Bridge over Troubled Water

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Bridge over Troubled Water"
Single de Simon and Garfunkel
do álbum Bridge over Troubled Water
Lançamento
Formato(s) disco vinil, 7 polegadas, 45 rpm(EUA); gramophone; estéreo
Gravação 1970
Gênero(s) música pop
Duração 4:55 mins
Gravadora(s) Columbia Records (EUA)
Composição Paul Simon
Produção Roy Halee, Paul Simon, Art Garfunkel
Cronologia de singles de Simon and Garfunkel
Último
Último
"The Boxer"
(1969)
"Cecilia"
(1970)
Próximo
Próximo
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

Bridge over Troubled Water - é o nome da canção título do álbum de mesmo nome escrita por Paul Simon, sendo um dos maiores sucessos da dupla Simon and Garfunkel. Lançada no dia 26 de Janeiro de 1970. Bridge over Troubled Water chegou a número um nas paradas da Billboard Hot 100 no dia 28 de Fevereiro de 1970 e lá permaneceu por seis semanas.[1] Este álbum está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.[2]

A Canção[editar | editar código-fonte]

Esta é uma canção cantada somente por Art Garfunkel, acompanhado pelo piano por Larry Knechtel---um músico de estúdio que apareceria paralelamente, na ocasião, noutros projetos, tocando com David Gates, no conjunto Bread. A música dura 4min:52segs e sua forma é estrófica, tendo no total 3 versos, quais os dois primeiros terminam com a frase like a bridge over troubled water, I will lay me down (Como uma ponte sobre águas turbulentas, eu me estenderei) e no terceiro e último verso a frase muda para like a bridge over troubled water, I will ease your mind (como uma ponte sobre águas turbulentas, eu aliviarei suas preocupações), e ao qual a melodia da cadência final e o texto se repetem em um crescendo forte e vivo. A música é interpretada num estilo de balada lenta, usando os acordes simples como de uma progressão harmônica de um lento Blues gospel (I-IV e V), iniciando lenta e piano com um crescendo, poco à poco, até um final vivace, num enorme climax na terceira estrofe.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Bridge over Troubled Water recebeu cinco GRAMMYs, incluindo o de melhor canção e disco do ano de 1970, durante a cerimônia de entrega da academia nacional da indústria das artes e ciências de gravação, nos EUA (National Academy of Recording Arts and Sciences---NARAS); o mesmo álbum recebeu mais um GRAMMY no mesmo ano (melhor álbum).

GRAMMY

Referente ao ano de 1970, na 13ª comemoração de entrega de prêmios da Academia (N.A.R.A.S.).

  • Record of the Year - (melhor faixa) ao artista, produtor, por um único projeto (uma canção)- Bridge over Troubled Water
  • Song of the Year - (melhor canção) Bridge over Troubled Water
  • Best Arrangement - (melhor arranjo) Bridge over Troubled Water
  • Best Engineered Recording-Non Classical - (melhor engenharia de som na gravação---música não clássica) Bridge over Troubled Water
  • Best Comtemporary Song - (melhor canção contemporânea) Bridge over Troubled Water

Outros intérpretes[editar | editar código-fonte]

Também a gravaram:

  • Elvis Presley: A gravação de Elvis ocorreu em junho de 1970. Elvis a cantou em vários shows dos anos 1970, emocionando a todos, na opinião do público presente.
  • Aretha Franklin em 1971: Aretha Franklin executou-a em estilo Gospel-Blues para seu álbum, Live at Fillmore West, e mais tarde conquistou um prêmio, GRAMMY, de melhor performance vocalista, Rhythm & Blues, feminino na cerimônia de entregas da academia em 1972.
  • Johnny Cash: Johnny Cash gravou-a em dueto com Fiona Apple, sendo incluída no álbum American IV: The Man Comes Around (2002). Apesar do fato que a música fora interpretada por grandes nomes da música pop, a canção continua sendo um dos maiores sucessos norte-americano da música popular, e sem dúvida, uma marca registrada autêntica da dupla Simon and Garfunkel[carece de fontes?]

Outros que gravaram incluem:

Trivia[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Bridge over Troubled Water foi substituída do primeiro lugar nas paradas de sucesso da Billboard Hot 100 por Let It Be dos Beatles.
  • A canção apareceu em 5 de outubro de 2010 no seriado de televisão Glee, em um episódio focado na espiritualidade. Ela foi cantada por Amber Riley, atriz que interpreta a personagem Mercedes Jones, acompanhada por um coral de igreja.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. SPSimGarf Super 70s Website.
  2. 2007 National Association of Recording Merchandisers (em inglês). timepieces (2007). Página visitada em 25/05/2010.