Kelly Clarkson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde agosto de 2012).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Kelly Clarkson
Kelly Clarkson 57th Presidential Inauguration-cropped.jpg
Kelly Clarkson no ano de 2013.
Informação geral
Nome completo Kelly Brianne Blackstock
Nascimento 24 de abril de 1982 (32 anos)
Origem Fort Worth, Texas
País  Estados Unidos
Gênero(s) Pop rock, Pop, Dance Pop
Instrumento(s) vocal teclado bateria
Período em atividade 2002 - presente
Gravadora(s) RCA Records
Sony Music
19 Recordings Limited
Influência(s) Mariah Carey, Michael Jackson, Aretha Franklin, Christina Aguilera
Influenciado(s) Demi Lovato [1] Miranda Cosgrove [2] Ashley Tisdale [3]
Página oficial http://kellyclarkson.com/

Kelly Brianne Blackstock (Fort Worth, 24 de abril de 1982), mais conhecida pelo seu nome de solteira, Kelly Clarkson, é uma cantora, compositora e atriz de pop rock norte-americana, vencedora de três Grammys. Clarkson assinou um contrato com a gravadora RCA Records após vencer a primeira edição do reality-show American Idol, em 2002. A cantora é vencedora de três Grammy. Clarkson lançou seis álbuns desde 2003 são eles: Thankful (2003), Breakaway (2004), My December (2007), All I Ever Wanted (2009), Stronger (2011) e Wrapped in Red (2013).[4]

Onze de seus singles entraram no top vinte da Billboard Hot 100. Seu single "My Life Would Suck Without You" pulou de nº. 97 para nº. 1 no Hot 100 em sua primeira semana de lançamento, quebrando o recorde de maior salto para a primeira posição no chart da história. Antes disso, Kelly havia entrado para o Guinness Book, com a vendagem do single "A Moment Like This", e foi considerada em 2010 como uma das cem mulheres mais importantes do mundo, sendo citada por ser "a maior voz do pop contemporâneo".[5]

Além de sua música, Clarkson também fez participações em dois filmes: From Justin to Kelly (pt: De Justin Para Kelly) com Justin Guarini, como atriz principal, e em Issues 101, como atriz coadjuvante. Ela também fez o papel de Brenda Lee no drama de televisão American Dreams, e apareceu no sitcom Reba. Fora isso, também participou da séries comédia americanas MADtv (2002) e Saturday Night Live (2005).

Clarkson fez muitas turnês em todo o mundo como um ato de solo. Após a aparição de Clarkson no Crossroads CMT e sua versão de Because of You com Reba McEntire (2007), elas saíram em turnê juntas, assim criando ‘’2 Worlds 2 Voices Tour’’ (2008).

No dia 12 de Junho de 2014 dá a luz a sua primeira filha River Rose Blackstock.

Biografia e Carreira Musical[editar | editar código-fonte]

Antes da Fama[editar | editar código-fonte]

Kelly Brianne Clarkson nasceu em Fort Worth, Texas, e cresceu na pequena cidade de Burleson, também no Estado do Texas. Ela é a terceira e filha mais nova de Jeanne Ann Rose , professora de ensino fundamental e descendente de grego e escocês, e Stephen Michael Clarkson, engenheiro formado de descendência galêsa. Seus irmãos são Jason e Alyssa. Quando Clarkson estava com seis anos de idade, seus pais se separaram depois de um casamento de dezessete anos; seu irmão foi viver com o pai na Califórnia, sua irmã com uma tia na Carolina do Norte e Kelly ficou com sua mãe. Depois da separação, Clarkson se mudou muito pelo estado do Texas, enquanto sua mãe trabalhava em muitas coisas para manter a família. Desde quando começou a se mudar, Kelly não entendia o porque de estar se mudando tanto em tão pouco tempo. Finalmente, a família ficou em Burleson, Texas, onde a mãe de Clarkson casou pela segunda vez com Jimmy Taylor.

Clarkson frequentou a Fulton Middle School onde terminou os estudos até a 7ª série. Ela queria ser bióloga marinha,[6] mas durante este mesmo ano escolar uma professora por acaso a ouviu cantando e a chamou para cantar no coral da escola. Clarkson disse à professora que nunca havia recebido aulas profissionais de canto antes. Depois da escola, ela frequentou a Burleson High School e cantou em musicais como o Brigadoon e "Seven Brides For Seven Brothers". Aos treze anos, Kelly passou a usar óculos, apesar de odiar as armações do artefato. Muita gente zombava dela por causa dos óculos e ela se segurava, mesmo que contra a própria vontade, para não esbofetar o próximo que lhe zombasse. No mesmo ano, Clarkson teve problemas pulmonares e teve que tomar remédios pesados, como anfetaminas, para recompor sua saúde. Dois anos depois, Kelly recompôs sua saúde e continuou seus estudos normalmente. Depois de se formar, Kelly trabalhou em várias ocupações para financiar seu CD demo, como: garçonete de coqueteis, operadora de telemarketing, atendente de papelaria, lanterninha de cinema, vendedora de pipoca no zoológico, vendedora de Red Bull, entre outros. Ela mandou seu CD para várias gravadoras e, quando todas suas cartas voltaram ainda fechadas, ela decidiu mudar-se para Hollywood para tentar oportunidades maiores na música, uma delas com o mentor Gerry Goffin. Porém, Gerry adoeceu. Kelly ainda participou de programas de TV, tais como Sabrina, the Teenage Witch e That '80s Show, e fez teste para participar do programa Pop Stars, no qual foi recusada por ter uma voz muito forte, levando em consideração que o objetivo do programa era formar um grupo musical, além de fazer uma pequena participação no filme Issues 101. Passando-se seis meses em Hollywood, ela se desencorajou quando, no dia em que ela e uma amiga se mudaram para seu novo apartamento, este caiu num incêndio e, sem dinheiro, ela teve que voltar para o Texas. Na mesma noite em que ela chegou em casa, uma amiga pediu para Kelly assinar uma inscrição para um teste. Esta inscrição seria para o programa American Idol. Sem a menor ideia de onde estaria agora, Kelly foi. "Fui de bobeira e olhe onde estou!", diz ela.

American Idol[editar | editar código-fonte]

Quando Kelly retornou para Burleson, muitos de seus amigos a encorajaram para audicionar na primeira edição do programa American Idol, em 2002. Os juízes Paula Abdul, Simon Cowell e Randy Jackson se impressionaram com a sua voz. Ela conseguiu uma posição no top 30 e, a cada semana, cantava uma música ao vivo para o programa. Quando a semana se concluia, as performances da cantora eram muito comentadas pela sua capacidade vocal elevadíssima.Até hoje Kelly Clarkson é considerada um dos maiores talentos que já passaram pelo American Idol,incluisve Randy Jackson já afirmou que na atual temporada de American Idol que Kelly Clarkson é única e que até agora,nenhuma pessoa conseguiu alcançar o seu talento.[7]

Músicas cantadas no American Idol[editar | editar código-fonte]

Seleção inicial: "Express Yourself", de Madonna, e "At Last", de Etta James.

Semana # Música escolhida Artista Tema (se houver) Resultado
Top 121 "Respect" Aretha Franklin Hollywood round 1 Aprovada
Top 65 "I Say a Little Prayer" Dionne Warwick Hollywood round 2 Aprovada
Top 45 "Save The Best For Last" Vanessa L. Williams Hollywood round 3 Aprovada
Top 30 "Respect" Aretha Franklin Semifinal group 2 Aprovada
Top 10 "You're All I Need to Get By" Marvin Gaye/Tammi Terrell Semana Motown Aprovada
Top 8 "(You Make Me Feel Like) A Natural Woman" Aretha Franklin anos 1960 Aprovada
Top 7 "Don't Play That Song (You Lied)" Aretha Franklin anos 1970 Aprovada
Top 6 "Stuff Like That There" Betty Hutton Semana Grandes Bandas Aprovada
Top 5 "Walk on By" Dionne Warwick Canções de amor Aprovada
Top 4 "It's Raining Men"
"I Surrender"
Weather Girls
Celine Dion
Semana anos 1980,
Semana anos 1990
Aprovada
Top 3 "Think Twice"
"Without You"
Celine Dion
Mariah Carey
Semana do Julgamento Aprovada
Top 2 "Respect"
"Before Your Love"
"A Moment Like This"
Aretha Franklin
Kelly Clarkson
Kelly Clarkson
Semana Escolha do Cantor Aprovada
Final "A Moment Like This" Kelly Clarkson Coroação do American Idol Vencedora

Pós American Idol[editar | editar código-fonte]

Felizmente, o sonho de infância de Kelly Clarkson de ser bióloga marinha não se tornou realidade. Ao invés disso, seu nome se tornou famoso entre os lares quando sua voz soul capturou os corações e mentes de milhares de pessoas, quando ela foi eleita a American Idol em setembro de 2002. A jovem de vinte anos de idade do Texas se apresentou ao vivo toda semana (durante dez semanas) pontualmente para uma audiência de 25 milhões de telespectadores em um dos programas mais bem sucedidos da América de todos os tempos. Mesmo com o fato de que Clarkson nunca teve uma aula profissional de canto, ela recebeu 57% dos votos na final. Em tempo, sua voz era para ela, algo muito normal e natural da sua vida, isso não a fazia pensar que tinha algo especial. A força e beleza de sua voz foi reconhecida por acidente.

Logo após o término da primeira temporada de American Idol, Clarkson foi acusada de trabalhar para uma gravadora. As regras do American Idol haviam mencionado que um competidor não poderá mais competir se caso tivesse vínculo com uma gravadora. No entanto, Kelly foi absolvida de todas as acusações, pois ela só tinha um simples contrato de demonstração com uma gravadora.[8]

Logo após vencer o American Idol, Clarkson estrelou com o segundo colocado do programa, Justin Guarini, o filme From Justin to Kelly. O filme foi mal recebido pela crítica [9] e arrecadou menos de US$5 milhões na América do Norte, menos da metade do próprio orçamento do filme.[10] Clarkson mencionou em entrevistas que ela teve que atuar no filme por obrigação contratual.[11]

2003 - Thankful[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de "A Moment Like This", Thankfull foi lançado na América do Norte pela RCA Records em 15 da abril de 2003. Ele estreou em número um nos EUA, sendo certificado de platina dupla pelas vendas de dois milhões de cópias em 8 de dezembro de 2003, e platina por vender 1.000.000 cópias em 10 de fevereiro de 2004. Ao lançar seu primeiro CD, o Thankful, Kelly emplacou vários hits nos Estados Unidos. Com um estilo Pop/R&B/Soul, foi concretizado o sucesso que um vencedor do programa poderia fazer. O álbum teria o nome de Miss Independent,mas Kelly em gratidão dos milhares de votos que recebeu durante o American Idol,quis que o nome fosse Thankful(Agradecida)

2004 - Breakaway[editar | editar código-fonte]

Mas ela foi realmente consagrada em 2004, com seu segundo CD Breakaway, quando apostou em uma mudança radical no estilo, trazendo músicas de rock bastante radiofônicas. A mudança foi bem recebida fazendo com que a música "Since U Been Gone" se tornasse um dos maiores hits de 2005. O álbum estreou no top cinco dos EUA e no top dez canadense, mas as vendas eram inicialmente baixas, em comparação com o primeiro álbum de Kelly. Porém os singles foram muito bem sucedidos, e o álbum tornou-se o quarto a ficar no top 20 da Billboard 200, durante um ano consecutivo, além de ser certificado seis vezes platina nos EUA, cinco vezes platina no Canadá, e certificado seis vezes platina na Austrália. Em 2006, "Because Of You" se tornou uma das maiores baladas da história. O sucesso ocasionou uma impressionante vendagem do álbum. No Grammy Awards de 2006, Kelly Clarkson foi premiada com 2 Grammys: "Best Pop Vocal Album" (por "Breakaway") e "Best Female Pop Vocal Performance" (por "Since U Been Gone"). Além disso, o clipe de "Since U Been Gone" ganhou o MTV VMA de "Best Female Video" e "Best Pop Video" em 2005; e o clipe de "Because Of You" ganhou o VMA de "Best Female Video" em 2006.

2007 - My December[editar | editar código-fonte]

Depois de vários hits do CD, Kelly decidiu intensificar o seu rock no seu terceiro trabalho em estúdio, My December, feito inteiramente com músicas de sua autoria, classificadas por ela mesmo como íntimas, com sentimentos pesados e amargos. O estilo forte assustou a gravadora, com medo da diminuição de vendagem pelas músicas não serem tão comerciais, houve uma polêmica discussão entre Clarkson e a RCA. A cantora inicialmente venceu a batalha, gravando o CD como queria e não aceitando a proposta de substituir algumas músicas para outras mais atrativas comercialmente, porém houve um boicote ao CD, fazendo uma divulgação limitada e permitindo o lançamento de dois singles nos Estados Unidos, "Never Again" e "Don't Waste Your Time".

2009 - All I Ever Wanted[editar | editar código-fonte]

Em março de 2009 Kelly lançou o álbum All I Ever Wanted,[12] conseguindo o primeiro lugar da música na Billboard Hot 100.[13] [14] Clarkson também foi indicada ao prêmio de Melhor Álbum Pop, no festival Grammy, em 2010, mas não conseguiu levar a estatueta.[15] Apesar de não obter vendas tão altas, Kelly conseguiu emplacar 2 Hits nesse álbum, My Life Would Suck Without You, que quebrou o recorde de maior pulo da história, indo de #97 a #1 Lugar e Already Gone, que fez bastante sucesso nas rádios. Pouco depois Kelly iniciou a turnê de divulgação do disco com 90% dos ingressos esgotados.

2011 - Stronger[editar | editar código-fonte]

As gravações para o quinto álbum de estúdio da cantora começaram em abril de 2010, com o fim de sua turnê mundial. Segundo a cantora, o CD teve influências dos anos 80 e 90 e tem elementos eletrônicos. A produção ficou a cargo de: Lucian Walker, Uriel Kadouch, Claude Kelly, Howard Benson, Toby Gad e Greg Kurstin. Em dezembro de 2010, Clarkson lançou uma canção intitulada de "You Still Won't Know What It's Like", no evento A Night for Hope, em Nashville, Estados Unidos. O site Rolling Stone auto-intitulou o álbum da texana como "May", o que a cantora negou um breve tempo depois, alegando não saber de onde haviam tirado aquilo sobre "May" ser o nome de seu próximo álbum. As gravações foram finalizadas em fevereiro de 2011, a cantora divulgou o seu novo single "Mr. Know It All" a 5 de setembro de 2011.

Stronger, logo após seu lançamento em 21 de outubro de 2011, alcançou a segunda posição na parada Billboard 200, vendendo 163 mil cópias nos Estados Unidos na sua semana de estréia.[16]

O 2º single "Stronger (What Doesn't Kill You)", tema que deu nome ao álbum, lançado a 14 de Dezembro de 2011, atingiu o Nº 1 da parada "Billboard Hot 100" em apenas 7 semanas, mantendo a posição por duas semanas consecutivas, mais uma semana posteriormente. A Billboad Hot 100 é considerada a parada de singles mais importante do Mundo.

O 2º Single atingiu também o Nº1 nas paradas Hot AC Mediabase, Pop Mediabase, Billboard Adult Pop Songs, Billboard Pop Songs, Billboard Hot Digital Songs, Dance/Club Play Songs, United World Chart e iTunes EUA.

No dia 24 de Maio de 2012, foi lançado o videoclipe para o seu 3º Single "Dark Side".[17]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem Notas
2002 Sabrina, the Teenage Witch figurante The Whole Ball Of Wax
That '80s Show figurante Valentine's Day (T1, Ep. 2)
Issues 101 Crystal filme
MADtv ela mesma/ Skits 8ª Temporada, Episódio 1
2003 From Justin to Kelly Kelly Taylor filme
American Dreams Brenda Lee And Promises To Keep
2004 American Dreams Brenda Lee Tidings of Comfort and Joy
King of the Hill ela mesma/ Dawn Stressed For Success
2005 Saturday Night Live ela mesma / Skits / Musical Guest programa de TV
2007 Reba Kelly And We Forgive Those
2009 Saturday Night Live[18] ela mesma / Musical Guest programa de TV
2011 Phineas e Ferb ela mesma 3ª Temporada, Episódio 28

Turnês[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Grammy[editar | editar código-fonte]

O prêmio Grammy é realizado desde 1958. Kelly Clarkson ganhou no total três Grammy tendo recebido Dez indicações.

Ano Nomeação Categoria Resultado
2004 "Miss Independent" Melhor Performance Vocal Feminina de Pop Indicação
2006 Breakaway Melhor Álbum Vocal de Pop Venceu
"Since U Been Gone" Melhor Performance Vocal Feminina de Pop Venceu
2008 "Because of You" Melhor Colaboração Country com Vocais Indicação
2010 All I Ever Wanted Melhor Álbum Vocal de Pop Indicação
2012 Don't You Wanna Stay Best Country Duo/Group Performance Indicação
2013 Stronger Melhor Álbum Vocal de Pop Venceu
2013 What Doesn't Kill You (Stronger) Melhor Perfomance Vocal de Pop Indicação
2013 What Doesn't Kill You (Stronger) Gravação do Ano Indicação
2013 What Doesn't Kill You (Stronger) Musica do Ano Indicação

Notas e referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Kelly Clarkson

References[editar | editar código-fonte]

Kelly Clarkson (em inglês) no Internet Movie Database