Cee Lo Green

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cee Lo
Cee-lo at a Gnarls Barkley concert.jpg

Cee Lo em apresentação.
Informação geral
Nome completo Thomas DeCarlo Callaway
Nascimento 30 de Maio de 1974 (40 anos)
Origem Atlanta, Georgia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Hip hop, Rock Alternativo, Electronica Indie rock, groove, Funk, Soul, R&B
Ocupação(ões) cantor, compositor, rapper e produtor
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1992
Gravadora(s) Elektra Records
Afiliação(ões) Goodie Mob, Gnarls Barkley, Christina Aguilera, Bruno Mars, Madonna
Página oficial JazzePhaandCeeLo.com/

Thomas DeCarlo Callaway (Atlanta, 30 de Maio de 1974),[1] mais conhecido como Cee Lo Green ou apenas Cee Lo, é um cantor, rapper, compositor e produtor estadunidense de hip hop, funk, soul e R&B, mais conhecido como membro do Goodie Mob e vocalista do Gnarls Barkley.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Goodie Mob[editar | editar código-fonte]

Cee Lo começou sua carreira no cenário da cidade em que nasceu, Atlanta, com outros três amigos, Big Gipp, T-Mo e Khujo, formando o Goodie Mob. Apesar de conseguirem um certo sucesso local e nacional, Green queria seguir uma carreira solo, e o fez, em 1999, quando saiu do grupo para assinar com a gravadora Arista. Ambos os pais eram ministros e ele começou a sua carreira musical em sua igreja.

Solo[editar | editar código-fonte]

Com a nova gravadora, lançou Cee-Lo Green and His Perfect Imperfections, em 2002, que, apesar de não ter sido sucesso de vendas, rendeu algum reconhecimento com o single "Closet Freak". Seu segundo álbum, Cee-Lo Green... Is the Soul Machine, lançado em 2004, foi mais ousado e contou com diversas participações de artistas consagrados como Pharrell, Ludacris, T.I.. Depois de seus dois primeiros álbuns pela Arista, terminou seu contrato e assinou com a Elektra Records.

Em 2010, sua canção "What Part of Forever" foi incluída na trilha sonora do filme Eclipse, da saga Crepúsculo.[2]

Seu terceiro disco, The Lady Killer, foi lançado no dia 9 de novembro de 2010, e seu primeiro single, "Fuck You!", disponibilizado em agosto para compra virtual no seu site oficial e com clipe no Youtube, foi um sucesso, tendo duas milhões de visualizações em cinco dias [3] , e alcançou pico de segundo lugar, conseguido em 27 semanas que esteve na Billboard Hot 100, perdendo apenas para Born This Way, por Lady Gaga [4] . Teve ainda indicações a cinco categorias no Grammy Awards de 2011, incluindo duas das mais prestigiadas da noite, gravação do ano e canção do ano.[5]

Gnarls Barkley[editar | editar código-fonte]

Cee Lo e Danger Mouse se apresentando em 2007.

Cee Lo conheceu o DJ Danger Mouse em 1998, quando este abriu um show que o Goodie Mob fez na Geórgia. Na ocasião, Mouse entregou uma fita com gravações dele para o colega, pedindo que entrasse em contato se o mesmo se interessasse. Apenas anos depois os dois trabalhariam juntos, com algumas parcerias discretas.

Em 2006, já como uma dupla e com nome de Gnarls Barkley, Cee e Mouse lançaram St. Elsewhere, com o primeiro single chamando-se "Crazy", canção que fez enorme sucesso mundial, permanecendo no topo das paradas músicas de inúmeros países.[6] Bateu também diversos recordes, como o de primeiro single da história a chegar ao número 1 nas paradas do Reino Unido apenas com vendas virtuais.[7] A canção ainda foi nomeada a muitos prêmios ao redor do mundo, tendo levado, de mais importante, o Grammy de melhor música alternativa em 2007, tendo recebido outras indicações.[8]

Seu segundo disco foi lançado em 2008; The Odd Couple foi mais discreto que o primeiro, mas manteve a dupla nas paradas de sucesso.

The Voice[editar | editar código-fonte]

Em 2011 o canal NBC confirmou Cee como sendo o mais novo jurado do reality show "The Voice" Cee Lo Green divide a bancada com a cantora Christina Aguilera, Adam Levine e Blake Shelton . No ano de 2013 voltou a bancada do reality show "The Voice" .

Discografia[editar | editar código-fonte]

Solo[editar | editar código-fonte]

Nome Detalhes Posições nas paradas Certificações de venda
EUA
[9]
R&B/EUA
[9]
AUS
[10]
CAN
[11]
PB
[12]
RU
[13]
Cee-Lo Green and His Perfect Imperfections 11 2
Cee-Lo Green... Is the Soul Machine 13 2
The Lady Killer 9 2 24 29 43 10

Com Goodie Mob[editar | editar código-fonte]

Com Gnarls Barkley[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Cee-Lo Biography (em inglês) Allmusic. Página visitada em 31 de agosto de 2010.
  2. Eclipse Soundtrack Track 13: “What Part Of Forever” by Cee-Lo Green (em inglês) (12 de maio de 2010). Página visitada em 31 de agosto de 2010.
  3. Cee Lo's Viral Hit: Blunt and Sweet (em inglês) NPR.org (26 de agosto de 2010). Página visitada em 31 de agosto de 2010.
  4. Billboard Hot 100 (em português) (06 de março de 2011). Página visitada em 06 de março de 2011.
  5. FINAL NOMINATIONS LIST grammy.com. Página visitada em 9 de dezembro de 2010.
  6. GNARLS GO OUT ON TOP (em inglês) DailyRecord.co.uk (27 de maio de 2006). Página visitada em 31 de agosto de 2010.
  7. Crazy song makes musical history (em inglês) News.BBC.co.uk (2 de abril de 2006). Página visitada em 31 de agosto de 2010.
  8. 49TH ANNUAL GRAMMY AWARDS WINNERS LIST (em inglês) Grammy.com. Página visitada em 31 de agosto de 2010.
  9. a b ((( Cee Lo > Charts & Awards > Billboard Albums ))) (em inglês) allmusic.com (30 de maio de 1974). Página visitada em 9 de dezembro de 2010.
  10. australian-charts.com – Australian charts portal (em inglês) Hung Medien. Página visitada em 9 de dezembro de 2010.
  11. Top 100 Albums in Canada (em inglês) jam.canoe.ca. Página visitada em 9 de dezembro de 2010.
  12. dutchcharts.nl – Dutch charts portal (em inglês) Hung Medien. Página visitada em 9 de dezembro de 2010.
  13. Chart Stats – Cee Lo Green (em inglês) chartstats.com. Página visitada em 9 de dezembro de 2010.
  14. British Phonographic Industry search results (em inglês) British Phonographic Industry. Página visitada em 9 de dezembro de 2010.