com um som bem diferente de seus outros álbuns. Segundo o Guia de CD da Rolling Stone,[2] "todas as canções têm um clima tristonho e contemplativo, algo meio suspenso em algum lugar enevoado da década de 1970, entre o campo e a cidade".

Projetos Paralelos[editar | editar código-fonte]

  • The Little Willies

Em 2003, formou The Little Willies, que conta com Norah no piano e voz, Richard Julian nos vocais, Lee Alexander no baixo, Jim Campilongo nas guitarras, e Dan Rieser na bateria. O primeiro álbum lançado pela banda (The Little Willies, de 2006) traz regravações de canções de Willie Nelson, Hank Williams, Fred Rose, Townes Van Zandt e Kris Kristofferson. Em novembro de 2011 foi divulgado o lançamento do segundo álbum "For the Good Times" para o início de 2012.[3]

Banda de rock alternativo formada por Norah Jones como Maddie, Daru Oda and Richard Julian. O único álbum (El Madmo) foi lançado em 2008.

Nos países lusófonos[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Norah Jones que já se apresentou no Brasil em 2004 na turnê do primeiro álbum, retornou em 2010 divulgando o álbum The Fall nas seguintes cidades: (São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Curitiba).[5] Sua apresentação em São Paulo rendeu um público de 40 mil pessoas,[6] [7] sendo que 18 mil ficaram nas ruas e calçadas ao redor do Parque da Independência porque chegaram tarde demais e pela super lotação, segundo a Polícia Militar. A artista cantou quase todas as faixas de The Fall sem esquecer das músicas antigas. A apresentação durou 1h30 dentro de 22 músicas e em algumas falas com o público deixou a timidez e em alguns momentos ria com o público sem esquecer do ótimo sotaque português ali dito: "Obrigada por virem, acho que esse é o maior público que já cantei. Vocês ali no fundo, balance os braços", diz a cantora se referindo às pessoas que não conseguiram entrar.

A cantora voltaria ao Brasil no final de 2012 para realizar shows em Porto Alegre, Rio de Janeiro e São Paulo, porém a morte de seu pai, o músico Ravi Shankar, fez com que ela cancelasse-os, a artista pediu desculpas aos fãs. As apresentações fariam parte da turnê "Little Broken Hearts", e contariam com a presença do músico novaiorquino Jesse Harris, que foi o autor da música "Don't Know Why".

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • Live at the House of Blues - Chicago (2002)
  • Live in Heineken Music Hall (2004)

Trabalhos com outros artistas[editar | editar código-fonte]

  • Marian McPartland's piano jazz with Norah Jones (2003)
  • New York City (The Peter Malick Group) (2003)
  • ...Featuring (2010)

EP[editar | editar código-fonte]

Clipes[editar | editar código-fonte]

DVD[editar | editar código-fonte]

  • Live In New Orleans (2002)
  • Norah Jones & The Handsome Band: Live In 2004
  • Norah Jones Austin City Limits - Live From Austin TX, 2007
  • Come Away With Me (Deluxe Edition) CD+DVD
  • Feels Like Home (deluxe Edition) CD+DVD
  • Not Too Late (deluxe Edition) CD+DVD


Mais informações da discografia completa em Norah Jones discography.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Grammy[editar | editar código-fonte]

O prêmio Grammy é realizado desde 1958.Norah Jones ganhou no total doze Grammys, é tendo seis indicações.

Ano Nomeação Categoria Resultado
2003 Norah Jones Melhor Artista Revelação Venceu
Come Away with Me Álbum do Ano Venceu
Melhor Engenharia de Álbum, Não Clássico Venceu
Melhor Álbum Vocal de Pop Venceu
"Don't Know Why" Gravação do Ano Venceu
Música do Ano Venceu
Melhor Performance Vocal Feminina de Pop Venceu
2004 "Wurlitzer Prize (I Don't Want To Get Over You)" Melhor Colaboração Country com Vocais Indicação
2005 "Here We Go Again" Gravação do Ano Venceu
Melhor Colaboração Pop com Vocais Venceu
"Sunrise" Melhor Performance Vocal Feminina de Pop Venceu
"Creepin' In" Melhor Colaboração Country com Vocais Indicação
Feels Like Home Melhor Álbum Vocal de Pop Indicação
2006 "Virginia Moon" Melhor Colaboração Pop com Vocais Indicação
"Dreams Come True" Melhor Colaboração Country com Vocais Indicação
2008 River: The Joni Letters Álbum do Ano Venceu
Melhor Álbum de Jazz Contemporâneo Venceu
2010 "Baby, It's Cold Outside" Melhor Colaboração Pop com Vocais Indicação

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons
Commons Categoria no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre uma cantora é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.